obviousUm olhar mais demorado...2017-06-26T08:22:00+00:00Movable Type 4.34-entag:obviousmag.org,2011://2aceite: estudar não vai te levar a lugar algum.Letícia Floreshttp://obviousmag.org/lambida_casual/autor/2017-06-26T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/lambida_casual/2017/06/aceite-estudar-nao-vai-te-levar-a-lugar-algum.html <a href="http://obviousmag.org/lambida_casual/2017/06/aceite-estudar-nao-vai-te-levar-a-lugar-algum.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/lambida_casual/2017/06/aceite-estudar-nao-vai-te-levar-a-lugar-algum.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Queremos 'dar certo', queremos orgulhar nossos pais, precisamos prestar contas à sociedade, e não tem nada de errado nisso. Mas chegamos à fase adulta tão perdidos, tão distantes de nós mesmos, tão sem identidade, que mesmo diante de conquistas materiais, olhamo-nos no espelho e não sabemos quem somos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/lambida_casual/2017/06/aceite-estudar-nao-vai-te-levar-a-lugar-algum.html">Ler o artigo completo</a><br> a deusa trina: mulher maravilhaMaria Fernanda Carvalhohttp://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/autor/2017-06-26T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/a-deusa-trina-mulher-maravilha.html <a href="http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/a-deusa-trina-mulher-maravilha.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/a-deusa-trina-mulher-maravilha.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Mulher Maravilha o filme que traz uma articulação de aspectos relativos a jornada do herói e a metáfora perfeita da redenção do feminino. <br><br><a href="http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/a-deusa-trina-mulher-maravilha.html">Ler o artigo completo</a><br> o filme blade runner de 1982 no tempo. Maria Fernanda Carvalhohttp://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/autor/2017-06-26T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/o-filme-blade-runner-de-1982-no-tempo.html <a href="http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/o-filme-blade-runner-de-1982-no-tempo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/o-filme-blade-runner-de-1982-no-tempo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nietzsche, nos conta sobre a história dos dois próximos séculos, quando ele diz que o futuro pronuncia-se em cem sinais, o destino anuncia-se por toda parte, com a tortura de uma tensão, que cresce de década em década, como se estivesse encaminhando-se para uma catástrofe: inquieta, violenta, precipitada como uma correnteza que anseia por chegar ao fim e que não mais se lembra, tem medo de lembra-se. Blade Runner é isso e muito mais, nos traz mensagens sobre o passado e o futuro. <br><br><a href="http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/o-filme-blade-runner-de-1982-no-tempo.html">Ler o artigo completo</a><br> toda vez que você insiste em quem não merece, desiste um pouco de siPamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2017-06-25T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/toda-vez-que-voce-insiste-em-quem-nao-merece-desiste-um-pouco-de-si.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/toda-vez-que-voce-insiste-em-quem-nao-merece-desiste-um-pouco-de-si.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/toda-vez-que-voce-insiste-em-quem-nao-merece-desiste-um-pouco-de-si.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "O que é verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesmo". (Clarice Lispector) <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/toda-vez-que-voce-insiste-em-quem-nao-merece-desiste-um-pouco-de-si.html">Ler o artigo completo</a><br> a geração cowboy e a questão ambientalJoão Carlos Figueiredohttp://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/autor/2017-06-25T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/2017/06/a-geracao-cowboy-e-a-questao-ambiental.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/2017/06/a-geracao-cowboy-e-a-questao-ambiental.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/2017/06/a-geracao-cowboy-e-a-questao-ambiental.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O Brasil nunca teve vocação para o protagonismo no contexto mundial. E desde o Império alimentou o sonho de ser o "celeiro do mundo", abdicando do direito de se tornar um líder entre as nações mais desenvolvidas. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/2017/06/a-geracao-cowboy-e-a-questao-ambiental.html">Ler o artigo completo</a><br> o fracasso do socialismo é o sucesso dos abusosGerson Avillezhttp://lounge.obviousmag.org/esquina_do_obvio/autor/2017-06-25T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/esquina_do_obvio/2017/06/o-fracasso-do-socialismo-e-o-sucesso-dos-abusos.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/esquina_do_obvio/2017/06/o-fracasso-do-socialismo-e-o-sucesso-dos-abusos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/esquina_do_obvio/2017/06/o-fracasso-do-socialismo-e-o-sucesso-dos-abusos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O Socialismo buscou no estado uma solução reguladora para as desigualdades socioeconômicas no mundo mas acabou ela mesma a reproduzindo num contrassenso a luta de classes, assim como os abusos do capitalismo o mesmo no socialismo se tornou sua fonte de fracasso moral ante um mundo necessitado por oportunidades iguais para falar de meritocracia, assim como de direitos individuais iguais para combater abismos sociais. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/esquina_do_obvio/2017/06/o-fracasso-do-socialismo-e-o-sucesso-dos-abusos.html">Ler o artigo completo</a><br> devoradores de sombras – a história real de um horror oculto no coração do japãoceliosghttp://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/autor/2017-06-24T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/2017/06/devoradores-de-sombras-a-historia-real-de-um-horror-oculto-no-coracao-do-japao.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/2017/06/devoradores-de-sombras-a-historia-real-de-um-horror-oculto-no-coracao-do-japao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/2017/06/devoradores-de-sombras-a-historia-real-de-um-horror-oculto-no-coracao-do-japao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> No ano 2000, Lucie, uma jovem inglesa de 21 anos, deixou o emprego como comissária de bordo de uma companhia aérea para trabalhar como hostess em bares em uma conhecida região boêmia de Tóquio. O trabalho consistia em oferecer companhia a homens solitários, mantendo um relacionamento estreito, porém não sexual. Um dia, Lucie desapareceu. As investigações sobre seu paradeiro revelaram detalhes obscuros da cultura nipônica. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/2017/06/devoradores-de-sombras-a-historia-real-de-um-horror-oculto-no-coracao-do-japao.html">Ler o artigo completo</a><br> não é porque sou psicóloga (o) que estou te analisando Marina Zotessohttp://obviousmag.org/em_cada_esquina/autor/2017-06-24T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/em_cada_esquina/2017/nao-e-porque-sou-psicologa-o-que-estou-te-analisando.html <a href="http://obviousmag.org/em_cada_esquina/2017/nao-e-porque-sou-psicologa-o-que-estou-te-analisando.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/em_cada_esquina/2017/nao-e-porque-sou-psicologa-o-que-estou-te-analisando.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sobre a ideia que as pessoas cultivam de que psicólogos estão te analisando a todo momento, e em qualquer lugar... <br><br><a href="http://obviousmag.org/em_cada_esquina/2017/nao-e-porque-sou-psicologa-o-que-estou-te-analisando.html">Ler o artigo completo</a><br> palavreioEllen Pederçanehttp://obviousmag.org/brincando_com_letras/autor/2017-06-24T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/palavreio.html <a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/palavreio.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/palavreio.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Saber o que dizer é um aprendizado de vida inteira. Usamos palavras demais quando acreditamos ter domínio do que nos sai boca afora, enquanto palavreamos de menos em momentos que nossas palavras seriam de fato necessárias. É tênue a linha entre calar e falar, assim tropeçamos diversas vezes em nosso próprio discurso. Palavras tem forças desconhecidas, saibamos usá-las. <br><br><a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/palavreio.html">Ler o artigo completo</a><br> uma paixão pode te deixar boba, mas não burra.Pamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2017-06-24T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/uma-paixao-pode-te-deixar-boba-mas-nao-burra-1.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/uma-paixao-pode-te-deixar-boba-mas-nao-burra-1.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/uma-paixao-pode-te-deixar-boba-mas-nao-burra-1.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Não teima com o destino. O que não é seu, nunca irá te servir. Limpe a alma, arrume o coração e pare de viver de remendos. Há oportunidades que só entrarão pela porta, quando você tiver coragem de fechar as janelas. <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/uma-paixao-pode-te-deixar-boba-mas-nao-burra-1.html">Ler o artigo completo</a><br> the velvet underground and nico – 50 anos de conspiraçãoMateus Machadohttp://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/autor/2017-06-23T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/the-velvet-underground-and-nico-50-anos-de-conspiracao.html <a href="http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/the-velvet-underground-and-nico-50-anos-de-conspiracao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/the-velvet-underground-and-nico-50-anos-de-conspiracao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Como é visto hoje, cinquenta anos depois do seu lançamento (12 de março de 1967), o álbum The Velvet Underground and Nico? <br><br><a href="http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/the-velvet-underground-and-nico-50-anos-de-conspiracao.html">Ler o artigo completo</a><br> a reconciliação que curaCarolina Vila Novahttp://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/autor/2017-06-23T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/06/a-reconciliacao-que-cura.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/06/a-reconciliacao-que-cura.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/06/a-reconciliacao-que-cura.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nem tudo que um dia fere, deve ser levado para sempre. O ferimento passa. O tempo cura. E a alma se fortalece. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/06/a-reconciliacao-que-cura.html">Ler o artigo completo</a><br> explosão de morangos, beatles e a guerra do vietnãTaís Holetzhttp://obviousmag.org/cinematografando/autor/2017-06-23T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/cinematografando/2017/explosao-de-morangos-beatles-e-a-guerra-do-vietna.html <a href="http://obviousmag.org/cinematografando/2017/explosao-de-morangos-beatles-e-a-guerra-do-vietna.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cinematografando/2017/explosao-de-morangos-beatles-e-a-guerra-do-vietna.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> No musical Across The Universe, composto exclusivamente por músicas da banda mais aclamada de todos os tempos, nos deparamos com uma cena trilhada pela música “Strawberry Fields Forever”, a qual caracteriza o filme através dos morangos e sobrepõe imagens do contexto histórico o qual o longa está inserido. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cinematografando/2017/explosao-de-morangos-beatles-e-a-guerra-do-vietna.html">Ler o artigo completo</a><br> estou no fundo do poço. e agora, josé?JHONS CASSIMIROhttp://lounge.obviousmag.org/above_all/autor/2017-06-23T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/above_all/2017/06/estou-no-fundo-do-poco-e-agora-jose-1.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/above_all/2017/06/estou-no-fundo-do-poco-e-agora-jose-1.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/above_all/2017/06/estou-no-fundo-do-poco-e-agora-jose-1.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Mais assustador que estar no fundo do poço, é continuar a cair sem vislumbre de perspectiva. Encarar o poço como lugar abjeto, dá ao caído a incapacidade de reagir diante de tal situação. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/above_all/2017/06/estou-no-fundo-do-poco-e-agora-jose-1.html">Ler o artigo completo</a><br> a estética e a arte modernaVictor Oliveirahttp://obviousmag.org/do_ser/autor/2017-06-22T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/do_ser/2017/a-estetica-e-a-arte-moderna.html <a href="http://obviousmag.org/do_ser/2017/a-estetica-e-a-arte-moderna.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/do_ser/2017/a-estetica-e-a-arte-moderna.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nesse artigo haverá uma breve exposição sobre a função da estética e como ela é observador pelos artistas modernos, nessa nova proposta, chamada de arte moderna. <br><br><a href="http://obviousmag.org/do_ser/2017/a-estetica-e-a-arte-moderna.html">Ler o artigo completo</a><br> altinho: um lazer com polêmicas elevadas Eduarda Amaralhttp://obviousmag.org/a_aerodinamica_das_palavras/autor/2017-06-22T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/a_aerodinamica_das_palavras/2017/um-lazer-de-elevadas-polemicas-altinho.html <a href="http://obviousmag.org/a_aerodinamica_das_palavras/2017/um-lazer-de-elevadas-polemicas-altinho.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/a_aerodinamica_das_palavras/2017/um-lazer-de-elevadas-polemicas-altinho.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um jogo democrático, saudável, ambientalmente amigável e inclusivo, o Altinho ( ou Altinha) é uma atividade apaixonante. Ele, porém, suscita forte polêmica em torno do uso do espaço público. Afinal, todos querem desfrutar das áreas comuns (em geral as praias) de forma saudável e segura. <br><br><a href="http://obviousmag.org/a_aerodinamica_das_palavras/2017/um-lazer-de-elevadas-polemicas-altinho.html">Ler o artigo completo</a><br> embaçadíssima: antologia tirada de uma notícia de jornal Caroline Fortunatohttp://obviousmag.org/desnudando/autor/2017-06-22T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/desnudando/2017/embacadissima-antologia-tirada-de-uma-noticia-de-jornal.html <a href="http://obviousmag.org/desnudando/2017/embacadissima-antologia-tirada-de-uma-noticia-de-jornal.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/desnudando/2017/embacadissima-antologia-tirada-de-uma-noticia-de-jornal.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Estoure uma lata de cerveja, coloque um som e leia por sua conta e risco.” <br><br><a href="http://obviousmag.org/desnudando/2017/embacadissima-antologia-tirada-de-uma-noticia-de-jornal.html">Ler o artigo completo</a><br> não precisa gostar, nem concordar, mas respeito é fundamentalMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-06-22T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-precisa-gostar-nem-concordar-mas-respeito-e-fundamental.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-precisa-gostar-nem-concordar-mas-respeito-e-fundamental.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-precisa-gostar-nem-concordar-mas-respeito-e-fundamental.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Tem muita gente desocupada nesse mundo, não é possível; não há outra razão para que tantos se sintam incomodados com quem não cuida da vida de ninguém, com quem apenas vive as próprias verdades da forma que bem entende. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-precisa-gostar-nem-concordar-mas-respeito-e-fundamental.html">Ler o artigo completo</a><br> os beatles do pop eletrônicoRoberto Bíscarohttp://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/autor/2017-06-21T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/os-beatles-do-pop-eletronico.html <a href="http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/os-beatles-do-pop-eletronico.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/os-beatles-do-pop-eletronico.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O lançamento de caprichada caixa de DVDs/CDs ao vivo é excelente oportunidade de celebrar o impacto do Kraftwerk na música contemporânea. <br><br><a href="http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/os-beatles-do-pop-eletronico.html">Ler o artigo completo</a><br> fontes de contaminação na produção farmacêuticaTOLEDO, R.R.http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/autor/2017-06-21T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-principais-fontes-de-contaminacao-durante-a-producao-de-produtos-farmaceuticos.html <a href="http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-principais-fontes-de-contaminacao-durante-a-producao-de-produtos-farmaceuticos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-principais-fontes-de-contaminacao-durante-a-producao-de-produtos-farmaceuticos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Existem vários pontos críticos da produção de medicamentos que podem interferir na qualidade do produto final, por isso é importante identificá-los e desenvolver medidas corretivas para evitar o problema, como o indispensável Controle de Qualidade antes do processo produtivo. Este artigo discute alguns casos, presentes na literatura científica, de problemas de contaminação microbiana em produtos farmacêuticos, correlatos e cosméticos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-principais-fontes-de-contaminacao-durante-a-producao-de-produtos-farmaceuticos.html">Ler o artigo completo</a><br> pare de falar, comece a agirKarina Angolinihttp://obviousmag.org/xiuxiueig/autor/2017-06-21T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/xiuxiueig/2017/pare-de-falar-comece-a-agir.html <a href="http://obviousmag.org/xiuxiueig/2017/pare-de-falar-comece-a-agir.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/xiuxiueig/2017/pare-de-falar-comece-a-agir.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "Feito essa gente que anda por aí brincando com a vida. Cuidado, companheiro. A vida é pra valer, e não se engane não, é uma só [...] A vida não é de brincadeira, amigo. A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida." (Vinicius de Moraes) <br><br><a href="http://obviousmag.org/xiuxiueig/2017/pare-de-falar-comece-a-agir.html">Ler o artigo completo</a><br> não ajude demais quem você ama!Carolina Vila Novahttp://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/autor/2017-06-21T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/06/nao-ajude-demais-quem-voce-ama.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/06/nao-ajude-demais-quem-voce-ama.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/06/nao-ajude-demais-quem-voce-ama.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ajudar demais alguém pode inibir seu instinto de sobrevivência. Quem muito ajuda, mais acaba atrapalhando, do que verdadeiramente fazendo uma boa ação. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/06/nao-ajude-demais-quem-voce-ama.html">Ler o artigo completo</a><br> '1974': uma obra prima do rock progressivo nacional (e mundial)Ana Vargashttp://obviousmag.org/add_infinitum/autor/2017-06-20T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/add_infinitum/2017/1974-uma-obra-prima-do-rock-nacional.html <a href="http://obviousmag.org/add_infinitum/2017/1974-uma-obra-prima-do-rock-nacional.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/add_infinitum/2017/1974-uma-obra-prima-do-rock-nacional.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Em 1975 a banda de rock ‘O Terço’ lançou o disco ‘Criaturas da Noite’ álbum feito com esmero e capricho, disco que está entre os clássicos do rock nacional e quiçá, mundial. Sim, porque este disco foi feito de forma tão primorosa nos arranjos, nas composições, na elaboração das letras (verdadeiros poemas) que, sem dúvida nenhuma, está no mesmo nível dos discos das bandas estrangeiras que o inspiraram. E, entre todas as pérolas, a música instrumental '1974' que fecha o LP, é de longe, a mais bonita música já composta nestas nossas paragens. <br><br><a href="http://obviousmag.org/add_infinitum/2017/1974-uma-obra-prima-do-rock-nacional.html">Ler o artigo completo</a><br> será que estamos em queda livre?AURICIO ARAUJOhttp://obviousmag.org/infinitos_pessoais/autor/2017-06-20T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/infinitos_pessoais/2017/sera-que-estamos-em-queda-livre.html <a href="http://obviousmag.org/infinitos_pessoais/2017/sera-que-estamos-em-queda-livre.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/infinitos_pessoais/2017/sera-que-estamos-em-queda-livre.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Lançado em 2013 e com 1H e 40 Min o longa alemão Queda Livre traz para a tela uma questão a ser colocada na pauta: sexualidade. O filme nos apresenta os personagens Marc e kay. Marc é casado, tem uma vida estável com a esposa e está prestes a ser pai de sua primeira filha, enquanto Kay é um amigo que ele conhece na academia de policia com quem <br><br><a href="http://obviousmag.org/infinitos_pessoais/2017/sera-que-estamos-em-queda-livre.html">Ler o artigo completo</a><br> rocky, ficção, superação, realidadeAdolfo Brás Sunderhus Filhohttp://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/autor/2017-06-20T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/2017/rocky-ficcao-superacao-realidade.html <a href="http://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/2017/rocky-ficcao-superacao-realidade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/2017/rocky-ficcao-superacao-realidade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Rocky é um personagem de ficção, não tenho dúvida quanto a isso. Mas, também não tenho dúvidas, de que existe em nossa sociedade e em nós mesmos um "Rocky Balboa" pronto para superar as barreiras que se colocam em nossa vida, pelos outros e por nós mesmos! <br><br><a href="http://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/2017/rocky-ficcao-superacao-realidade.html">Ler o artigo completo</a><br> justiceirosFelipe Moittahttp://obviousmag.org/felipe_moitta/autor/2017-06-20T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/justiceiros.html <a href="http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/justiceiros.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/justiceiros.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sobre nossos julgamentos, o que pensamos dos outros, e como isso nos afeta. <br><br><a href="http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/justiceiros.html">Ler o artigo completo</a><br> raul seixas, jim e chê são os ícones dos nascidos para serem selvagensProfeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-06-19T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/nascidos-para-ser-selvagens.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/nascidos-para-ser-selvagens.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/nascidos-para-ser-selvagens.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Born to be wild é a energia vital que inspira a sobrevivência dos roqueiros em meio ao caos urbano; a metralhadora que dispara mágoa em forma de reflexão; a trilha sonora dos aventurosos; o som dos revolucionários rebeldes estradeiros. Definitivamente, o filme "Sem destino" e a música "Nascido para ser selvagem" marcaram, carimbaram, chancelaram, lapidaram uma geração de doidões ociosos que pouco se preocupavam com as falácias dos pseudo moralistas; porque a dignidade do trabalho pregada por eles, não os conduziam à lugar nenhum. Em oposição, pelo princípio psicológico do estímulo e resposta, o negócio dessa trupe reacionária cosmopolita era divagar, ora lentamente, ora apressadamente, o total comprometimento pelos seus semelhantes e nada pelo dinheiro e menos ainda pelas guerras. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/nascidos-para-ser-selvagens.html">Ler o artigo completo</a><br> quando o engano muda a vidaDaniela Castrohttp://obviousmag.org/infinito_saber/autor/2017-06-19T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/infinito_saber/2017/05/quando-o-engano-muda-a-vida.html <a href="http://obviousmag.org/infinito_saber/2017/05/quando-o-engano-muda-a-vida.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/infinito_saber/2017/05/quando-o-engano-muda-a-vida.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O que você guarda no seu cemitério de esperanças e coisas românticas? Uma série que se passa no século XIX e trata de relacionamento, educação, igualdade de gênero e discriminação. Será que existe ainda alguma semelhança com os dias atuais? <br><br><a href="http://obviousmag.org/infinito_saber/2017/05/quando-o-engano-muda-a-vida.html">Ler o artigo completo</a><br> cada vez que eu insisto em você, eu desisto um pouco de mimMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-06-19T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/cada-vez-que-eu-insisto-em-voce-eu-desisto-um-pouco-de-mim.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/cada-vez-que-eu-insisto-em-voce-eu-desisto-um-pouco-de-mim.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/cada-vez-que-eu-insisto-em-voce-eu-desisto-um-pouco-de-mim.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Insistir em certas pessoas é desistir de si.” (Matheus Jacob) <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/cada-vez-que-eu-insisto-em-voce-eu-desisto-um-pouco-de-mim.html">Ler o artigo completo</a><br> 24 interessantes trechos de músicas dos 12 álbuns de charlie brown jr.Vanessa Trincheirahttp://obviousmag.org/borboletras/autor/2017-06-19T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/borboletras/2017/24-interessantes-trechos-de-musicas-dos-12-albuns-de-charlie-brown-jr.html <a href="http://obviousmag.org/borboletras/2017/24-interessantes-trechos-de-musicas-dos-12-albuns-de-charlie-brown-jr.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/borboletras/2017/24-interessantes-trechos-de-musicas-dos-12-albuns-de-charlie-brown-jr.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Em memória de Chorão e Champignon (falecidos em 2013) esse artigo traz o destaque de algumas melodias da famosa banda Charlie Brown Júnior, que tanta exclusividade representou na história do rock nacional desde 1992. <br><br><a href="http://obviousmag.org/borboletras/2017/24-interessantes-trechos-de-musicas-dos-12-albuns-de-charlie-brown-jr.html">Ler o artigo completo</a><br> a metáfora paterna em a morte sem nomeTalita Baldinhttp://obviousmag.org/olhares_e_silencio/autor/2017-06-18T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/olhares_e_silencio/2017/a-metafora-paterna-em-a-morte-sem-nome.html <a href="http://obviousmag.org/olhares_e_silencio/2017/a-metafora-paterna-em-a-morte-sem-nome.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/olhares_e_silencio/2017/a-metafora-paterna-em-a-morte-sem-nome.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Ele não tinha estrutura para isso. Para ser pai, é preciso de um pouco mais, aos vinte e quatro. Aos dezessete anos, ele me teve, nove meses em sua barriga. Ou assim pensava eu, sete anos depois, até minha mãe me puxar para dentro, me trancar no quarto e me privar da sobremesa". <br><br><a href="http://obviousmag.org/olhares_e_silencio/2017/a-metafora-paterna-em-a-morte-sem-nome.html">Ler o artigo completo</a><br> a história de nós dois: a relação de um casalTalita Baldinhttp://obviousmag.org/olhares_e_silencio/autor/2017-06-18T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/olhares_e_silencio/2017/a-historia-de-nos-dois-a-relacao-de-um-casal.html <a href="http://obviousmag.org/olhares_e_silencio/2017/a-historia-de-nos-dois-a-relacao-de-um-casal.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/olhares_e_silencio/2017/a-historia-de-nos-dois-a-relacao-de-um-casal.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Em um casal em que o exercício da comunicação é retroalimentado por comportamentos desfavoráveis a uma boa relação, a manutenção do equilíbrio se dá no sentido de incansavelmente um culpabilizar o outro por ações que na verdade dizem respeito ao sistema e a algo que habitualmente o casal inseriu na dinâmica. <br><br><a href="http://obviousmag.org/olhares_e_silencio/2017/a-historia-de-nos-dois-a-relacao-de-um-casal.html">Ler o artigo completo</a><br> mudar de cidade é um tiro no escuroMarcela Picançohttp://lounge.obviousmag.org/de_repente_da_certo/autor/2017-06-18T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/de_repente_da_certo/2017/06/mudar-de-cidade-e-um-tiro-no-escuro.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/de_repente_da_certo/2017/06/mudar-de-cidade-e-um-tiro-no-escuro.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/de_repente_da_certo/2017/06/mudar-de-cidade-e-um-tiro-no-escuro.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma história real sobre como eu me mudei para o Rio de Janeiro. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/de_repente_da_certo/2017/06/mudar-de-cidade-e-um-tiro-no-escuro.html">Ler o artigo completo</a><br> para quem está interessado, qualquer coisa é assuntoMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-06-18T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/para-quem-esta-interessado-qualquer-coisa-e-assunto.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/para-quem-esta-interessado-qualquer-coisa-e-assunto.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/para-quem-esta-interessado-qualquer-coisa-e-assunto.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A gente se vira com pouca grana, sem carro, sem roupa de grife, mas jamais conseguiremos sobreviver sem ao menos uma pessoa com quem possamos contar. E isso a gente conquista, interessando-se pelo que realmente interessa. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/para-quem-esta-interessado-qualquer-coisa-e-assunto.html">Ler o artigo completo</a><br> a poesia soviética de bella akhmadulinaAdriana Calóhttp://obviousmag.org/coisas_de_dri/autor/2017-06-17T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/a-poesia-sovietica-de-bella-akhmadulina.html <a href="http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/a-poesia-sovietica-de-bella-akhmadulina.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/a-poesia-sovietica-de-bella-akhmadulina.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Poeta soviética da geração de 1960 apesar da vasta quantidade de obras é pouco conhecida no Brasil, pois, infelizmente, não possui nenhuma obra traduzida para o português. Apresento-lhes Bella Akhmadulina <br><br><a href="http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/a-poesia-sovietica-de-bella-akhmadulina.html">Ler o artigo completo</a><br> paisagem na neblina é um prequel de viagem a citera? Victor Martinshttp://obviousmag.org/identidade_cinematografica/autor/2017-06-17T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/identidade_cinematografica/2017/paisagem-na-neblina-e-um-prequel-de-viagem-a-citera.html <a href="http://obviousmag.org/identidade_cinematografica/2017/paisagem-na-neblina-e-um-prequel-de-viagem-a-citera.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/identidade_cinematografica/2017/paisagem-na-neblina-e-um-prequel-de-viagem-a-citera.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Theo Angelopoulos ficou conhecido pela complexidade, por cenas longas e belos planos sequência. Em "Paisagem na Neblina" e "Viagem a Citera" são apresentados aspectos similares, que ligam essas duas grandes obras. Vemos nesses dois filmes a riqueza da obra de um diretor, que foi prolifico, objetivo e inteligente, em todas as suas obras. <br><br><a href="http://obviousmag.org/identidade_cinematografica/2017/paisagem-na-neblina-e-um-prequel-de-viagem-a-citera.html">Ler o artigo completo</a><br> guerra interiorDênis Athanáziohttp://obviousmag.org/denis_athanazio/autor/2017-06-17T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/denis_athanazio/2017/guerra-interior.html <a href="http://obviousmag.org/denis_athanazio/2017/guerra-interior.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/denis_athanazio/2017/guerra-interior.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Concordo com o poeta Drummond: “Só é lutador quem sabe lutar consigo mesmo”. <br><br><a href="http://obviousmag.org/denis_athanazio/2017/guerra-interior.html">Ler o artigo completo</a><br> precisamos conversar sobre solidãoAline Cabralhttp://obviousmag.org/cafe_com_prosa/autor/2017-06-17T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/cafe_com_prosa/2017/precisamos-conversar-sobre-solidao.html <a href="http://obviousmag.org/cafe_com_prosa/2017/precisamos-conversar-sobre-solidao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cafe_com_prosa/2017/precisamos-conversar-sobre-solidao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ficamos sozinhos pelo medo do excesso, da cafonice e da melosidade. Criamos um nada que se espalha ligeiro pela nossa pós-modernidade e pelo minimalismo de nossos apartamentos discretos e ícones desapegados. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cafe_com_prosa/2017/precisamos-conversar-sobre-solidao.html">Ler o artigo completo</a><br> somos os bebês crescidos de outroraThiana Furtadohttp://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/autor/2017-06-16T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/somos-os-bebes-crescidos-de-outrora.html <a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/somos-os-bebes-crescidos-de-outrora.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/somos-os-bebes-crescidos-de-outrora.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quanto mais o tempo passa, mais notável é a percepção de que a criança que habita em nós, está um pouco distante da atualidade. Mas será que deixamos lá atrás, aquela criança que costumava sorrir gratuitamente pra vida, esperando ser correspondida pela pureza com que as pessoas tratam gratuitamente os bebês? <br><br><a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/somos-os-bebes-crescidos-de-outrora.html">Ler o artigo completo</a><br> quando o ego fala, a verdade calaThiana Furtadohttp://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/autor/2017-06-15T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/quando-o-ego-fala-a-verdade-cala.html <a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/quando-o-ego-fala-a-verdade-cala.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/quando-o-ego-fala-a-verdade-cala.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Tudo aquilo que tem ego, profana, esmorece, definha, se esvai... Tudo aquilo que tem alma, perdura... A alma terá conversas sinceras conosco, enquanto o ego continuará mascarando a verdadeira essência que habita a nossa realeza interior, nos trazendo superficialidade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/quando-o-ego-fala-a-verdade-cala.html">Ler o artigo completo</a><br> guardiões da psicanáliseEttore Cagnihttp://obviousmag.org/maravilhoso/autor/2017-06-14T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/maravilhoso/2017/guardioes-da-psicanalise.html <a href="http://obviousmag.org/maravilhoso/2017/guardioes-da-psicanalise.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/maravilhoso/2017/guardioes-da-psicanalise.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um olhar mais aprofundado sobre um dos grandes sucessos do circuito comercial, que tende a ser tão subestimado pela crítica: Guardiões da Galáxia 2.0. Alerta de spoilers! <br><br><a href="http://obviousmag.org/maravilhoso/2017/guardioes-da-psicanalise.html">Ler o artigo completo</a><br> memento moricésar gandhihttp://obviousmag.org/esquina/autor/2017-06-14T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/esquina/2017/memento-mori.html <a href="http://obviousmag.org/esquina/2017/memento-mori.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/esquina/2017/memento-mori.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Como a morte de alguém amado é doída! De maneira veloz, o “nunca”, essa palavrinha usada para atestar nossos planos falidos, como em: “nunca mais vou fazer isso ou aquilo", perfaz-se da maneira mais radical possível: o “nunca" mais eu vou ver aquela pessoa. <br><br><a href="http://obviousmag.org/esquina/2017/memento-mori.html">Ler o artigo completo</a><br> dracula de bram stoker's. o amor nunca morre. Maria Fernanda Carvalhohttp://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/autor/2017-06-14T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/dracula-de-bram-stokers-o-amor-nunca-morre.html <a href="http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/dracula-de-bram-stokers-o-amor-nunca-morre.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/dracula-de-bram-stokers-o-amor-nunca-morre.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A atmosfera sedutora, melancólica e ao mesmo tempo perversa dessa trama de Francis Ford Coppola traz os atores Gary Oldman, Winona Ryder, Keanu Reeves, Anthony Hopkins e Sadie Frost. O filme nos conta a trágica história do amor impossível de Mina e conde Drácula. O amor quando é impossível talvez seja o maior de todos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/dracula-de-bram-stokers-o-amor-nunca-morre.html">Ler o artigo completo</a><br> temos de ser gratos por nós mesmos Caroline Fortunatohttp://obviousmag.org/desnudando/autor/2017-06-14T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/desnudando/2017/temos-de-ser-gratos-por-nos-mesmos.html <a href="http://obviousmag.org/desnudando/2017/temos-de-ser-gratos-por-nos-mesmos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/desnudando/2017/temos-de-ser-gratos-por-nos-mesmos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Se cada indivíduo soubesse o quanto é maravilhoso, a intensidade de nossos problemas seria medíocre ao lado de nosso valor. <br><br><a href="http://obviousmag.org/desnudando/2017/temos-de-ser-gratos-por-nos-mesmos.html">Ler o artigo completo</a><br> imploramos por sensibilidadeLarissa Bispohttp://obviousmag.org/impermanencia/autor/2017-06-14T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/impermanencia/2017/imploramos-por-sensibilidade.html <a href="http://obviousmag.org/impermanencia/2017/imploramos-por-sensibilidade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/impermanencia/2017/imploramos-por-sensibilidade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ser sensível no mundo de hoje é um ato de coragem. É preciso fôlego para escolher revelar a imensidão de existências dentro de si a se distrair com qualquer coisa no Netflix. <br><br><a href="http://obviousmag.org/impermanencia/2017/imploramos-por-sensibilidade.html">Ler o artigo completo</a><br> sete dicas para escrever grandes histórias de terrorGabriel Orohttp://obviousmag.org/e_tudo_mais/autor/2017-06-13T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/e_tudo_mais/2017/sete-dicas-para-escrever-grandes-historias-de-terror.html <a href="http://obviousmag.org/e_tudo_mais/2017/sete-dicas-para-escrever-grandes-historias-de-terror.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/e_tudo_mais/2017/sete-dicas-para-escrever-grandes-historias-de-terror.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Não existe um gênero fácil de se escrever, mas o terror é um desafio com as próprias regras. Seguindo algumas dicas simples e diretas, você poderá começar a dominar essa temática adorada por tantos leitores, e criar histórias que vão tirar o sono de muita gente. <br><br><a href="http://obviousmag.org/e_tudo_mais/2017/sete-dicas-para-escrever-grandes-historias-de-terror.html">Ler o artigo completo</a><br> quando a ditadura é um fato, a revolução é um deverErick Moraishttp://obviousmag.org/genialmente_louco/autor/2017-06-13T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/genialmente_louco/2017/quando-a-ditadura-e-um-fato-a-revolucao-e-um-dever.html <a href="http://obviousmag.org/genialmente_louco/2017/quando-a-ditadura-e-um-fato-a-revolucao-e-um-dever.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/genialmente_louco/2017/quando-a-ditadura-e-um-fato-a-revolucao-e-um-dever.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "Chega sempre a hora em que não basta apenas protestar: após a filosofia, a ação é indispensável." — Victor Hugo. <br><br><a href="http://obviousmag.org/genialmente_louco/2017/quando-a-ditadura-e-um-fato-a-revolucao-e-um-dever.html">Ler o artigo completo</a><br> fique onde você é queridoGiseli Rodrigueshttp://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/autor/2017-06-13T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2017/05/fique-onde-voce-e-querido.html <a href="http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2017/05/fique-onde-voce-e-querido.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2017/05/fique-onde-voce-e-querido.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Precisamos nos desfazer das pessoas que nos fazem mal. Mas, sobretudo, valorizar as que nos fazem bem. Fique onde você é querido. Compartilhe momentos com quem acredita em você, quer a sua presença, se esforça para estar ao seu lado, fica feliz com a sua vitória e demonstra o que sente. Abra o coração para quem te quer bem. <br><br><a href="http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2017/05/fique-onde-voce-e-querido.html">Ler o artigo completo</a><br> mulheres, mães, ter, serAdolfo Brás Sunderhus Filhohttp://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/autor/2017-06-13T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/2017/mulheres-maes-ter-ser.html <a href="http://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/2017/mulheres-maes-ter-ser.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/2017/mulheres-maes-ter-ser.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O mês de maio tem chegado ao fim, o mês no qual lembramos de nossas mães, ressaltamos a importância delas em nossas vidas, nossa formação, nossa existência. Um reconhecimento que deve ser diário, mas que se intensifica nesses 31 dias do quinto mês do ano. Agora, nem todas as mulheres que tem filhos são realmente mães. Algumas simplesmente colocaram uma criança no mundo, outras se transformaram com a maternidade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/caminho_entre_devaneios/2017/mulheres-maes-ter-ser.html">Ler o artigo completo</a><br> sobre ser massa de manobraFelipe Moittahttp://obviousmag.org/felipe_moitta/autor/2017-06-13T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/sobre-ser-massa-de-manobra.html <a href="http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/sobre-ser-massa-de-manobra.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/sobre-ser-massa-de-manobra.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Whenever you find yourself in the side of the majority, it's time to pause and reflect”. - Mark Twain <br><br><a href="http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/sobre-ser-massa-de-manobra.html">Ler o artigo completo</a><br>