obviousUm olhar mais demorado...2017-07-23T08:22:00+00:00Movable Type 4.34-entag:obviousmag.org,2011://2contatinho é para quem prioriza quantidade e menospreza qualidadePamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2017-07-23T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/contatinho-e-para-quem-prioriza-quantidade-e-menospreza-qualidade.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/contatinho-e-para-quem-prioriza-quantidade-e-menospreza-qualidade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/contatinho-e-para-quem-prioriza-quantidade-e-menospreza-qualidade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Eu poderia começar esse texto, com uma lista de perguntas que fizesse você refletir sobre os tipos de relacionamentos que tem atraído para sua vida, mas restrinjo-me a uma única: por que você se sujeita a relações que não tem nada a ver com você? <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/contatinho-e-para-quem-prioriza-quantidade-e-menospreza-qualidade.html">Ler o artigo completo</a><br> paternidade virtualRenato Cambraiahttp://lounge.obviousmag.org/rascunharia/autor/2017-07-23T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/rascunharia/2017/06/paternidade-virtual.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/rascunharia/2017/06/paternidade-virtual.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/rascunharia/2017/06/paternidade-virtual.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/rascunharia/2017/06/paternidade-virtual.html">Ler o artigo completo</a><br> ah, essa existência que se alarga e se apequena...Ana Lúcia Goslinghttp://obviousmag.org/puro_achismo/autor/2017-07-23T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/puro_achismo/2017/ah-essa-existencia-que-se-alarga-e-se-apequena.html <a href="http://obviousmag.org/puro_achismo/2017/ah-essa-existencia-que-se-alarga-e-se-apequena.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/puro_achismo/2017/ah-essa-existencia-que-se-alarga-e-se-apequena.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A verdade que sentimos nessa nova fase da vida é a seguinte: estamos muito jovens para viver só do que conquistamos na vida porque ainda há muita vida para conquistar-se. <br><br><a href="http://obviousmag.org/puro_achismo/2017/ah-essa-existencia-que-se-alarga-e-se-apequena.html">Ler o artigo completo</a><br> 9 fotografias que ilustram o idealismo de monteiro lobato pela escritaProfeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-07-22T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/07/10-fotografias-que-ilustram-o-idealismo-de-monteiro-lobato-pela-escrita.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/07/10-fotografias-que-ilustram-o-idealismo-de-monteiro-lobato-pela-escrita.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/07/10-fotografias-que-ilustram-o-idealismo-de-monteiro-lobato-pela-escrita.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um povo que não se identifica com os livros, destituído de origens, que macula suas raízes, que não valoriza a cultura regional, - Jeca que conhece Disney, mas não conhece o ladrão que pula os muros para roubá-lo. Moral da história: não conhece o fundo de quintal de sua mansão - que não possui acervo e memória histórica de seus heróis, sempre será povo e nunca família unificada; jamais uma nação de homens livres. Em tempo, libertem os Jeca Tatus dominados pelas garras dos Jhonys... americanos, ingleses, franceses, alemães e outros domadores de ideias dos pseudo-intelectuais brasileiros. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/07/10-fotografias-que-ilustram-o-idealismo-de-monteiro-lobato-pela-escrita.html">Ler o artigo completo</a><br> os sete pecados capitais segundo paul thomas andersonLuis de Freitas Brancohttp://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/autor/2017-07-22T01:31:00-07:00http://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/2017/06/os-sete-pecados-capitais-segundo-paul-thomas-anderson.html <a href="http://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/2017/06/os-sete-pecados-capitais-segundo-paul-thomas-anderson.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/2017/06/os-sete-pecados-capitais-segundo-paul-thomas-anderson.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> De “Jogada de Risco” a “Vício Inerente”, o diretor norte-americano dirigiu sete filmes. Além de apresentar esta filmografia fundamental, encontrei um pecado capital para cada criação de PT Anderson. GULA: “Jogada de Risco” (1996) Quem percorre essa internet, já se deparou com as extraordinárias imagens de pizzas colossais, calabresas com batata frita gratinada, em frente a um franzino nordestino de apetite voraz. Essa é a definição tradicional do pecado menos <br><br><a href="http://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/2017/06/os-sete-pecados-capitais-segundo-paul-thomas-anderson.html">Ler o artigo completo</a><br> afinal, maquiavel era bom ou mau? um paralelo com a política em house of cardsAmanda Callianhttp://obviousmag.org/bibliotecaria/autor/2017-07-22T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/bibliotecaria/2017/afinal-maquiavel-era-bom-ou-mau-um-paralelo-com-a-politica-em-house-of-cards.html <a href="http://obviousmag.org/bibliotecaria/2017/afinal-maquiavel-era-bom-ou-mau-um-paralelo-com-a-politica-em-house-of-cards.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/bibliotecaria/2017/afinal-maquiavel-era-bom-ou-mau-um-paralelo-com-a-politica-em-house-of-cards.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O atemporal “O Príncipe” de Nicolau Maquiavel serve para levantar a discussão sobre a influência de seu opúsculo nas atitudes do antagonista Frank Underwood em House of Cards. Seria este a personificação do adjetivo maquiavélico? Com um conteúdo disruptivo publicado após sua morte, a obra chegou a entrar no índex de livros proibidos pela igreja católica. Seu livro ficou reconhecido pela posteridade como um dos tratados políticos mais fundamentais. <br><br><a href="http://obviousmag.org/bibliotecaria/2017/afinal-maquiavel-era-bom-ou-mau-um-paralelo-com-a-politica-em-house-of-cards.html">Ler o artigo completo</a><br> aos desavisados, com amorMalu De Falcohttp://obviousmag.org/cafe_em_prosa/autor/2017-07-22T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/cafe_em_prosa/2017/aos-meus-amigos-se-ninguem-nunca-te-disse-vou-dizer.html <a href="http://obviousmag.org/cafe_em_prosa/2017/aos-meus-amigos-se-ninguem-nunca-te-disse-vou-dizer.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cafe_em_prosa/2017/aos-meus-amigos-se-ninguem-nunca-te-disse-vou-dizer.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quem não está pronto não é uma pessoa ruim ou que quer o seu mal. Se você está nessa de fugir ou se afastar de alguém legal simplesmente porque sente que essa pessoa gosta de você, eu te digo, vem cá amigo, senta aqui, vamos conversar. Vai tomar um vinho, pensar no auto-conhecimento, jogar conversa fora, assar um bife, praticar ioga. Mas do fundo do coração, meu amor, entenda: você não está pronto. Então, não cause um tsunami na vida de outra pessoa. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cafe_em_prosa/2017/aos-meus-amigos-se-ninguem-nunca-te-disse-vou-dizer.html">Ler o artigo completo</a><br> koe no katachi, um delicado e sensível estudo sobre o bullyingPedrina Costa Lisboahttp://obviousmag.org/pagina_um/autor/2017-07-22T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/pagina_um/2017/koe-no-katachi-um-delicado-e-sensivel-estudo-sobre-o-bullying.html <a href="http://obviousmag.org/pagina_um/2017/koe-no-katachi-um-delicado-e-sensivel-estudo-sobre-o-bullying.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pagina_um/2017/koe-no-katachi-um-delicado-e-sensivel-estudo-sobre-o-bullying.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Koe no Katachi ( A silent voice, 2016) é um filme de animação japonesa, que mostra as várias faces do bullying e as consequências disso na vida das pessoas. Levanta questões duras e não dá respostas fáceis. Estamos nós perpetuando a exclusão e violência por acharmos que temos esse direito? <br><br><a href="http://obviousmag.org/pagina_um/2017/koe-no-katachi-um-delicado-e-sensivel-estudo-sobre-o-bullying.html">Ler o artigo completo</a><br> se bukowski fosse seu conselheiro, acredite, você não sofreria por amorPamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2017-07-08T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/se-bukowski-fosse-seu-conselheiro-acredite-voce-nao-sofreria-por-amor.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/se-bukowski-fosse-seu-conselheiro-acredite-voce-nao-sofreria-por-amor.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/se-bukowski-fosse-seu-conselheiro-acredite-voce-nao-sofreria-por-amor.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sejamos realistas: Charles Bukowski não é autor para qualquer leitor. Seletivo, audacioso e sem pudor, o escritor transformava em textos palavras que, nem sempre, deveriam ser ditas. <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/se-bukowski-fosse-seu-conselheiro-acredite-voce-nao-sofreria-por-amor.html">Ler o artigo completo</a><br> cinema caipira: quem chegar por últimoMichelle Cruzhttp://obviousmag.org/inconvencional/autor/2017-07-08T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/inconvencional/2017/06/cinema-caipira.html <a href="http://obviousmag.org/inconvencional/2017/06/cinema-caipira.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/inconvencional/2017/06/cinema-caipira.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nos últimos anos, as produções brasileiras de cinema tem ganhado destaque nos eventos internacionais. E o que tudo indica é que o cinema produzido no interior de São Paulo veio pra fazer história e longa. <br><br><a href="http://obviousmag.org/inconvencional/2017/06/cinema-caipira.html">Ler o artigo completo</a><br> grace tem um pouco de todos nósPaulohttp://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/autor/2017-07-08T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/2017/-grace-e-atemporal-o.html <a href="http://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/2017/-grace-e-atemporal-o.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/2017/-grace-e-atemporal-o.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Letras que falam de amor, depressão, solidão, esperança. Sentimentos inerentes a todos os seres humanos e poucos artistas conseguem transmitir tão bem quanto Jeff Buckley. <br><br><a href="http://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/2017/-grace-e-atemporal-o.html">Ler o artigo completo</a><br> o remorso do passado, a angústia no presente e a ansiedade pelo futuro: o homem perdido no tempoGuilherme Limahttp://lounge.obviousmag.org/escritos_da_ansiedade/autor/2017-07-08T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/escritos_da_ansiedade/2017/06/o-remorso-do-passado-a-angustia-no-presente-e-a-ansiedade-pelo-futuro-o-homem-perdido-no-tempo.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/escritos_da_ansiedade/2017/06/o-remorso-do-passado-a-angustia-no-presente-e-a-ansiedade-pelo-futuro-o-homem-perdido-no-tempo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/escritos_da_ansiedade/2017/06/o-remorso-do-passado-a-angustia-no-presente-e-a-ansiedade-pelo-futuro-o-homem-perdido-no-tempo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> As dificuldades impostas nos erros de nossa percepção de tempo, tarefas, obrigações e viver a vida.* <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/escritos_da_ansiedade/2017/06/o-remorso-do-passado-a-angustia-no-presente-e-a-ansiedade-pelo-futuro-o-homem-perdido-no-tempo.html">Ler o artigo completo</a><br> vivo pela vida, mas vivo, sobretudo, pelo amor que ainda viráThiana Furtadohttp://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/autor/2017-07-08T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/vivo-pela-vida-mas-vivo-sobretudo-pelo-amor-que-ainda-vira.html <a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/vivo-pela-vida-mas-vivo-sobretudo-pelo-amor-que-ainda-vira.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/vivo-pela-vida-mas-vivo-sobretudo-pelo-amor-que-ainda-vira.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sim, eu sei que cansa. Esperar esmorece e dilacera a alma, mas te aconselho a não desistir do amor, pois uma hora sei que ele virá... <br><br><a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/vivo-pela-vida-mas-vivo-sobretudo-pelo-amor-que-ainda-vira.html">Ler o artigo completo</a><br> nada é capaz de provocar mais inveja do que a felicidadeMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-07-08T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nada-e-capaz-de-provocar-mais-inveja-do-que-a-felicidade.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nada-e-capaz-de-provocar-mais-inveja-do-que-a-felicidade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nada-e-capaz-de-provocar-mais-inveja-do-que-a-felicidade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Muitas pessoas querem que você esteja bem, mas nunca melhor do que elas... <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nada-e-capaz-de-provocar-mais-inveja-do-que-a-felicidade.html">Ler o artigo completo</a><br> o parentesco musical entre a m.p.b e o chamado rock ruralProfeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-07-07T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/o-parentesco-musical-da-mpb-com-o-chamado-rock-rural.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/o-parentesco-musical-da-mpb-com-o-chamado-rock-rural.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/o-parentesco-musical-da-mpb-com-o-chamado-rock-rural.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O desconhecido Rock rural está para a conhecida M.P.B, assim como o Folk está para o Rock Progressivo. E além da similaridade sonora, a fusão de ambos os estilos se completam em uma nota só. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/o-parentesco-musical-da-mpb-com-o-chamado-rock-rural.html">Ler o artigo completo</a><br> toda vez que você insiste em quem não merece, desiste um pouco de siPamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2017-07-07T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/toda-vez-que-voce-insiste-em-quem-nao-merece-desiste-um-pouco-de-si-1.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/toda-vez-que-voce-insiste-em-quem-nao-merece-desiste-um-pouco-de-si-1.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/toda-vez-que-voce-insiste-em-quem-nao-merece-desiste-um-pouco-de-si-1.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Insistir em um relacionamento tóxico é o mesmo que mutilar a próprio coração. <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/toda-vez-que-voce-insiste-em-quem-nao-merece-desiste-um-pouco-de-si-1.html">Ler o artigo completo</a><br> a história escondida embaixo do tapeteMurilo Reishttp://lounge.obviousmag.org/caneta_tinteiro/autor/2017-07-07T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/caneta_tinteiro/2017/06/a-historia-escondida-embaixo-do-tapete.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/caneta_tinteiro/2017/06/a-historia-escondida-embaixo-do-tapete.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/caneta_tinteiro/2017/06/a-historia-escondida-embaixo-do-tapete.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O conto carrega duas histórias: uma aparente, outra escondida. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/caneta_tinteiro/2017/06/a-historia-escondida-embaixo-do-tapete.html">Ler o artigo completo</a><br> bread para corações partidosPaulohttp://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/autor/2017-07-07T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/2017/bread-para-coracoes-partidos.html <a href="http://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/2017/bread-para-coracoes-partidos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/2017/bread-para-coracoes-partidos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> E quando tudo isso passar, ficará na memória os bons momentos e é isso que nos faz seguir em frente, continuar apesar dos pesares. <br><br><a href="http://obviousmag.org/musica_pensamentos_e_sentimentos/2017/bread-para-coracoes-partidos.html">Ler o artigo completo</a><br> a arte de se responsabilizar pelas próprias escolhasLetícia Moreirahttp://obviousmag.org/espelho_artistico/autor/2017-07-07T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/espelho_artistico/2017/a-arte-de-se-responsabilizar-pelas-proprias-escolhas.html <a href="http://obviousmag.org/espelho_artistico/2017/a-arte-de-se-responsabilizar-pelas-proprias-escolhas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/espelho_artistico/2017/a-arte-de-se-responsabilizar-pelas-proprias-escolhas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Não se pode sempre querer culpar o intangível, aquilo que não se pode controlar, é por na mão do outro ou do metafisico aquilo que só cabe a gente, isso faz parte de crescer,de romper com o eterno Perterpan interior, sem deixar a criança morrer. <br><br><a href="http://obviousmag.org/espelho_artistico/2017/a-arte-de-se-responsabilizar-pelas-proprias-escolhas.html">Ler o artigo completo</a><br> carta aberta à melhor amigaEllen Pederçanehttp://obviousmag.org/brincando_com_letras/autor/2017-07-07T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/carta-aberta-a-melhor-amiga.html <a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/carta-aberta-a-melhor-amiga.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/carta-aberta-a-melhor-amiga.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma carta cheia de amor. Uma carta pra guardar no coração e nas histórias que vivemos com as melhores amigas. Uma prosa em forma de carta, cheia do que só falamos às melhores amigas. <br><br><a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/carta-aberta-a-melhor-amiga.html">Ler o artigo completo</a><br> lourenço mutarelli - uma vida em hqJoão Ricardohttp://lounge.obviousmag.org/moksha2017-07-06T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/moksha/2017/06/lourenco-mutarelli---uma-vida-em-hq.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/moksha/2017/06/lourenco-mutarelli---uma-vida-em-hq.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/moksha/2017/06/lourenco-mutarelli---uma-vida-em-hq.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Aqui eu amo a minha solidão e o silêncio é muitas vezes o meu idioma. Onde fermento palavras. Aqui eu posso calar em português, minha língua. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/moksha/2017/06/lourenco-mutarelli---uma-vida-em-hq.html">Ler o artigo completo</a><br> pessoas mais seletivas evitam aborrecimentos futurosMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-07-06T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/pessoas-mais-seletivas-evitam-aborrecimentos-futuros.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/pessoas-mais-seletivas-evitam-aborrecimentos-futuros.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/pessoas-mais-seletivas-evitam-aborrecimentos-futuros.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> É preciso selecionar as amizades a serem mantidas, os sentimentos a serem guardados, os ambientes onde nos demorarmos, as lutas que valem a pena serem travadas, os amores que merecem ser nutridos. Selecione, porque ninguém poderá fazer isso por você. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/pessoas-mais-seletivas-evitam-aborrecimentos-futuros.html">Ler o artigo completo</a><br> nem sempre o amor é suficiente...um relacionamento pode acabar mesmo com ele existindo...Lucifrance Carvalharhttp://obviousmag.org/asas_e_segredos/autor/2017-07-06T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/asas_e_segredos/2017/nem-sempre-o-amor-e-suficienteum-relacionamento-pode-acabar-mesmo-com-ele-existindo.html <a href="http://obviousmag.org/asas_e_segredos/2017/nem-sempre-o-amor-e-suficienteum-relacionamento-pode-acabar-mesmo-com-ele-existindo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/asas_e_segredos/2017/nem-sempre-o-amor-e-suficienteum-relacionamento-pode-acabar-mesmo-com-ele-existindo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quantas vezes não ouvimos dizer que se temos amor, temos tudo, não é mesmo? Mas será que isso é verdade? Por que tantos relacionamentos acabam mesmo com as pessoas se amando? <br><br><a href="http://obviousmag.org/asas_e_segredos/2017/nem-sempre-o-amor-e-suficienteum-relacionamento-pode-acabar-mesmo-com-ele-existindo.html">Ler o artigo completo</a><br> alice, me empresta as maravilhas do teu país?Paula Lariohttp://obviousmag.org/paula_lario/2017-07-06T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/paula_lario/2017/alice-me-empresta-as-maravilhas-do-teu-pais.html <a href="http://obviousmag.org/paula_lario/2017/alice-me-empresta-as-maravilhas-do-teu-pais.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/paula_lario/2017/alice-me-empresta-as-maravilhas-do-teu-pais.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Esse sonho é meu, eu vou decidir aonde ir e a partir de agora eu faço meu destino!”. Talvez esse seja um dos grandes segredos escondidos no filme e valiosíssimos para trazemos à nossa vida real. Independente de faixa etária ou fase da vida, chega o momento em que precisamos nos dar conta de que, assim como Alice, é preciso dar um basta em algumas situações. Alice se vê diante de um universo vasto e novo, mas não se intimida. Se permite provar líquidos desconhecidos, comer bolos diferentes e, até mesmo, cogumelos para ficar do tamanho que cada situação exige, grande ou pequena. Alguma semelhança ou mera coincidência? <br><br><a href="http://obviousmag.org/paula_lario/2017/alice-me-empresta-as-maravilhas-do-teu-pais.html">Ler o artigo completo</a><br> dualidade única de jolene laiJoão Ricardohttp://lounge.obviousmag.org/moksha2017-07-06T01:19:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/moksha/2017/06/dualidade-unica-de-jolene-lai.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/moksha/2017/06/dualidade-unica-de-jolene-lai.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/moksha/2017/06/dualidade-unica-de-jolene-lai.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Migrando entre a realidade e a fantasia, as luzes e as sombras, o fantástico e o mundano, o delicado e o profano, seu trabalho sugere uma releitura da realidade, daquilo que acreditamos ser verdade. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/moksha/2017/06/dualidade-unica-de-jolene-lai.html">Ler o artigo completo</a><br> interpretação dos sonhos , um processo altamente pessoalSílvia Marqueshttp://obviousmag.org/cinema_pensante/autor/2017-07-06T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/06/interpretacao-dos-sonhos-um-processo-altamente-pessoal.html <a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/06/interpretacao-dos-sonhos-um-processo-altamente-pessoal.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/06/interpretacao-dos-sonhos-um-processo-altamente-pessoal.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Por meio dos sonhos, conteúdos recalcados vem à tona, de forma simbolizada. Por tal motivo, o analista não deve dizer ao analisando a sua interpretação, pois o autor do sonho é o analisando e cabe a ele preencher os significantes ( cobras , casas , incêndios, tempestades, brigas, acidentes , cenas eróticas etc) com seus possíveis significados. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/06/interpretacao-dos-sonhos-um-processo-altamente-pessoal.html">Ler o artigo completo</a><br> escritores no cinemaalfredo passoshttp://obviousmag.org/alfredo_passosbr/autor/2017-07-05T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/alfredo_passosbr/2017/escritores-no-cinema.html <a href="http://obviousmag.org/alfredo_passosbr/2017/escritores-no-cinema.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/alfredo_passosbr/2017/escritores-no-cinema.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O cinema sempre gostou de mostrar personagens escritores. <br><br><a href="http://obviousmag.org/alfredo_passosbr/2017/escritores-no-cinema.html">Ler o artigo completo</a><br> a lua negraLeandro Dupré Cardosohttp://lounge.obviousmag.org/questionando_historias/autor/2017-07-05T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/questionando_historias/2017/06/a-lua-negra.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/questionando_historias/2017/06/a-lua-negra.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/questionando_historias/2017/06/a-lua-negra.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O herói e o monstro são duas faces opostas da mesma moeda da mudança. Seus caminhos são inversos enquanto seus destinos fatalmente se cruzam em algum ponto. Mas e quando você subitamente percebe que você mesmo se tornou esse oponente que tenta combater? Você virou a semente do caos ou o broto da esperança? Muita calma: na verdade ainda vai ser preciso cavar um pouco mais para chegar aos verdadeiros semeadores dessa bagunça... <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/questionando_historias/2017/06/a-lua-negra.html">Ler o artigo completo</a><br> experimente relacionamentos que lhe permitam evoluirThiana Furtadohttp://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/autor/2017-07-05T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/experimente-relacionamentos-que-lhe-permitam-evoluir.html <a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/experimente-relacionamentos-que-lhe-permitam-evoluir.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/experimente-relacionamentos-que-lhe-permitam-evoluir.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Saber e poder crescer através dos relacionamentos que permeiam as seletividades, é tarefa que não deve nos eximir do autocuidado que todos nós devemos ter ao adentrarmo-nos em terrenos que se avizinham a nós. Todavia, é fundamental que possamos saber somar e aprender com universos paralelos ao nosso... <br><br><a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/experimente-relacionamentos-que-lhe-permitam-evoluir.html">Ler o artigo completo</a><br> erotica - um álbum sofiscado, notável e cativanteGabrielly Rezendehttp://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/autor/2017-07-05T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/2017/erotica---um-album-sofiscado-notavel-e-cativante.html <a href="http://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/2017/erotica---um-album-sofiscado-notavel-e-cativante.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/2017/erotica---um-album-sofiscado-notavel-e-cativante.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Obviamente, todos já ouviram o nome da Madonna em alguma manchete, site de fofoca, envolvido em polêmicas ou informando sobre sua importância no mundo da música. Ela é considerada uma das maiores artistas de todos os tempos, a mais bem sucedida do cenário da música e a cantora solo com maior número de turnês no top 10 mais lucrativas, entre vários outros recordes. Com músicas provocativas e shows repletos de mensagens, Madonna sempre terá uma poderosa influência na cultura pop. E um exemplo, entre muitos, de sua importância é o álbum Erotica. <br><br><a href="http://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/2017/erotica---um-album-sofiscado-notavel-e-cativante.html">Ler o artigo completo</a><br> às nossas tão raras obrigações sociaisThiana Furtadohttp://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/autor/2017-07-05T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/as-nossas-tao-raras-obrigacoes-sociais.html <a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/as-nossas-tao-raras-obrigacoes-sociais.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/as-nossas-tao-raras-obrigacoes-sociais.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Trabalhe como as formigas para que nunca te falte o bom senso do entendimento de que devemos ser cidadãos colaborativos. Trabalhe incansavelmente, mas jamais se esqueça que todos nós temos direitos, e que devemos saber lutar por eles. <br><br><a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/as-nossas-tao-raras-obrigacoes-sociais.html">Ler o artigo completo</a><br> tpm: chorei porque o meu chocolate caiu no chãoCarlos Mionhttp://lounge.obviousmag.org/feminalis/autor/2017-07-05T01:18:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/feminalis/2017/06/tpm-chorei-porque-o-meu-chocolate-caiu-no-chao.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/feminalis/2017/06/tpm-chorei-porque-o-meu-chocolate-caiu-no-chao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/feminalis/2017/06/tpm-chorei-porque-o-meu-chocolate-caiu-no-chao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Aquilo que parece frescura para você pode ser o inferno de outra pessoa. Respeitar é perceber que somos diferentes e que no fundo precisamos apenas de compreensão. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/feminalis/2017/06/tpm-chorei-porque-o-meu-chocolate-caiu-no-chao.html">Ler o artigo completo</a><br> longe é um lugar que não existeProfeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-07-04T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/trilhas-pincaros-baixios-balsas.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/trilhas-pincaros-baixios-balsas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/trilhas-pincaros-baixios-balsas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "Começo a viagem no coração do Beija-Flor, que há tanto tempo você e eu conhecemos. Ele se mostrou amigo como sempre, mas ficou espantado quando lhe disse que a pequena Rae estava crescendo e que eu estava indo à sua festa de aniversário, levando um presente." Trecho extraído do livro infantil "Longe é um lugar que não existe", escrito por Richard Bach em 1979. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/trilhas-pincaros-baixios-balsas.html">Ler o artigo completo</a><br> entre o génio e a controvérsia - breves linhas biográficas sobre woody allenElsa Afonsohttp://obviousmag.org/caderno_amarelo/autor/2017-07-03T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/caderno_amarelo/2017/entre-o-genio-e-a-controversia---breves-linhas-biograficas-sobre-woody-allen.html <a href="http://obviousmag.org/caderno_amarelo/2017/entre-o-genio-e-a-controversia---breves-linhas-biograficas-sobre-woody-allen.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/caderno_amarelo/2017/entre-o-genio-e-a-controversia---breves-linhas-biograficas-sobre-woody-allen.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ter-se-á descrito nas suas próprias palavras como um “militante freudiano ateísta”. Controvérsias à parte, Woody é o homem que respira Nova Iorque, e inspira cineastas, humoristas, e pessoas que, na generalidade, sabem rir delas próprias. <br><br><a href="http://obviousmag.org/caderno_amarelo/2017/entre-o-genio-e-a-controversia---breves-linhas-biograficas-sobre-woody-allen.html">Ler o artigo completo</a><br> m. night shyamalan entre herói e vilãoMaria Fernanda Carvalhohttp://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/autor/2017-07-02T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/m-night-shyamalan-entre-herois-e-viloes.html <a href="http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/m-night-shyamalan-entre-herois-e-viloes.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/m-night-shyamalan-entre-herois-e-viloes.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Split e Unbreakable. Herói ou Vilão? Personagens arquetípicos, que configuram modos de ação onde o espectador pode ver-se espelhado e, influenciar os rumos da trama. Heróis que seduzem e repelem, com o único objetivo de vencer. Diante de um pequeno revés deixam transparecer seu lado de vilões que escondem suas reais identidades como estratégia de jogo, ou seja, uma miscelânea de emoções e atitudes que alicia os espectadores a fazer parte deste “show da vida” que explora as mais variadas experiências e tropeços aos quais todo ser humano está vulnerável, independente da raça, cultura ou padrão social. <br><br><a href="http://obviousmag.org/das_travessias_limiar_em_profundidade/2017/m-night-shyamalan-entre-herois-e-viloes.html">Ler o artigo completo</a><br> visualizar a mensagem e não responder já é uma respostaMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-07-02T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/visualizar-a-mensagem-e-nao-responder-ja-e-uma-resposta.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/visualizar-a-mensagem-e-nao-responder-ja-e-uma-resposta.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/visualizar-a-mensagem-e-nao-responder-ja-e-uma-resposta.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Não precisa responder às mensagens de imediato, não precisa ficar dizendo “eu te amo” o tempo todo, não precisa procurar sem parar, convidar para tudo, nem estar sempre presente. Mas precisa retornar no tempo certo e na medida exata das necessidades alheias. É assim que as coisas duram. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/visualizar-a-mensagem-e-nao-responder-ja-e-uma-resposta.html">Ler o artigo completo</a><br> conto: amareloGilmar Luís Silva Júniorhttp://lounge.obviousmag.org/pilulas_da_literatura/autor/2017-07-02T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/pilulas_da_literatura/2017/06/conto-amarelo.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/pilulas_da_literatura/2017/06/conto-amarelo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/pilulas_da_literatura/2017/06/conto-amarelo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O que seriam as cores senão soldados a avançar sobre algo ou a recuar? Uma analogia com a vida e com as cores. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/pilulas_da_literatura/2017/06/conto-amarelo.html">Ler o artigo completo</a><br> para quem nunca tem tempoMarina Baitellohttp://lounge.obviousmag.org/resumindo_e_substituindo_o_mundo/autor/2017-07-02T01:19:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/resumindo_e_substituindo_o_mundo/2017/06/para-quem-nunca-tem-tempo.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/resumindo_e_substituindo_o_mundo/2017/06/para-quem-nunca-tem-tempo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/resumindo_e_substituindo_o_mundo/2017/06/para-quem-nunca-tem-tempo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Você é uma daquelas pessoas que está sempre correndo e nunca encontra tempo para conversas não esperadas com parentes, amigos ou compromissos com você mesmo? Você está sempre em falta com todo mundo e sempre deixa coisas importantes para trás, como uma consulta médica de rotina ou a festinha junina de seu filho na escolinha? É melhor reavaliar o que pensa sobre ter tempo… <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/resumindo_e_substituindo_o_mundo/2017/06/para-quem-nunca-tem-tempo.html">Ler o artigo completo</a><br> ás vezes , nós não queremos nada do outro. apenas sentir que podemos contar com eleSílvia Marqueshttp://obviousmag.org/cinema_pensante/autor/2017-07-02T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/06/as-vezes-nos-nao-queremos-nada-do-outro-apenas-sentir-que-podemos-contar-com-ele.html <a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/06/as-vezes-nos-nao-queremos-nada-do-outro-apenas-sentir-que-podemos-contar-com-ele.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/06/as-vezes-nos-nao-queremos-nada-do-outro-apenas-sentir-que-podemos-contar-com-ele.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ninguém precisa mudar a sua rotina ou deixar de cumprir com as suas obrigações para demonstrar empatia, carinho, amizade verdadeira , cumplicidade amorosa. Ninguém precisa deixar de trabalhar ou cuidar dos filhos ou cuidar da casa para dar um apoio moral a um amigo doente ou a um amigo que sofre por ter um parente doente. Um telefonema rápido na hora do almoço ou antes de dormir pode animar quem sofre , quem espera , quem se encontra num estado de profundo cansaço emocional. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/06/as-vezes-nos-nao-queremos-nada-do-outro-apenas-sentir-que-podemos-contar-com-ele.html">Ler o artigo completo</a><br> massadaDemétrio M. Rebellohttp://obviousmag.org/blog_do_pensador/autor/2017-07-01T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/blog_do_pensador/2017/massada.html <a href="http://obviousmag.org/blog_do_pensador/2017/massada.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/blog_do_pensador/2017/massada.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Poucas são as passagens da história humana que dispensam comentários e provocam nosso mais profundo respeito, merecendo nossa reflexão e silêncio. A história que se desenrolou no século I em Massada, uma fortaleza existente em um monte localizado no Deserto da Judeia, Israel, próximo ao Mar Morto, é um exemplo disto. <br><br><a href="http://obviousmag.org/blog_do_pensador/2017/massada.html">Ler o artigo completo</a><br> a superficialidade planejada dos relacionamentos modernosDaniella Linshttp://obviousmag.org/sem_papas_na_lingua/autor/2017-07-01T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/sem_papas_na_lingua/2017/a-superficialidade-planejada-dos-relacionamentos-modernos.html <a href="http://obviousmag.org/sem_papas_na_lingua/2017/a-superficialidade-planejada-dos-relacionamentos-modernos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/sem_papas_na_lingua/2017/a-superficialidade-planejada-dos-relacionamentos-modernos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Em meio a tantos tipos de relacionamentos com distanciamento, claro, você pode encontrar exatamente o que deseja. Amar e ser amado é direito de todos, não desista! <br><br><a href="http://obviousmag.org/sem_papas_na_lingua/2017/a-superficialidade-planejada-dos-relacionamentos-modernos.html">Ler o artigo completo</a><br> uma roubava e a outra salvava as múltiplas inteligências contidas nos livros Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-07-01T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/uma-roubava-e-a-outra-salvava-as-inteligencias-dos-livros.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/uma-roubava-e-a-outra-salvava-as-inteligencias-dos-livros.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/uma-roubava-e-a-outra-salvava-as-inteligencias-dos-livros.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sem outra alternativa, porque as alternativas, opções e o resgaste cármico escolhem apenas alguns membros "iluminados" da família global, Rivania abraçou os problemas matemáticos, as questões filosóficas e as múltiplas inteligências dos livros. E em que pese os seus 8 anos mal vividos, sabia piamente que morrer é pior do que servir no exército da guerra contra a vida. Por isto, foi à luta e deu braçadas, esbravejou contra Deus supremo, desafiou os demônios e mandou à merda Poseidon, o deus das águas. E acima de tudo, enfrentou corajosamente os uivos e pororocas das águas que subiam avassaladoramente. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/uma-roubava-e-a-outra-salvava-as-inteligencias-dos-livros.html">Ler o artigo completo</a><br> vivências gays pelo streamingLuca Veggahttp://obviousmag.org/diarios_de_um_gay_paulistano/autor/2017-07-01T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/diarios_de_um_gay_paulistano/2017/vivencias-gays-pelo-streaming.html <a href="http://obviousmag.org/diarios_de_um_gay_paulistano/2017/vivencias-gays-pelo-streaming.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/diarios_de_um_gay_paulistano/2017/vivencias-gays-pelo-streaming.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Este texto traz algumas reflexões sobre a vivência gay a partir dos títulos mais recentes disponibilizados no catálogo de filmes LGBT da Netflix. Histórias sobre a afirmação da orientação sexual, construção de relacionamentos, luta e superação de preconceitos. O que desses filmes podemos trazer para a nossa vivência cotidiana de busca por felicidade e completude? O relato também é válido para héteros. Contém [muitos] spoilers. <br><br><a href="http://obviousmag.org/diarios_de_um_gay_paulistano/2017/vivencias-gays-pelo-streaming.html">Ler o artigo completo</a><br> fotografia e autoimagemEllen Pederçanehttp://obviousmag.org/brincando_com_letras/autor/2017-07-01T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/fotografia-e-autoimagem.html <a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/fotografia-e-autoimagem.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/fotografia-e-autoimagem.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Em tempos de padrões cada vez mais rígidos e buscas nada saudáveis para se encaixar neles, a fotografia vem ganhando um papel importante na relação do indivíduo com sua autoimagem. Hoje sendo acessível a diversas pessoas, o ensaio fotográfico vem ajudando nesse processo de boa relação consigo mesmo. É um trabalho de muita sensibilidade lembrar o outro de sua beleza e singularidade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/fotografia-e-autoimagem.html">Ler o artigo completo</a><br> as 3 vozes femininas do festival de woodstock... e o contexto brasileiro Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-06-30T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/as-3-vozes-femininas-no-festival-de-woodstock.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/as-3-vozes-femininas-no-festival-de-woodstock.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/as-3-vozes-femininas-no-festival-de-woodstock.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quando Janis descobriu o blues, Joan Baez já havia descoberto o folk. Elas e Melanie, se encontraram no festival de Woodstock realizado em uma fazenda nos EUA, no ano de 1969, tocando blues, fazendo folk ao som do rock, em confraternização ao maior evento de música que a humanidade teve o privilégio de conhecer. Depois desse monumental enlace, apoteótico encontro, tanto uma quanto as outras, alinharam seus sentimentos numa linguagem única, no pensar em comum do rock e na liberdade feminina sem trancas nas porteiras. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/06/as-3-vozes-femininas-no-festival-de-woodstock.html">Ler o artigo completo</a><br> tempestade de areiaFernanda Villas Boashttp://obviousmag.org/imagens_e_palavras/autor/2017-06-30T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/06/tempestade-de-areia.html <a href="http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/06/tempestade-de-areia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/06/tempestade-de-areia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Melhor filme estrangeiro em Sundance 2016, “Tempestade de Areia” da diretora Elite Zexer é um interessante mosaico etnográfico sobre culturas rígidas no sul de uma Israel beduína menos cosmopolita ou menos evoluída do que a imagem que se tem para o resto do mundo. Com autorização ainda do casamento poligâmico nas tribos beduínas sulistas e a total submissão da mulher. <br><br><a href="http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/06/tempestade-de-areia.html">Ler o artigo completo</a><br> o conflito sírio na grande mídia Francisco Ladeirahttp://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/autor/2017-06-30T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/2017/o-conflito-sirio-na-grande-midia.html <a href="http://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/2017/o-conflito-sirio-na-grande-midia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/2017/o-conflito-sirio-na-grande-midia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O conflito sírio é muito mais complexo do que o apresentado pelos meios de comunicação de massa: não se trata de uma simples questão interna. Deve ser entendido dentro um contexto geopolítico muito mais amplo, relacionado à constante presença das grandes potências imperialistas não somente na Síria, mas em todo o Oriente Médio. <br><br><a href="http://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/2017/o-conflito-sirio-na-grande-midia.html">Ler o artigo completo</a><br> vash ou como não julgar alguém pela aparênciaYan Masettohttp://obviousmag.org/solidao_sociavel/autor/2017-06-30T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/solidao_sociavel/2017/vash-ou-como-nao-julgar-alguem-pela-aparencia.html <a href="http://obviousmag.org/solidao_sociavel/2017/vash-ou-como-nao-julgar-alguem-pela-aparencia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/solidao_sociavel/2017/vash-ou-como-nao-julgar-alguem-pela-aparencia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> É sempre bom lembrar que, quando há um texto analisando os personagens, spoilers aparecerão. Porém, não achem que são spoilers profundos: a pretensão do texto é exatamente este, não acreditar na primeira impressão tão facilmente. E em Trigun, isso é ainda mais complicado. <br><br><a href="http://obviousmag.org/solidao_sociavel/2017/vash-ou-como-nao-julgar-alguem-pela-aparencia.html">Ler o artigo completo</a><br> temos o nosso próprio tempoMarcelo Ribeirohttp://obviousmag.org/virasertao/autor/2017-06-30T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/virasertao/2017/temos-o-nosso-proprio-tempo.html <a href="http://obviousmag.org/virasertao/2017/temos-o-nosso-proprio-tempo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/virasertao/2017/temos-o-nosso-proprio-tempo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Como é pegar aquele tempo ou ter o cheiro dele? Lembra de quando a gente ia para escola ? Nesses casos a memória remete as cores, aos sabores e aos sentimentos. Lembra da dança, da brincadeira, do fim da tarde, os sorrisos na roda e aquele toque? O sucinto texto aborda/convida, de modo experimental, como pegar um tempo, muito ao modo experiencial. <br><br><a href="http://obviousmag.org/virasertao/2017/temos-o-nosso-proprio-tempo.html">Ler o artigo completo</a><br> roma resiste!Nelson Teixeira Netohttp://obviousmag.org/ler_reler_tresler/autor/2017-06-30T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/ler_reler_tresler/2017/roma-resiste.html <a href="http://obviousmag.org/ler_reler_tresler/2017/roma-resiste.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ler_reler_tresler/2017/roma-resiste.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "A grande beleza" é o filme que melhor traduz nossa época quando diante do passado: uma época de decrepitude. Ou em outras palavras e tomando o título do último livro de Milan Kundera (o qual, aliás, foi publicado no mesmo ano do lançamento do filme de Sorrentino): vivemos uma verdadeira festa da insignificância. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ler_reler_tresler/2017/roma-resiste.html">Ler o artigo completo</a><br>