obviousUm olhar mais demorado...2017-05-26T08:32:00+00:00Movable Type 4.34-entag:obviousmag.org,2011://2parque estadual guartelá (o porquê de preservar)Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-05-26T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/parque-estadual-guartela-o-porque-de-se-preservar.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/parque-estadual-guartela-o-porque-de-se-preservar.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/parque-estadual-guartela-o-porque-de-se-preservar.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Plantem árvores. Fartem-se de sorrisos. Semeie a paz. Cultive o amor. Exercite a paciência. Lancem as sementes. Abram os sombreiros. Fertilizem os pássaros. Polinizem as abelhas e quaisquer insetos. Salve o deus, Poseidon. Corra formigueiro. Dá-lhe tamanduá. Soprem pétalas de flores ao vento. Repare detidamente o que o escaravelho leva empurrando, dando cabeçadas, para o buraco. Atente-se ao toque de recolher passarinheiro. Mais rápido bicho-preguiça. Psiu, recém-nascidos dormindo no bercário natural, por favor pare de ler, feche a boca e desligue o som. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/parque-estadual-guartela-o-porque-de-se-preservar.html">Ler o artigo completo</a><br> muitas vezes, é preciso passar pelo pior para conseguir o melhorMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-05-26T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/muitas-vezes-e-preciso-passar-pelo-pior-para-conseguir-o-melhor.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/muitas-vezes-e-preciso-passar-pelo-pior-para-conseguir-o-melhor.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/muitas-vezes-e-preciso-passar-pelo-pior-para-conseguir-o-melhor.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ao contrário da escola, na vida as provas ocorrem antes das lições, porque é a experiência que nos ensina, é a dor que nos fortalece, são as perdas que nos direcionam aos objetivos a serem priorizados. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/muitas-vezes-e-preciso-passar-pelo-pior-para-conseguir-o-melhor.html">Ler o artigo completo</a><br> trabalho infantil, o ciclo perverso da pobrezaEli Boscattohttp://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/autor/2017-05-26T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/2017/05/trabalho-infantil-o-ciclo-perverso-da-pobreza.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/2017/05/trabalho-infantil-o-ciclo-perverso-da-pobreza.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/2017/05/trabalho-infantil-o-ciclo-perverso-da-pobreza.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O trabalho infantil no mundo não é exagero de organizações não governamentais, tão pouco é modismo do "politicamente correto" como querem fazer crer alguns. É de lamentar que a mão de obra infantil ainda persista no século 21 <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/2017/05/trabalho-infantil-o-ciclo-perverso-da-pobreza.html">Ler o artigo completo</a><br> o amor não engana; a gente é que se engana, enxergando amor onde não temMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-05-26T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/o-amor-nao-engana-a-gente-e-que-se-engana-enxergando-amor-onde-nao-tem.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/o-amor-nao-engana-a-gente-e-que-se-engana-enxergando-amor-onde-nao-tem.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/o-amor-nao-engana-a-gente-e-que-se-engana-enxergando-amor-onde-nao-tem.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma das piores decepções ocorre quando achamos que era amor, mas não era. Quando tínhamos certeza de que éramos amados de volta, mas não éramos. Quando pensávamos que iria durar para sempre, mas não duraria. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/o-amor-nao-engana-a-gente-e-que-se-engana-enxergando-amor-onde-nao-tem.html">Ler o artigo completo</a><br> arte - a religião de voltar-se a siEmerson Teixeira Limahttp://obviousmag.org/todos_foram_para_a_lua/autor/2017-05-26T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/todos_foram_para_a_lua/2017/arte---a-religiao-de-voltar-se-a-si.html <a href="http://obviousmag.org/todos_foram_para_a_lua/2017/arte---a-religiao-de-voltar-se-a-si.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/todos_foram_para_a_lua/2017/arte---a-religiao-de-voltar-se-a-si.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A arte possui uma definição subjetiva, é claro, que ganha proporções diferentes conforme o contexto histórico ou social. Contudo, é de se notar que essa entidade nunca esteve separada do ser humano. A arte não é uma ferramenta que traz ao homem uma facilitação no seu processo de imortalidade através das suas expressões artísticas, a arte é o homem no seu estado inicial. A arte é o coração universal, o big bang, é a expansão e criação do homem, que fora passado para traz conforme a civilização foi se tornando sólida. A arte enquanto sociedade é apenas registro; a arte enquanto indivíduo é uma deidade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/todos_foram_para_a_lua/2017/arte---a-religiao-de-voltar-se-a-si.html">Ler o artigo completo</a><br> as fronteiras entre as cores nas pinturas de cristina canale Alysson Camargohttp://obviousmag.org/estetica_domestica/autor/2017-05-25T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/estetica_domestica/2017/05/as-fronteiras-entre-as-cores.html <a href="http://obviousmag.org/estetica_domestica/2017/05/as-fronteiras-entre-as-cores.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/estetica_domestica/2017/05/as-fronteiras-entre-as-cores.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Entre os espaços de encontro e desencontro nasce a fronteira nas cores das pintura de Cristina Canale. <br><br><a href="http://obviousmag.org/estetica_domestica/2017/05/as-fronteiras-entre-as-cores.html">Ler o artigo completo</a><br> amar muito não significa que você não consiga viver semPamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2017-05-25T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/amar-muito-nao-significa-que-voce-nao-consiga-viver-sem.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/amar-muito-nao-significa-que-voce-nao-consiga-viver-sem.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/amar-muito-nao-significa-que-voce-nao-consiga-viver-sem.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Por mais difícil que seja um término é preciso entender que amar muito não significa que não conseguimos viver sem. Você é independente em atitudes e sentimentos e, a sua felicidade, não está condicionada à permanência do outro em sua vida. <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/amar-muito-nao-significa-que-voce-nao-consiga-viver-sem.html">Ler o artigo completo</a><br> o dia em que sorri para uma estranha e ela não sorriu de volta.Flávia Bechtingerhttp://obviousmag.org/em_construcao/autor/2017-05-25T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/em_construcao/2017/o-dia-em-que-sorri-para-uma-estranha-e-ela-nao-sorriu-de-volta.html <a href="http://obviousmag.org/em_construcao/2017/o-dia-em-que-sorri-para-uma-estranha-e-ela-nao-sorriu-de-volta.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/em_construcao/2017/o-dia-em-que-sorri-para-uma-estranha-e-ela-nao-sorriu-de-volta.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Você já parou para pensar em como a rejeição pode transformar a nossa vida? E será que nós sabemos o poder que temos de influenciar a vida das pessoas? Um dia ouvi de um professor que o ser humano veio para o mundo para amar e ser amado. Não fez sentido para mim. Não até o dia em que a menina não sorriu de volta para mim. <br><br><a href="http://obviousmag.org/em_construcao/2017/o-dia-em-que-sorri-para-uma-estranha-e-ela-nao-sorriu-de-volta.html">Ler o artigo completo</a><br> até um dia de fúriaVICTÓRIA AMPESSAN DAMAShttp://obviousmag.org/livre_para_falar/autor/2017-05-25T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/livre_para_falar/2017/ate-um-dia-de-furia.html <a href="http://obviousmag.org/livre_para_falar/2017/ate-um-dia-de-furia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/livre_para_falar/2017/ate-um-dia-de-furia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Pequenos obstáculos, discussões, cobranças... Até tudo resultar em um dia de fúria. Obviamente não precisa ser tão explosivo e explícito. O dia de fúria simboliza o limite, o descontrole, o fim dos sinais de alerta reprimidos, a derrocada. Quando os muros que construímos tentando sobreviver começam a esconder nossa humanidade? Com certeza, hoje é um dia diferente. <br><br><a href="http://obviousmag.org/livre_para_falar/2017/ate-um-dia-de-furia.html">Ler o artigo completo</a><br> ás vezes dá uma preguiça...Sílvia Marqueshttp://obviousmag.org/cinema_pensante/autor/2017-05-25T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/05/as-vezes-da-uma-preguica.html <a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/05/as-vezes-da-uma-preguica.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/05/as-vezes-da-uma-preguica.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ás vezes dá uma preguiça de se relacionar com gente que nada ou pouco acrescenta. Com gente indisponível emocionalmente , com gente defendida , que se agarra a uma decepção para justificar o medo de viver a vida com intensidade e coragem. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/05/as-vezes-da-uma-preguica.html">Ler o artigo completo</a><br> finnegans wake - james joyce & chico buarque - um paraleloMateus Machadohttp://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/autor/2017-05-24T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/finnegans-wake---james-joyce-chico-buarque---um-paralelo.html <a href="http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/finnegans-wake---james-joyce-chico-buarque---um-paralelo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/finnegans-wake---james-joyce-chico-buarque---um-paralelo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O que há por trás de Finnegans Wake, obra máxima de James Joyce? Durante muito tempo Finnegans Wake foi considerado intraduzível e impenetrável, fazendo Ulisses parecer coisa de iniciante. O mitólogo Joseph Campbell em sua obra "A Skeleton Key to Finnegans Wake" nos da a chave para abrir algumas portas. Aqui traço um paralelo com a música Construção de Chico Buarque, fazendo uso da filosofia de Vico, além de questionar a linguagem desde o mito de Babel até a sua liquidez nos dias atuais. <br><br><a href="http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/finnegans-wake---james-joyce-chico-buarque---um-paralelo.html">Ler o artigo completo</a><br> gostoso mesmo é gostar de quem gosta da gente!Marcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-05-24T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/gostoso-mesmo-e-gostar-de-quem-gosta-da-gente.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/gostoso-mesmo-e-gostar-de-quem-gosta-da-gente.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/gostoso-mesmo-e-gostar-de-quem-gosta-da-gente.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Enquanto insistirmos em quem não está nem aí para o que somos, jamais acolheremos amor verdadeiro em nossos corações. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/gostoso-mesmo-e-gostar-de-quem-gosta-da-gente.html">Ler o artigo completo</a><br> está no fundo do poço? conheça a teoria que une física e espiritualidade para explicar os benefícios de uma crise em nossa vidaAna Cristina Sampaiohttp://obviousmag.org/reforma_intima/autor/2017-05-24T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/reforma_intima/2017/-qual-o-significado-das-crises-em-nossas-vidas-veja-se-voce-esta-passando-por-uma-noite-escura-da-al.html <a href="http://obviousmag.org/reforma_intima/2017/-qual-o-significado-das-crises-em-nossas-vidas-veja-se-voce-esta-passando-por-uma-noite-escura-da-al.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/reforma_intima/2017/-qual-o-significado-das-crises-em-nossas-vidas-veja-se-voce-esta-passando-por-uma-noite-escura-da-al.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O físico norte americano Gregg Braden é autor de 19 livros, entre eles Matriz Divina e O Efeito Isaías, que tratam do poder que pensamentos, sentimentos e emoções têm de criar nossa realidade. Braden é um dos escritores mais bem-sucedidos ao combinar ciência e espiritualidade, e oferece inúmeras provas científicas sobre como a intenção se manifesta no mundo material. Ele estuda os efeitos da crise em nossas vidas para a conquista do crescimento interior. O nosso fundo do poço aponta para o momento exato em que se está pronto para dar um salto de qualidade na vida. A questão é que vivemos antes uma crise sem precedentes, na qual sentimos perder tudo o que construímos até então. Este intervalo entre a queda e o salto da mudança ele chamou de Noite Escura da Alma, ou seja, o nosso pior pesadelo. <br><br><a href="http://obviousmag.org/reforma_intima/2017/-qual-o-significado-das-crises-em-nossas-vidas-veja-se-voce-esta-passando-por-uma-noite-escura-da-al.html">Ler o artigo completo</a><br> o medo tem muitas máscaras. você sabe quais medos esconde? Ana Cristina Sampaiohttp://obviousmag.org/reforma_intima/autor/2017-05-24T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/reforma_intima/2017/o-medo-tem-muitas-mascaras-descubra-quais-medos-esconde-em-seu-intimo.html <a href="http://obviousmag.org/reforma_intima/2017/o-medo-tem-muitas-mascaras-descubra-quais-medos-esconde-em-seu-intimo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/reforma_intima/2017/o-medo-tem-muitas-mascaras-descubra-quais-medos-esconde-em-seu-intimo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Permitir que o medo não reconhecido comande nossas experiências e determine nosso destino é trazer infelicidade para o convívio. Reconhecer quando o medo está no comando é uma das maiores conquistas que podemos almejar para nossa existência. <br><br><a href="http://obviousmag.org/reforma_intima/2017/o-medo-tem-muitas-mascaras-descubra-quais-medos-esconde-em-seu-intimo.html">Ler o artigo completo</a><br> the fundamentals of caring- um filme necessário da netflixBruna Girardi Dalmashttp://obviousmag.org/carpinteiros_do_universo/autor/2017-05-24T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/carpinteiros_do_universo/2017/the-fundamentals-of-caring--um-filme-necessario-da-netflix.html <a href="http://obviousmag.org/carpinteiros_do_universo/2017/the-fundamentals-of-caring--um-filme-necessario-da-netflix.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/carpinteiros_do_universo/2017/the-fundamentals-of-caring--um-filme-necessario-da-netflix.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma reflexão a respeito do filme original da Netflix The Fundamentals of Caring. Uma reflexão a respeito de nossas existências, escolhas e consequências. <br><br><a href="http://obviousmag.org/carpinteiros_do_universo/2017/the-fundamentals-of-caring--um-filme-necessario-da-netflix.html">Ler o artigo completo</a><br> o jaguar xk 120, alguns de seus sucessores e muitas réplicasAlexandre Belucohttp://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/autor/2017-05-23T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/jaguar-xk-120.html <a href="http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/jaguar-xk-120.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/jaguar-xk-120.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O XK 120 foi o primeiro Jaguar lançado após a Segunda Guerra, ainda no final dos anos 40, e o 120 em sua denominação indica a velocidade máxima em milhas por hora (equivalente a quase 200 km/h). Era o automóvel mais rápido em produção naquela época! ... e como suas linhas permacem interessantes é hoje um dos modelos mais replicados em todo o mundo. <br><br><a href="http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/jaguar-xk-120.html">Ler o artigo completo</a><br> um problema genéricoEttore Cagnihttp://obviousmag.org/maravilhoso/autor/2017-05-23T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/maravilhoso/2017/um-problema-generico.html <a href="http://obviousmag.org/maravilhoso/2017/um-problema-generico.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/maravilhoso/2017/um-problema-generico.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Para entender do que se tratam os debates sobre gênero, sexo e orientação sexual, suas raízes históricas, suas implicações contemporâneas e sua necessidade no mundo de hoje. <br><br><a href="http://obviousmag.org/maravilhoso/2017/um-problema-generico.html">Ler o artigo completo</a><br> purpurina literáriaAlexandre Cosleihttp://lounge.obviousmag.org/paragrafo/autor/2017-05-23T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/paragrafo/2017/05/purpurina-literaria.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/paragrafo/2017/05/purpurina-literaria.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/paragrafo/2017/05/purpurina-literaria.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quando a literatura se acorrenta ao marketing pessoal, perde o sentido de arte para virar batalha de purpurina. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/paragrafo/2017/05/purpurina-literaria.html">Ler o artigo completo</a><br> seu retrato envelhece, você nãoDaniela Castrohttp://obviousmag.org/infinito_saber/autor/2017-05-23T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/infinito_saber/2017/05/o-retrato-que-envelhece-no-seu-lugar.html <a href="http://obviousmag.org/infinito_saber/2017/05/o-retrato-que-envelhece-no-seu-lugar.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/infinito_saber/2017/05/o-retrato-que-envelhece-no-seu-lugar.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Dorian Gray é pintado em um quadro e faz uma promessa para permanecer sempre jovem. Desde então, não envelhece mais, mas seu retrato muda como resultado de sua idade e de suas atitudes. Você transferiria as transformações de sua vida para uma pintura? <br><br><a href="http://obviousmag.org/infinito_saber/2017/05/o-retrato-que-envelhece-no-seu-lugar.html">Ler o artigo completo</a><br> norman, um filme obrigatórioAdriana Vieirahttp://obviousmag.org/ki_literatura_e_essa?/autor/2017-05-23T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/ki_literatura_e_essa/2017/norman-um-filme-obrigatorio.html <a href="http://obviousmag.org/ki_literatura_e_essa/2017/norman-um-filme-obrigatorio.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ki_literatura_e_essa/2017/norman-um-filme-obrigatorio.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Norman, confie em mim é um desses filmes que ficam na memória por conta da singeleza e particularidades do personagem.E que personagem, que me faz acordar e adormecer pensando nele. Norman parece estar na contramão dos tempos anti corrupção. Seus atos são questionáveis, humanos e possíveis. Quem pode condenar Norman- se já nascemos com aquele desejo inusitado por leite. O olhar de Norman é o olhar carente de quem deseja inventar uma vida para suportar sua própria existência. Recomendo o filme. Richard Gere está em excelente forma artística. E Joseph Cedar, diretor israelense nascido em Nova York, autor de Fogueira - indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2004 nos presenteia com seu primeiro longa metragem em língua inglesa. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ki_literatura_e_essa/2017/norman-um-filme-obrigatorio.html">Ler o artigo completo</a><br> o solilóquio dos inocentes na canção the logical song do supertramp Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-05-22T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/04/a-letra-da-cancao-the-logical-song-em-o-silencio-dos-inocentes.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/04/a-letra-da-cancao-the-logical-song-em-o-silencio-dos-inocentes.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/04/a-letra-da-cancao-the-logical-song-em-o-silencio-dos-inocentes.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> E as perguntas não desistem, ao contrário, assaltam o meu silêncio, roubam a minha paz, sovelam a minha inocência: "Será que a felicidade é uma constante na vida dos homens adultos? Se não, então, o que é essa tal infelicidade e quais são os fatores limitantes para não obtê-la? Embora não tenha uma opinião formada e nada saiba sobre coisas subjetivas, lançaram-me no abismo conflituoso entre a débil realidade do meu Eu e a aparente fortaleza do mundo adulto!" <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/04/a-letra-da-cancao-the-logical-song-em-o-silencio-dos-inocentes.html">Ler o artigo completo</a><br> as pessoas se ofendem com quem é autênticoMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-05-22T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/as-pessoas-se-ofendem-com-quem-e-autentico.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/as-pessoas-se-ofendem-com-quem-e-autentico.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/as-pessoas-se-ofendem-com-quem-e-autentico.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Ser autêntico virou ofensa pessoal. Ou a criatura faz parte do rebanho, ou é um metido a besta.” (Martha Medeiros) <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/as-pessoas-se-ofendem-com-quem-e-autentico.html">Ler o artigo completo</a><br> harry potter e o enigma do plágioRoberto Oliveirahttp://obviousmag.org/deep_pop/autor/2017-05-22T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/deep_pop/2017/harry-potter-e-o-enigma-do-plagio.html <a href="http://obviousmag.org/deep_pop/2017/harry-potter-e-o-enigma-do-plagio.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/deep_pop/2017/harry-potter-e-o-enigma-do-plagio.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O sucesso literário e cinematográfico de Harry Potter é incontestável. No entanto, desde o seu surgimento, fãs tem identificado semelhanças com outras obras, e alguns processos tem sido movidos na Justiça, alegando violação de direitos autorais. A maior criação da escritora britânica J.K. Rowling seria, afinal, um plágio? <br><br><a href="http://obviousmag.org/deep_pop/2017/harry-potter-e-o-enigma-do-plagio.html">Ler o artigo completo</a><br> eu deveria dizer eu te amo mais vezesCarolina Vila Novahttp://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/autor/2017-05-22T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/05/eu-deveria-dizer-eu-te-amo-mais-vezes.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/05/eu-deveria-dizer-eu-te-amo-mais-vezes.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/05/eu-deveria-dizer-eu-te-amo-mais-vezes.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Para muitas pessoas a frase “eu te amo” vai e vem com a maior facilidade, enquanto que para outras, parece haver necessidade de permissão para amar e expressar amor. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/05/eu-deveria-dizer-eu-te-amo-mais-vezes.html">Ler o artigo completo</a><br> geração bumu e a dificuldade em colocar um ponto final nas relaçõesSuperelahttp://obviousmag.org/superela/autor/2017-05-22T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/superela/2017/geracao-bumu-e-a-dificuldade-em-colocar-um-ponto-final-nas-relacoes.html <a href="http://obviousmag.org/superela/2017/geracao-bumu-e-a-dificuldade-em-colocar-um-ponto-final-nas-relacoes.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/superela/2017/geracao-bumu-e-a-dificuldade-em-colocar-um-ponto-final-nas-relacoes.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A geração BUMU é aquelas em que os relacionamentos nunca têm um fim, sempre vão e voltam. A geração do "oi, sumido" <br><br><a href="http://obviousmag.org/superela/2017/geracao-bumu-e-a-dificuldade-em-colocar-um-ponto-final-nas-relacoes.html">Ler o artigo completo</a><br> franz kafka e a metamorfose nossa de cada diaPedro Zuccolottohttp://obviousmag.org/sol_de_inverno/autor/2017-05-21T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/sol_de_inverno/2017/franz-kafka-e-a-metamorfose-nossa-de-cada-dia.html <a href="http://obviousmag.org/sol_de_inverno/2017/franz-kafka-e-a-metamorfose-nossa-de-cada-dia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/sol_de_inverno/2017/franz-kafka-e-a-metamorfose-nossa-de-cada-dia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Já acordou como inseto hoje? <br><br><a href="http://obviousmag.org/sol_de_inverno/2017/franz-kafka-e-a-metamorfose-nossa-de-cada-dia.html">Ler o artigo completo</a><br> tempo de viverAdriana Borgeshttp://obviousmag.org/my_cup_of_tea/autor/2017-05-21T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/my_cup_of_tea/2017/05/tempo-de-viver.html <a href="http://obviousmag.org/my_cup_of_tea/2017/05/tempo-de-viver.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/my_cup_of_tea/2017/05/tempo-de-viver.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Como o tempo passa para você? Muita gente perde tempo ou fica parado na rotina da vida. Outras vivem intensamente o tempo que lhe é dado. Existem tempos e tempos, movimentos e sentimentos que fazem os ponteirinhos rodarem como loucos ou parecerem mais lentos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/my_cup_of_tea/2017/05/tempo-de-viver.html">Ler o artigo completo</a><br> se você está sempre solucionando os problemas do outro, está na hora de reavaliar os seusPamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2017-05-21T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/se-voce-esta-sempre-solucionando-os-problemas-do-outro-esta-na-hora-de-reavaliar-os-seus.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/se-voce-esta-sempre-solucionando-os-problemas-do-outro-esta-na-hora-de-reavaliar-os-seus.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/se-voce-esta-sempre-solucionando-os-problemas-do-outro-esta-na-hora-de-reavaliar-os-seus.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Há pessoas e pessoas! Existem aqueles que têm o dom de escutar, outros de aconselhar, outros de defender. E, provavelmente, você tem algum deles. Você já aconselhou um amigo traído, uma amiga abandonada, um parente que perdeu o emprego… muitos são os que confiam em você. Mas, quanto aos seus problemas? Quais são os seus (autos) conselhos? Pode parecer clichê, mas um verdadeiro amor começa na amizade e os motivos <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/se-voce-esta-sempre-solucionando-os-problemas-do-outro-esta-na-hora-de-reavaliar-os-seus.html">Ler o artigo completo</a><br> belchior- somente um rapaz latino americanoFernanda Villas Boashttp://obviousmag.org/imagens_e_palavras/autor/2017-05-21T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/05/belchior--somente-um-rapaz-latino-americano.html <a href="http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/05/belchior--somente-um-rapaz-latino-americano.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/05/belchior--somente-um-rapaz-latino-americano.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nascido em 26 de outubro de 1946, em Sobral, Ceará,Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes tem 23 discos lançados. Uma da canções de maior sucesso foi " Como nossos pais", do seu segundo LP “ Alucinação”. Belchior é um ícone da MPB com seu canto melancólico e desesperado por mudanças radicais em nossa sociedade, morreu em 30/04/]2017. <br><br><a href="http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/05/belchior--somente-um-rapaz-latino-americano.html">Ler o artigo completo</a><br> as séries de comédia fora da curva e do prozac! - (parte 2)TOLEDO, R.R.http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/autor/2017-05-21T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-series-de-comedia-fora-da-curva-e-do-prozac---parte-2.html <a href="http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-series-de-comedia-fora-da-curva-e-do-prozac---parte-2.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-series-de-comedia-fora-da-curva-e-do-prozac---parte-2.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma análise das comédias mais insanas produzidas pelo filtro da loucura do exótico mundo mais ocidental do Oriente. Uma imersão no humor negro - da mente australiana de Jim Jefferies - e no humor nonsense - das mentes neozelandesas de Jemaine Clement e Taika Waititi -. <br><br><a href="http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-series-de-comedia-fora-da-curva-e-do-prozac---parte-2.html">Ler o artigo completo</a><br> o passageiro da agonia e o romance-reportagem no brasilCíntia Silvahttp://lounge.obviousmag.org/dois_senhores/autor/2017-05-20T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/dois_senhores/2017/04/o-romance-reportagem-no-brasil.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/dois_senhores/2017/04/o-romance-reportagem-no-brasil.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/dois_senhores/2017/04/o-romance-reportagem-no-brasil.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Se o New Journalism marcou época nos Estados Unidos, no Brasil o Romance-Reportagem surgiu como uma válvula de escape para jornalistas que haviam se cansado e buscavam uma forma diferente de fugir da censura e publicar histórias que não estavam impressas nos jornais diários. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/dois_senhores/2017/04/o-romance-reportagem-no-brasil.html">Ler o artigo completo</a><br> um espetáculo musical dedicado aos canalhas!Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-05-19T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/um-espetaculo-musical-para-os-canalhas.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/um-espetaculo-musical-para-os-canalhas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/um-espetaculo-musical-para-os-canalhas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O radialista Gil Gomes iniciava e terminava os programas com a frase: "Se você agir com dignidade, poderá não consertar o mundo, mas certamente, será um canalha a menos". Já Padre Nicolau desafiou os incrédulos e enrustidos ao dizer: “Acredite: só o canalha precisa de uma ideologia que o justifique e absolva.” E o que foi dito pelo músico e compositor paulistano, Walter Franco, sobre a canalhice? <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/05/um-espetaculo-musical-para-os-canalhas.html">Ler o artigo completo</a><br> fashion victim? não obrigada!Daniela Monteiro Torreshttp://obviousmag.org/palavras_na_barriga/autor/2017-05-19T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/palavras_na_barriga/2017/05/fashion-victim-nao-obrigada.html <a href="http://obviousmag.org/palavras_na_barriga/2017/05/fashion-victim-nao-obrigada.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/palavras_na_barriga/2017/05/fashion-victim-nao-obrigada.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Jovens que reprimem quem são de verdade para não fugir à moda! Até que ponto o "moderno" não é inimigo do futuro? <br><br><a href="http://obviousmag.org/palavras_na_barriga/2017/05/fashion-victim-nao-obrigada.html">Ler o artigo completo</a><br> as séries de comédia fora da curva e do prozac! - (parte 1) TOLEDO, R.R.http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/autor/2017-05-19T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-series-de-comedia-fora-da-curva-e-do-prozac---parte-1.html <a href="http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-series-de-comedia-fora-da-curva-e-do-prozac---parte-1.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-series-de-comedia-fora-da-curva-e-do-prozac---parte-1.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma análise das comédias mais insanas produzidas pelo filtro da loucura de Larry David! <br><br><a href="http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/as-series-de-comedia-fora-da-curva-e-do-prozac---parte-1.html">Ler o artigo completo</a><br> não tente consertar o que já quebrou de vezMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-05-19T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-tente-consertar-o-que-ja-quebrou-de-vez.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-tente-consertar-o-que-ja-quebrou-de-vez.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-tente-consertar-o-que-ja-quebrou-de-vez.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "Quem se ama o suficiente jamais se deixará machucar por conta de situações que não mais voltarão ou por pessoas que não deverão retornar nunca mais." <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-tente-consertar-o-que-ja-quebrou-de-vez.html">Ler o artigo completo</a><br> é na solidão que encontramos amparo…Thiana Furtadohttp://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/autor/2017-05-19T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/e-na-solidao-que-encontramos-amparo.html <a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/e-na-solidao-que-encontramos-amparo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/e-na-solidao-que-encontramos-amparo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quem nunca sentiu solidão que atire a primeira pedra... Quem nunca viu a esperança escurecer sua visão não pode dizer que já viveu o suficiente... É somente quando decidimos olhar para o que nos circunda que percebemos que nossos companheiros certamente também precisam de nós, assim como precisamos deles. Ninguém é dotado de autossuficiência tal, que nunca precisou de ninguém, tampouco é seguramente forte quem não precise pedir por ajuda. Vale-nos olharmos para o lado para percebermos que não estamos sós e que não podemos viver sós... <br><br><a href="http://obviousmag.org/o_infinito_e_logo_ali/2017/e-na-solidao-que-encontramos-amparo.html">Ler o artigo completo</a><br> seychelles — oceano índicoMaria Brockerhoffhttp://lounge.obviousmag.org/da_janela_das_eumenides/autor/2017-05-18T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/da_janela_das_eumenides/2017/04/seychelles-oceano-indico.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/da_janela_das_eumenides/2017/04/seychelles-oceano-indico.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/da_janela_das_eumenides/2017/04/seychelles-oceano-indico.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O nosso berço esplêndido nos oferece milhares de quilômetros de litoral; ninguém precisa procurar praias estrangeiras... se, mesmo assim, tiver forte comichão vá para o Arquipélago das Seychelles. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/da_janela_das_eumenides/2017/04/seychelles-oceano-indico.html">Ler o artigo completo</a><br> espera silenciosaEllen Pederçanehttp://obviousmag.org/brincando_com_letras/autor/2017-05-18T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/espera-silenciosa.html <a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/espera-silenciosa.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/espera-silenciosa.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O silêncio é um grande amigo das horas de espera. Aquele momento que você está no rumo certo do caminho escolhido. Entre as esperanças e aventuras do dia-a-dia, guardar em silêncio sonhos e vontades parece a mais sensata das escolhas. Barulho demais pode deturpar o sentido daquilo que tanto almejamos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/espera-silenciosa.html">Ler o artigo completo</a><br> a dificil arte de ser artistaCarolina Vila Novahttp://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/autor/2017-05-18T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/04/a-dificil-arte-de-ser-artista.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/04/a-dificil-arte-de-ser-artista.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/04/a-dificil-arte-de-ser-artista.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “As pessoas sempre mencionam o quanto é difícil ser artista. Mas ninguém imagina o quanto é difícil para o artista não ser artista”. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/04/a-dificil-arte-de-ser-artista.html">Ler o artigo completo</a><br> a vida além da vida: uma teoria sobre a imortalidadeCharlote Clairehttp://obviousmag.org/a_dama_celebre/autor/2017-05-18T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/a_dama_celebre/2017/a-vida-alem-da-vida-a-crenca-no-homem-imortal.html <a href="http://obviousmag.org/a_dama_celebre/2017/a-vida-alem-da-vida-a-crenca-no-homem-imortal.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/a_dama_celebre/2017/a-vida-alem-da-vida-a-crenca-no-homem-imortal.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Desde a gênese da humanidade, há lendas que compõem uma crença indubitável na vida além da morte. O medo do purgatório e a teoria de um paraíso deixa claro que o homem tem certa necessidade de ser imortal. Todavia, existem diversos relatos ao redor do globo sobre as famosas EQMs que até hoje geram debates e servem de inspiração para séries de tv e filmes. <br><br><a href="http://obviousmag.org/a_dama_celebre/2017/a-vida-alem-da-vida-a-crenca-no-homem-imortal.html">Ler o artigo completo</a><br> amizade arbitrária Flávia Farhathttp://obviousmag.org/lumiere/autor/2017-05-18T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/lumiere/2017/amizade-arbitraria.html <a href="http://obviousmag.org/lumiere/2017/amizade-arbitraria.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/lumiere/2017/amizade-arbitraria.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Eu não queria ser como ela. Ela queria que eu fosse. <br><br><a href="http://obviousmag.org/lumiere/2017/amizade-arbitraria.html">Ler o artigo completo</a><br> resgate de memória: quem foi gilka machado?Adriana Calóhttp://obviousmag.org/coisas_de_dri/autor/2017-05-17T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/resgate-de-memoria-quem-foi-gilka-machado.html <a href="http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/resgate-de-memoria-quem-foi-gilka-machado.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/resgate-de-memoria-quem-foi-gilka-machado.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Neste artigo trago à luz uma grande poeta, infelizmente pouco conhecida, onde sua poesia, segundo Drummond, combinava “elementos simbolistas em sua formação, tinha também algo de misticismo, e às vezes acusava preocupações de ordem social, chegando a uma espécie de anarquismo romântico”, que merece sair das sombras da literatura brasileira. Afinal, viveu uma época na qual as mulheres eram confinadas à uma vida doméstica e recatada e rompeu com as barreiras do decoro público, chocou a sociedade ao escrever e publicar sobre as paixões e desejos proibidos à mulher. <br><br><a href="http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/resgate-de-memoria-quem-foi-gilka-machado.html">Ler o artigo completo</a><br> trabalho e exaustão: análise da música "capitão de indústria"Vanessa Trincheirahttp://obviousmag.org/borboletras/autor/2017-05-17T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/borboletras/2017/trabalho-e-exaustao-analise-da-musica-capitao-de-industria.html <a href="http://obviousmag.org/borboletras/2017/trabalho-e-exaustao-analise-da-musica-capitao-de-industria.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/borboletras/2017/trabalho-e-exaustao-analise-da-musica-capitao-de-industria.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A vida não é só trabalho, mas dá trabalho! Será que sempre paramos pra pensar o quanto o trabalho nos consome? porque sem ele não se come, mas se não é pra ter lazer, não temos muito o que fazer. As vezes o trabalho "indignifica" o homem! <br><br><a href="http://obviousmag.org/borboletras/2017/trabalho-e-exaustao-analise-da-musica-capitao-de-industria.html">Ler o artigo completo</a><br> a visão essencialista (e cínica) em relação aos povos indígenasWallace Pantojahttp://lounge.obviousmag.org/espacialidade/autor/2017-05-17T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/espacialidade/2017/04/a-visao-essencialista-e-cinica-em-relacao-aos-indigenas.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/espacialidade/2017/04/a-visao-essencialista-e-cinica-em-relacao-aos-indigenas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/espacialidade/2017/04/a-visao-essencialista-e-cinica-em-relacao-aos-indigenas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nossa visão sobre os povos indígenas brasileiros é politicamente estratégica: ao decretarmos o que é um índio verdadeiro - um tipo de duende da floresta paralisado no tempo - negamos que tais povos possam viver no espaço contemporâneo e, portanto, negamos a legitimidade das suas lutas por território, pelos seus lugares geossimbólicos e por um projeto de futuro sociodiverso realizável. Negamos também que possam utilizar todo o aparato técnico disponível na sua luta em um país que os empurra, com nossa conivência, ao abismo. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/espacialidade/2017/04/a-visao-essencialista-e-cinica-em-relacao-aos-indigenas.html">Ler o artigo completo</a><br> as experimentações do fimJaqueson Luiz Silvahttp://obviousmag.org/roteiro_77/autor/2017-05-17T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/roteiro_77/2017/as-experimentacoes-do-fim.html <a href="http://obviousmag.org/roteiro_77/2017/as-experimentacoes-do-fim.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/roteiro_77/2017/as-experimentacoes-do-fim.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O fim parece ser a parte mais difícil de alguma coisa. Se o princípio de um prazer instaura uma ansiedade, seu fim, a tristeza. A intolerável percepção da finitude das coisas, de nós mesmos, das pessoas que amamos, de uma história de amor. Mais difícil ainda parece ser o enfrentamento desse fim, lidar com a sua realidade. Mais ainda, no coração mesmo da angústia, escolher passar pelo fim. Ou pior, escolher atravessar a aceitação desse fim. Talvez não haja atitude mais deliberativa e ética do que escolher e aceitar o fim das coisas. <br><br><a href="http://obviousmag.org/roteiro_77/2017/as-experimentacoes-do-fim.html">Ler o artigo completo</a><br> verdade: palavra com efeito de mutaçãoKamila Alveshttp://obviousmag.org/provocacoes_literarias/autor/2017-05-17T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/provocacoes_literarias/2017/a-verdade-palavra-com-efeito-de-mutacao.html <a href="http://obviousmag.org/provocacoes_literarias/2017/a-verdade-palavra-com-efeito-de-mutacao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/provocacoes_literarias/2017/a-verdade-palavra-com-efeito-de-mutacao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O presente texto retrata sobre a versatilidade da verdade e seu lugar no contemporâneo. <br><br><a href="http://obviousmag.org/provocacoes_literarias/2017/a-verdade-palavra-com-efeito-de-mutacao.html">Ler o artigo completo</a><br> os novos caminhos da música brasileira. ou: uma crítica à nova mpbEstevão Júniorhttp://obviousmag.org/diario_da_plebe/autor/2017-05-16T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/diario_da_plebe/2017/os-novos-caminhos-da-musica-brasileira.html <a href="http://obviousmag.org/diario_da_plebe/2017/os-novos-caminhos-da-musica-brasileira.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/diario_da_plebe/2017/os-novos-caminhos-da-musica-brasileira.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Mas afinal que diabos houve com a nossa música? <br><br><a href="http://obviousmag.org/diario_da_plebe/2017/os-novos-caminhos-da-musica-brasileira.html">Ler o artigo completo</a><br> não olhe pra trás ou olhe de novo?Ana Carolina Garciahttp://lounge.obviousmag.org/caleidoscopio_cultural/autor/2017-05-16T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/caleidoscopio_cultural/2017/05/nao-olhe-pra-tras-ou-olhe-de-novo.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/caleidoscopio_cultural/2017/05/nao-olhe-pra-tras-ou-olhe-de-novo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/caleidoscopio_cultural/2017/05/nao-olhe-pra-tras-ou-olhe-de-novo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> 'Não Olhe pra Trás' é um filme estreado pelo grande Al Pacino baseado em uma história real que nos convida a reflexão quando acompanhamos Danny Collins passar por uma crise existencial e reavaliar seu papel não só como músico, mas como ser humano. Sempre estamos em tempo de viver a vida que queremos viver? <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/caleidoscopio_cultural/2017/05/nao-olhe-pra-tras-ou-olhe-de-novo.html">Ler o artigo completo</a><br> os crimes contra a propriedade intelectualTOLEDO, R.R.http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/autor/2017-05-16T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/os-crimes-contra-a-propriedade-intelectual.html <a href="http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/os-crimes-contra-a-propriedade-intelectual.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/os-crimes-contra-a-propriedade-intelectual.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A propriedade intelectual é um segmento tão abstrato que há enorme dificuldade da sociedade civil em associar e imputar qualquer crime contra ele. Neste artigo discute-se prioritariamente o crime de plágio, mais comum no Ensino Superior e na Ciência. <br><br><a href="http://obviousmag.org/essa_metamorfose_ambulante/2017/os-crimes-contra-a-propriedade-intelectual.html">Ler o artigo completo</a><br> porque hoje tá difícilJHONS CASSIMIROhttp://lounge.obviousmag.org/above_all/autor/2017-05-16T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/above_all/2017/04/porque-hoje-ta-dificil.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/above_all/2017/04/porque-hoje-ta-dificil.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/above_all/2017/04/porque-hoje-ta-dificil.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sobre aqueles dias em que percebemos o quão difícil está sendo viver rodeado de coisas idiotas, das quais nós também somos integrantes. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/above_all/2017/04/porque-hoje-ta-dificil.html">Ler o artigo completo</a><br>