obviousUm olhar mais demorado...2017-09-20T08:32:00+00:00Movable Type 4.34-entag:obviousmag.org,2011://2o de tomaso pantera - um híbrido italiano e norte-americanoAlexandre Belucohttp://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/autor/2017-09-20T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/de-tomaso-pantera.html <a href="http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/de-tomaso-pantera.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/de-tomaso-pantera.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O Pantera foi um super esportivo produzido pela De Tomaso entre 1971 e 1992, reunindo o melhor de dois mundos. Apresentava um design italiano, com motor em posição central traseira, com linhas relativamente fluidas (dentro de seu estilo) em um perfil baixo e com boa dirigibilidade. E era impulsionado por um poderoso e volumoso motor V8 produzido pela norte-americana Ford. <br><br><a href="http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/de-tomaso-pantera.html">Ler o artigo completo</a><br> a literatura da distopiasergio colettohttp://obviousmag.org/archives/colaboradores/sergiocoletto/2017-09-20T01:31:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/01/a_literatura_da_distopia.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/01/a_literatura_da_distopia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/01/a_literatura_da_distopia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Foram necessários romances que mostravam bárbaros regimes totalitários, fábulas com porcos, gangues violentas, controle biológico, uso indiscriminado de drogas e queima de livros para finalmente entendermos como era impraticável o modelo de utopia construído há alguns séculos atrás. Por isso são tão importantes os autores de "1984", "Laranja Mecânica", "Admirável Mundo Novo" e "Farenheit 451". <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/01/a_literatura_da_distopia.html">Ler o artigo completo</a><br> vesperata é música e cultura histórica no mesmo tomProfeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-09-20T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/vesperata-e-musica-e-cultura-historica.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/vesperata-e-musica-e-cultura-historica.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/vesperata-e-musica-e-cultura-historica.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sem dá-los como verdade absoluta, comentam por aí que quem não dança, embala o recém-nascido. Ora, segundo os maestros que regem a trilha sonora do cotidiano, realmente, o menos ruim é dançar para não dançar. E para os simples mortais, que não são pés-de-valsa e se recusam a embalar a criança, o que fazer? <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/vesperata-e-musica-e-cultura-historica.html">Ler o artigo completo</a><br> afaste-se de quem fizer você se sentir como alguém que não vale a penaMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-09-20T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/afaste-se-de-quem-fizer-voce-se-sentir-como-alguem-que-nao-vale-a-pena.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/afaste-se-de-quem-fizer-voce-se-sentir-como-alguem-que-nao-vale-a-pena.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/afaste-se-de-quem-fizer-voce-se-sentir-como-alguem-que-nao-vale-a-pena.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Afaste-se de quem fizer você se sentir como alguém que não vale a pena, porque você sempre valerá muito, sim, para quem enxergar todas as suas qualidades, entender todas as suas manias, rir junto das mesmas bobagens, entrelaçando as mãos às suas, entrelaçando a alma à sua. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/afaste-se-de-quem-fizer-voce-se-sentir-como-alguem-que-nao-vale-a-pena.html">Ler o artigo completo</a><br> hannibal lecter: para além de um psicopataRenam Larentishttp://obviousmag.org/caixa_quadrada/autor/2017-09-19T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/caixa_quadrada/2017/hannibal-lecter-para-alem-de-um-psicopata.html <a href="http://obviousmag.org/caixa_quadrada/2017/hannibal-lecter-para-alem-de-um-psicopata.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/caixa_quadrada/2017/hannibal-lecter-para-alem-de-um-psicopata.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Hannibal vai além de uma série sobre um canibal com transtorno de personalidade antissocial, buscando temáticas filosóficas e temidas por parcela da sociedade. Vale a pena assistir! <br><br><a href="http://obviousmag.org/caixa_quadrada/2017/hannibal-lecter-para-alem-de-um-psicopata.html">Ler o artigo completo</a><br> american life - um álbum consciente e honestoGabrielly Rezendehttp://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/autor/2017-09-19T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/2017/american-life---um-album-consciente-honesto-e-comovente.html <a href="http://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/2017/american-life---um-album-consciente-honesto-e-comovente.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/2017/american-life---um-album-consciente-honesto-e-comovente.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Todos já ouviram falar de Madonna em algum momento, em algum site de fofocas e todos nós já ouvimos uma música dessa artista. Com muita coragem, ousadia e talento ela enfrentou o padrão e trouxe inovações para a música, moda, etc. Sempre escrevendo músicas que tragam mensagens e que proporcionem uma reflexão, o álbum American Life foi o “dedo na ferida”. Lançado em uma época delicada politicamente e socialmente, Madonna não fez um trabalho dançante, animado, digno das pistas de dança. Dessa vez, a preocupação com o presente e a conscientização são os temas centrais nesse álbum tão bonito, lúcido e tocante. <br><br><a href="http://obviousmag.org/a_bela_e_ela_mesma/2017/american-life---um-album-consciente-honesto-e-comovente.html">Ler o artigo completo</a><br> magos, bruxos e druidas também morrem!Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-09-19T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/magos-bruxos-e-druidas-tambem-morrem.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/magos-bruxos-e-druidas-tambem-morrem.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/magos-bruxos-e-druidas-tambem-morrem.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Momento de introspecção sonora é quando levado pelas lufadas de vento, o pássaro voa, "Voa alto, pássaro azul"; e após desenhar vários círculos coloridos e levitantes ao redor do céu, volta à Terra assoviando as notas canoras do melhor ROCK PROGRESSIVO do (que) UNI poesia, filosofia, literatura, Natureza, mitologia, história, em prosa e VERSO. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/magos-bruxos-e-druidas-tambem-morrem.html">Ler o artigo completo</a><br> tieta do agreste, tua luz é toda nossaBia Lopeshttp://obviousmag.org/entre_inquietacoes/autor/2017-09-19T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/tieta-do-agreste-tua-luz-e-toda-nossa.html <a href="http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/tieta-do-agreste-tua-luz-e-toda-nossa.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/tieta-do-agreste-tua-luz-e-toda-nossa.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma pequena cidade, uma grande mulher. Tieta está para o Agreste como Madonna para o mundo: revolucionária, questionadora, à frente de seu tempo. E, claro, assim como uns se encantam, outros se chocam, afinal, uma mulher que se recusa a seguir os padrões e convenções sociais é uma pedra no sapato dos velhos defensores da moral e dos bons costumes. Mas o que realmente são a moral e os bons costumes? <br><br><a href="http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/tieta-do-agreste-tua-luz-e-toda-nossa.html">Ler o artigo completo</a><br> o engajamento social em forma de literatura no brasilAnderson Guerreirohttp://obviousmag.org/literatura_cinema/autor/2017-09-18T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/literatura_cinema/2017/o-engajamento-social-em-forma-de-literatura-no-brasil.html <a href="http://obviousmag.org/literatura_cinema/2017/o-engajamento-social-em-forma-de-literatura-no-brasil.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/literatura_cinema/2017/o-engajamento-social-em-forma-de-literatura-no-brasil.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Diversos escritores têm produzido um tipo de literatura comprometida não somente com o estético, com o entretenimento, mas também com os problemas sociais presentes de forma injusta, desumana e injustificável nas sociedades e que poucas vezes vêm à tona. A isso, denominamos literatura engajada, também conhecida como literatura denúncia, a muito praticada tanto em séculos passados quanto atualmente. <br><br><a href="http://obviousmag.org/literatura_cinema/2017/o-engajamento-social-em-forma-de-literatura-no-brasil.html">Ler o artigo completo</a><br> george harrison... rara sensibilidadeGCostahttp://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/autor/2017-09-18T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2017/george-harrison.html <a href="http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2017/george-harrison.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2017/george-harrison.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "All Things Must Pass" é o nome do primeiro álbum solo do ex-guitarrista de George Harrison, e o primeiro após a separação da sua antiga banda. Foi também o primeiro álbum triplo a ser lançado por um único artista.George Harrison musico de rara sensibilidade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2017/george-harrison.html">Ler o artigo completo</a><br> últimos dias em havana: conflitos e separaçõesFernanda Villas Boashttp://obviousmag.org/imagens_e_palavras/autor/2017-09-18T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/09/ultimos-dias-em-havana-conflitos-e-separacoes.html <a href="http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/09/ultimos-dias-em-havana-conflitos-e-separacoes.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/09/ultimos-dias-em-havana-conflitos-e-separacoes.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Últimos Dias em Havana dirigido por Fernando Pérez (2017), que também é roteirista do longa ao lado de Abel Rodríguez, é estrelado por Patricio Wood e Jorge Martínez e retrata as dificuldades vividas pelos habitantes de Cuba nos dias atuais e o desejo de muitos de seus habitantes de emigrar para os Estados Unidos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/imagens_e_palavras/2017/09/ultimos-dias-em-havana-conflitos-e-separacoes.html">Ler o artigo completo</a><br> três gargantas não é a maior do mundo em todos os quesitosAlexandre Belucohttp://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/autor/2017-09-18T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/usina-hidreletrica-de-tres-gargantas.html <a href="http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/usina-hidreletrica-de-tres-gargantas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/usina-hidreletrica-de-tres-gargantas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A Usina Hidrelétrica de Três Gargantas (localizada no rio Yang-tsé, na China) foi inaugurada em 2012, após um longo período de amadurecimento do projeto e de construção, e seus números são todos surpreendentes. Seu reservatório, por exemplo, tem capacidade para quase 40 quilômetros cúbicos de água e, quando cheio, pode atrasar a duração do dia terrestre em 0,06 segundo. <br><br><a href="http://obviousmag.org/horizonte_de_eventos/2017/usina-hidreletrica-de-tres-gargantas.html">Ler o artigo completo</a><br> it - a coisaItalo Lobohttp://lounge.obviousmag.org/monolito_azul/autor/2017-09-18T01:19:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/monolito_azul/2017/09/it---a-coisa.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/monolito_azul/2017/09/it---a-coisa.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/monolito_azul/2017/09/it---a-coisa.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Comentários sobre a obra de King e sua mais nova releitura. Sobre a versão original também. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/monolito_azul/2017/09/it---a-coisa.html">Ler o artigo completo</a><br> há ainda como ser flâneur?Bruno Limahttp://obviousmag.org/filosofia_tecnologia_arte_e_pensamento/autor/2017-09-18T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/filosofia_tecnologia_arte_e_pensamento/2017/ha-possibilidade-de-ser-flaneur-na-sociedade-do-smartphone.html <a href="http://obviousmag.org/filosofia_tecnologia_arte_e_pensamento/2017/ha-possibilidade-de-ser-flaneur-na-sociedade-do-smartphone.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/filosofia_tecnologia_arte_e_pensamento/2017/ha-possibilidade-de-ser-flaneur-na-sociedade-do-smartphone.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O olhar reto e o pescoço que gira X o olhar para baixo e o pescoço parado. <br><br><a href="http://obviousmag.org/filosofia_tecnologia_arte_e_pensamento/2017/ha-possibilidade-de-ser-flaneur-na-sociedade-do-smartphone.html">Ler o artigo completo</a><br> vai doer muito, às vezes, mas teremos que seguirMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-09-18T01:17:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/vai-doer-muito-as-vezes-mas-teremos-que-seguir.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/vai-doer-muito-as-vezes-mas-teremos-que-seguir.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/vai-doer-muito-as-vezes-mas-teremos-que-seguir.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A gente não pode parar. A gente tem que prosseguir. Mesmo que julguem, condenem, derrubem, mintam. Ainda que escureça, que chova, que nos digam não, nunca, impossível. Temos que seguir, pela família, por quem nos ama, por quem amamos, por nós mesmos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/vai-doer-muito-as-vezes-mas-teremos-que-seguir.html">Ler o artigo completo</a><br> a escrita contemplativa de madre teresa de calcutáKaroline de Carvalhohttp://obviousmag.org/a_literatura_vivendo_em_mim/autor/2017-09-16T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/a_literatura_vivendo_em_mim/2017/a-escrita-contemplativa-de-madre-tereza-de-calcuta-1.html <a href="http://obviousmag.org/a_literatura_vivendo_em_mim/2017/a-escrita-contemplativa-de-madre-tereza-de-calcuta-1.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/a_literatura_vivendo_em_mim/2017/a-escrita-contemplativa-de-madre-tereza-de-calcuta-1.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um registro sobre os escritos da vencedora do Prêmio Nobel da Paz. <br><br><a href="http://obviousmag.org/a_literatura_vivendo_em_mim/2017/a-escrita-contemplativa-de-madre-tereza-de-calcuta-1.html">Ler o artigo completo</a><br> 3 filmes poéticos de oswaldo montenegroAdriana Calóhttp://obviousmag.org/coisas_de_dri/autor/2017-09-16T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/reflexao-poesia-e-cancao-3-filmes-sensiveis-de-oswaldo-montenegro.html <a href="http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/reflexao-poesia-e-cancao-3-filmes-sensiveis-de-oswaldo-montenegro.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/reflexao-poesia-e-cancao-3-filmes-sensiveis-de-oswaldo-montenegro.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Que as palavras que falo não sejam ouvidas como prece, nem repetidas com fervor; Apenas respeitadas, como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos...” <br><br><a href="http://obviousmag.org/coisas_de_dri/2017/reflexao-poesia-e-cancao-3-filmes-sensiveis-de-oswaldo-montenegro.html">Ler o artigo completo</a><br> a serenidade que começa aos 30Elsa Afonsohttp://obviousmag.org/caderno_amarelo/autor/2017-09-16T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/caderno_amarelo/2017/a-serenidade-que-comeca-aos-30.html <a href="http://obviousmag.org/caderno_amarelo/2017/a-serenidade-que-comeca-aos-30.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/caderno_amarelo/2017/a-serenidade-que-comeca-aos-30.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Então sejamos sinceros, ter 30 é melhor do que ter 20. Não porque tenhamos tudo aquilo que não tínhamos aos 20, mas porque sabemos lidar com o que temos e, principalmente, com o que nos falta. Encaramos tudo com mais calma. Temos a mesma vontade e a mesma energia, mas sabemos onde usá-la e como não a desperdiçar. <br><br><a href="http://obviousmag.org/caderno_amarelo/2017/a-serenidade-que-comeca-aos-30.html">Ler o artigo completo</a><br> dê pressãoAhashttp://lounge.obviousmag.org/weltschmerz/autor/2017-09-16T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/weltschmerz/2017/09/de-pressao-2.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/weltschmerz/2017/09/de-pressao-2.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/weltschmerz/2017/09/de-pressao-2.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> pressione o debate sobre o suicídio <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/weltschmerz/2017/09/de-pressao-2.html">Ler o artigo completo</a><br> pornopopeia, de reinaldo moraes: a boca do lixo nunca foi tão engraçada (e bem escrita)Julian Barghttp://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/autor/2017-09-16T01:19:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/09/pornopopeia-de-reinaldo-moraes-a-boca-do-lixo-nunca-foi-tao-engracada-e-bem-escrita.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/09/pornopopeia-de-reinaldo-moraes-a-boca-do-lixo-nunca-foi-tao-engracada-e-bem-escrita.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/09/pornopopeia-de-reinaldo-moraes-a-boca-do-lixo-nunca-foi-tao-engracada-e-bem-escrita.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Mas afinal? Pornopopeia é pornografia ou não é? Vamos fazer o seguinte: se você se masturbar lendo, é. Se não, não. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/09/pornopopeia-de-reinaldo-moraes-a-boca-do-lixo-nunca-foi-tao-engracada-e-bem-escrita.html">Ler o artigo completo</a><br> chantagem emocional: a mais sutil forma de violênciaSílvia Marqueshttp://obviousmag.org/cinema_pensante/autor/2017-09-16T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/09/a-sindrome-da-boa-moca-tome-cuidado.html <a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/09/a-sindrome-da-boa-moca-tome-cuidado.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/09/a-sindrome-da-boa-moca-tome-cuidado.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Algumas pessoas vivem levando em consideração os sentimentos alheios , mas muitas vezes , são as mais desrespeitadas e desconsideradas pelos outros. Vivem no centro de saias justas , de situações constrangedoras e tendem a sentir muita culpa quando conseguem dizer um não, mesmo percebendo que o outro está fazendo um joguinho emocional. Muitas vezes, as pessoas mais carinhosas , as que mais merecem a gentileza alheia pois elas mesmas vivem fazendo gentilezas, são as mais cobradas pelas pessoas, são aquelas que recebem menos gentilezas pois lá no fundo os outros sabem que estas pessoas estão sempre prontas a entender e a aceitar. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/09/a-sindrome-da-boa-moca-tome-cuidado.html">Ler o artigo completo</a><br> os gatos nos ensinam que o amor de verdade sempre volta para casaMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-09-16T01:17:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/os-gatos-nos-ensinam-que-o-amor-de-verdade-sempre-volta-para-casa.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/os-gatos-nos-ensinam-que-o-amor-de-verdade-sempre-volta-para-casa.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/os-gatos-nos-ensinam-que-o-amor-de-verdade-sempre-volta-para-casa.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Aprendo, a cada dia, que amor é o que faz a gente retornar, por mais que a gente se ausente, por mais que o tempo passe, por mais que demore essa volta. O amor é livre, o amor passeia por aí e nem por isso deixa de ser fiel. Amor é laço que não aperta. É confiança no outro, enquanto ele está longe de nossos olhos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/os-gatos-nos-ensinam-que-o-amor-de-verdade-sempre-volta-para-casa.html">Ler o artigo completo</a><br> the gift - música para os ouvidosDaniela Monteiro Torreshttp://obviousmag.org/palavras_na_barriga/autor/2017-09-15T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/palavras_na_barriga/2017/09/the-gift---musica-para-os-ouvidos.html <a href="http://obviousmag.org/palavras_na_barriga/2017/09/the-gift---musica-para-os-ouvidos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/palavras_na_barriga/2017/09/the-gift---musica-para-os-ouvidos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma das maiores bandas Portuguesas, trazem ao mundo mais um extraordinário álbum, que alegra os dias de quem já o ouviu. <br><br><a href="http://obviousmag.org/palavras_na_barriga/2017/09/the-gift---musica-para-os-ouvidos.html">Ler o artigo completo</a><br> big little lies, dramas do universo femininoBia Lopeshttp://obviousmag.org/entre_inquietacoes/autor/2017-09-15T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/big-little-lies-dramas-do-universo-feminino.html <a href="http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/big-little-lies-dramas-do-universo-feminino.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/big-little-lies-dramas-do-universo-feminino.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Para quem gosta de acompanhar séries e não tem muito tempo para vê-las é uma ótima pedida: Big Little Lies tem até agora apenas uma temporada com 7 episódios que, cá entre nós, valem muito o nosso tempo. Sem grandes focos em romance e sem lembrar comédias românticas, a série fala ainda sobre traição, culpa, sexo e muitos dos conflitos vividos por nós, mulheres, além de nos fazer refletir sobre o que realmente vale a pena na vida. <br><br><a href="http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/big-little-lies-dramas-do-universo-feminino.html">Ler o artigo completo</a><br> caça às bruxas à escandinavaRoberto Bíscarohttp://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/autor/2017-09-15T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/caca-as-bruxas-a-escandinava.html <a href="http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/caca-as-bruxas-a-escandinava.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/caca-as-bruxas-a-escandinava.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O filme finlandês A Noiva do Diabo já vale se servir para lembrar que a caça às bruxas não foi fenômeno apenas católico e medieval <br><br><a href="http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/caca-as-bruxas-a-escandinava.html">Ler o artigo completo</a><br> se você a ama, faça dela a sua prioridadeMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-09-15T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/se-voce-a-ama-faca-dela-a-sua-prioridade.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/se-voce-a-ama-faca-dela-a-sua-prioridade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/se-voce-a-ama-faca-dela-a-sua-prioridade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Se você a ama, ela tem que se sentir amada, tem que ter a certeza de que poderá contar com você, não o tempo todo, mas sempre que o seu coração pedir, quando a dor vier, quando o mundo desabar. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/se-voce-a-ama-faca-dela-a-sua-prioridade.html">Ler o artigo completo</a><br> o ser humano como artista de siMatheus Arcarohttp://lounge.obviousmag.org/poetica_do_desassossego/autor/2017-09-15T01:18:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/poetica_do_desassossego/2017/09/o-ser-humano-como-artista-de-si.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/poetica_do_desassossego/2017/09/o-ser-humano-como-artista-de-si.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/poetica_do_desassossego/2017/09/o-ser-humano-como-artista-de-si.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Para Nietzsche, sofrimento e dor podem ser o material para grandes obras. O ser humano, ao mesmo tempo, como artista e obra de arte <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/poetica_do_desassossego/2017/09/o-ser-humano-como-artista-de-si.html">Ler o artigo completo</a><br> sobre moda e tecnologiaLuciana Kuchiki Vilarhttp://obviousmag.org/rg_proprio/autor/2017-09-15T01:17:00-07:00http://obviousmag.org/rg_proprio/2017/sobre-moda-e-tecnologia.html <a href="http://obviousmag.org/rg_proprio/2017/sobre-moda-e-tecnologia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/rg_proprio/2017/sobre-moda-e-tecnologia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quando se pensa em tecnologia na moda o que logo vem à cabeça são cenários futuristas, roupas inteligentes e interativas, ou o figurino de alguns filmes clássicos de ficção que bateram recorde de bilheteria. Porém, nada de concreto. Afinal, o que se pode esperar de inovação tecnológica na indústria da moda no século XXI, hoje, onde o futuro já chegou. <br><br><a href="http://obviousmag.org/rg_proprio/2017/sobre-moda-e-tecnologia.html">Ler o artigo completo</a><br> as obras da danse macabreGraziele Limahttp://obviousmag.org/graziele_lima/autor/2017-09-14T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/graziele_lima/2017/as-obras-da-danse-macabre.html <a href="http://obviousmag.org/graziele_lima/2017/as-obras-da-danse-macabre.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/graziele_lima/2017/as-obras-da-danse-macabre.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> As representações da Dança Macabra colocam a própria Morte como uma pessoa que conduz os mais diversos personagens à caminho de seus próprios túmulos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/graziele_lima/2017/as-obras-da-danse-macabre.html">Ler o artigo completo</a><br> a leste do éden, de john steinbeck: o pesadelo de ser humanoJulian Barghttp://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/autor/2017-09-14T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/08/a-leste-do-eden-de-john-steinbeck-o-pesadelo-de-ser-humano.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/08/a-leste-do-eden-de-john-steinbeck-o-pesadelo-de-ser-humano.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/08/a-leste-do-eden-de-john-steinbeck-o-pesadelo-de-ser-humano.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Se em As vinhas da ira o pesadelo americano era político, em A leste do Éden John Steinbeck humaniza o sofrimento e o transforma em uma questão universal. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/08/a-leste-do-eden-de-john-steinbeck-o-pesadelo-de-ser-humano.html">Ler o artigo completo</a><br> macaco bong, interessantemente arriscadoGCostahttp://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/autor/2017-09-14T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2017/macaco.html <a href="http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2017/macaco.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2017/macaco.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Interessantemente arriscado...versão do disco Nevermind do Nirvana, alterando significativamente os arranjos, dando características novas e sem vocal. <br><br><a href="http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2017/macaco.html">Ler o artigo completo</a><br> wesley d'amico e a arte do fogoAna Carol Rodrigueshttp://obviousmag.org/pausas/autor/2017-09-14T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/pausas/2017/wesley-damico-e-a-arte-do-fogo.html <a href="http://obviousmag.org/pausas/2017/wesley-damico-e-a-arte-do-fogo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pausas/2017/wesley-damico-e-a-arte-do-fogo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Versátil, criativo, mecânico e autodidata. É dessa mistura, somada a momentos e sentimentos que nascem quadros em miniatura, telas que não queimam, poemas, esculturas e outras "loucuras" de um artista cheio de vitalidade e cor. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pausas/2017/wesley-damico-e-a-arte-do-fogo.html">Ler o artigo completo</a><br> a porta entreaberta Ellen Pederçanehttp://obviousmag.org/brincando_com_letras/autor/2017-09-14T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/a-porta-entreaberta.html <a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/a-porta-entreaberta.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/a-porta-entreaberta.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Abrimos a porta de nossa morada sem atentar para quem entra. Uns ficam, outros vão, outros aparecem apenas para nos roubar o que lhes for interessante. Não estaríamos sendo negligentes? É preciso estar atento há quem nos bate a porta. <br><br><a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/a-porta-entreaberta.html">Ler o artigo completo</a><br> tem gente que te abraça e te reiniciaMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-09-14T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/tem-gente-que-te-abraca-e-te-reinicia.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/tem-gente-que-te-abraca-e-te-reinicia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/tem-gente-que-te-abraca-e-te-reinicia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Tem gente que é tão especial, que chega a doer dentro do peito, de tanto que é querida. Gente que se doa, que chega do nada e muda tudo, que sorri com uma capacidade ímpar de contagiar quem quer que seja. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/tem-gente-que-te-abraca-e-te-reinicia.html">Ler o artigo completo</a><br> a contribuição de geraldo vandré para o instrumental jazz/bossa brasil Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-09-13T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/a-contribuicao-de-geraldo-vandre-para-o-instrumental-jazzbossa-brasil.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/a-contribuicao-de-geraldo-vandre-para-o-instrumental-jazzbossa-brasil.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/a-contribuicao-de-geraldo-vandre-para-o-instrumental-jazzbossa-brasil.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> No contexto geral, o jazz/bossa é um estilo elitista e conceitualmente, além da pouca ligação com os demais gêneros musicais, diferenciado. Em razão disto, para entender a fundo de jazz, somente sendo musicista/jazzista; no entanto, para os desentendidos no assunto, como quem escreve este, em meados de 1960 houve um genialíssimo quarteto musical que deu o que falar nos minguados espaços alternativos. E após apurada toda falação, restou o silêncio de um disco que é o ápice da música instrumental brasileira. Vale o sacrifício de ler sobre e antes que adormeça de vez nos monturos do esquecimento, ouvi-lo mais ainda... <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/09/a-contribuicao-de-geraldo-vandre-para-o-instrumental-jazzbossa-brasil.html">Ler o artigo completo</a><br> ghost rider, de neil peart: a estrada da curaJulian Barghttp://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/autor/2017-09-13T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/09/ghost-rider-de-neil-peart-a-estrada-da-cura.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/09/ghost-rider-de-neil-peart-a-estrada-da-cura.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/09/ghost-rider-de-neil-peart-a-estrada-da-cura.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Seja você um fã do Rush ou não, se for um apreciador de literatura certamente reconhecerá neste livro um grande talento, uma grande história – mesmo que escondida – e uma grande lição de vida que, sem tentar ensinar nada a ninguém, tem o poder de ensinar muito mais do que podemos aprender em uma única leitura. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/09/ghost-rider-de-neil-peart-a-estrada-da-cura.html">Ler o artigo completo</a><br> como cultivamos o desamor?Jéssica Buenohttp://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/autor/2017-09-13T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/2017/a-culpa-e-o-desamor-em-cem-anos-de-solidao.html <a href="http://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/2017/a-culpa-e-o-desamor-em-cem-anos-de-solidao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/2017/a-culpa-e-o-desamor-em-cem-anos-de-solidao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Como poderiam dois jovens casados em nome do amor e contrários a tudo, deixar assim, tão depressa, o desamor se alojar em sua pequena casa? Úrsula e Arcadio provavelmente levaram para sua nova morada, o desamor, pendurado na calda do vestido da noiva, costurado por sua mãe. <br><br><a href="http://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/2017/a-culpa-e-o-desamor-em-cem-anos-de-solidao.html">Ler o artigo completo</a><br> a identidade e o vazioDaniel Viannahttp://obviousmag.org/ajanela/autor/2017-09-13T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/ajanela/2017/a-identidade-e-o-vazio.html <a href="http://obviousmag.org/ajanela/2017/a-identidade-e-o-vazio.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ajanela/2017/a-identidade-e-o-vazio.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ao nos confundirmos com o objeto, perdemos também o controle sobre o verbo. O sujeito, então, se torna inexistente. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ajanela/2017/a-identidade-e-o-vazio.html">Ler o artigo completo</a><br> dê uma chance a bingoMárcio Chocorosquihttp://lounge.obviousmag.org/leve_no_temporal/autor/2017-09-13T01:18:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/leve_no_temporal/2017/08/de-uma-chance-a-bingo.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/leve_no_temporal/2017/08/de-uma-chance-a-bingo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/leve_no_temporal/2017/08/de-uma-chance-a-bingo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ir ao cinema hoje em dia é padecer numa lista de filmes padronizados. Eles seguem a receita norte-americana cuja ênfase está nos efeitos visuais e na técnica para obtenção do lucro. São raros os filmes que fogem a essa regra e investem no conteúdo. Qual filme escolher? Será que “Bingo, o Rei das Manhãs” merece uma chance? <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/leve_no_temporal/2017/08/de-uma-chance-a-bingo.html">Ler o artigo completo</a><br> ame por amor e não por medo de ficar sóMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-09-13T01:17:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/ame-por-amor-e-nao-por-medo-de-ficar-so.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/ame-por-amor-e-nao-por-medo-de-ficar-so.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/ame-por-amor-e-nao-por-medo-de-ficar-so.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Primeiro, comece a se divertir sozinho. Primeiro, amar a si mesmo.” (Osho) <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/ame-por-amor-e-nao-por-medo-de-ficar-so.html">Ler o artigo completo</a><br> a grande farsa da democraciaJoão Carlos Figueiredohttp://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/autor/2017-09-12T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/2017/08/a-grande-farsa-da-democracia-e-da-justica.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/2017/08/a-grande-farsa-da-democracia-e-da-justica.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/2017/08/a-grande-farsa-da-democracia-e-da-justica.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Cresci acreditando ser o Brasil um país jovem e, por isso, imaturo e incapaz de resolver seus problemas sozinho. Todas as nossas culpas poderiam ser atribuídas a Portugal, Holanda, Inglaterra e França, países que se aproveitaram de uma nação em formação para espoliar suas riquezas e realizar a mais covarde e dramática experiência de escravidão dos tempos modernos. Quando o processo escravagista já não mais atendia aos interesses coloniais <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/artefacto_artefoto/2017/08/a-grande-farsa-da-democracia-e-da-justica.html">Ler o artigo completo</a><br> live aid foi uma das ideias geniais do lado b da humanidade Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-09-12T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/08/live-aid-auxilio-ao-vivo-e-a-data-oficial-do-dia-do-rock.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/08/live-aid-auxilio-ao-vivo-e-a-data-oficial-do-dia-do-rock.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/08/live-aid-auxilio-ao-vivo-e-a-data-oficial-do-dia-do-rock.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “A pior das loucuras é, sem dúvida, tentar ser sensato em um mundo de loucos.” - Erasmo de Rotterdam <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/08/live-aid-auxilio-ao-vivo-e-a-data-oficial-do-dia-do-rock.html">Ler o artigo completo</a><br> gabriela, cravo e canela Caroline Fortunatohttp://obviousmag.org/desnudando/autor/2017-09-12T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/desnudando/2017/gabriela-cravo-e-canela.html <a href="http://obviousmag.org/desnudando/2017/gabriela-cravo-e-canela.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/desnudando/2017/gabriela-cravo-e-canela.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Meras reflexões. <br><br><a href="http://obviousmag.org/desnudando/2017/gabriela-cravo-e-canela.html">Ler o artigo completo</a><br> ensaio sobre serEllen Pederçanehttp://obviousmag.org/brincando_com_letras/autor/2017-09-12T01:19:00-07:00http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/ensaio-sobre-ser.html <a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/ensaio-sobre-ser.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/ensaio-sobre-ser.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> “Sem se preparar para a possibilidade de fazer escolhas erradas, é difícil haver uma forma de perseverar na busca da escolha certa.” Zygmunt Bauman <br><br><a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/ensaio-sobre-ser.html">Ler o artigo completo</a><br> quando o amor é uma batalhaKaroline Dureggerhttp://obviousmag.org/por_amor_as_causas_perdidas/autor/2017-09-12T01:18:00-07:00http://obviousmag.org/por_amor_as_causas_perdidas/2017/amor-nao-e-guerra.html <a href="http://obviousmag.org/por_amor_as_causas_perdidas/2017/amor-nao-e-guerra.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/por_amor_as_causas_perdidas/2017/amor-nao-e-guerra.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Algumas pessoas aprenderam a amar de forma dolorida. Por algum motivo o amor não veio a eles, e existe um vazio muito grande em seus corações, mas eles necessitam preenchê-lo, porém, quando tentam, machucam e são machucados repetitivamente. Se um dia encontrar alguma dessas pessoas, lembre-se que o seu maior desejo é ser amado. <br><br><a href="http://obviousmag.org/por_amor_as_causas_perdidas/2017/amor-nao-e-guerra.html">Ler o artigo completo</a><br> sexo e sexualidadeDênis Athanáziohttp://obviousmag.org/denis_athanazio/autor/2017-09-12T01:17:00-07:00http://obviousmag.org/denis_athanazio/2017/sexo-e-sexualidade.html <a href="http://obviousmag.org/denis_athanazio/2017/sexo-e-sexualidade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/denis_athanazio/2017/sexo-e-sexualidade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A sexualidade está diretamente relacionada à libido, isto é, à pulsão. Essa libido é a energia psíquica pulsante que nos motiva a levantar da cama, a encontrar um amor, a sentir prazer, a criar, pensar, cuidar, chorar, protestar por uma causa, se enraivecer, investir nossa atenção (não apenas com o objetivo de fazer sexo ou se reproduzir). Se pudesse resumir isso tudo, eu diria que é quando vivenciamos a eroticidade da vida em nossa própria vida. <br><br><a href="http://obviousmag.org/denis_athanazio/2017/sexo-e-sexualidade.html">Ler o artigo completo</a><br> a ética kantiana, moralidade vs. felicidadeAmanda Moura de Carvalhohttp://obviousmag.org/peripecias_da_vida/autor/2017-09-11T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/peripecias_da_vida/2017/a-etica-kantiana-moralidade-vs-felicidade.html <a href="http://obviousmag.org/peripecias_da_vida/2017/a-etica-kantiana-moralidade-vs-felicidade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/peripecias_da_vida/2017/a-etica-kantiana-moralidade-vs-felicidade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Pretende-se fazer uma breve explanação sobre a relação entre os conceitos ou vontade de dever moral desenvolvida na Fundamentação Metafísica dos Costumes de Kant, e por fim sua oposição as éticas teleológicas tradicionais, em especial a ética da felicidade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/peripecias_da_vida/2017/a-etica-kantiana-moralidade-vs-felicidade.html">Ler o artigo completo</a><br> o comunicar-se na era da revolução digitalKrevas Cobainhttp://obviousmag.org/sublime_uma_prosa_com_deuses_ou_com_voce_mesmo/autor/2017-09-11T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/sublime_uma_prosa_com_deuses_ou_com_voce_mesmo/2017/o-comunicar-se-na-era-da-revolucao-digital.html <a href="http://obviousmag.org/sublime_uma_prosa_com_deuses_ou_com_voce_mesmo/2017/o-comunicar-se-na-era-da-revolucao-digital.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/sublime_uma_prosa_com_deuses_ou_com_voce_mesmo/2017/o-comunicar-se-na-era-da-revolucao-digital.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A revolução digital e seu paradigma na atual conjectura. A diferença entre educação e escolarização internas à essa revolução como norte para a evolução da sociedade como seres humanos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/sublime_uma_prosa_com_deuses_ou_com_voce_mesmo/2017/o-comunicar-se-na-era-da-revolucao-digital.html">Ler o artigo completo</a><br> o segredo de teus olhos capituMarina Zotessohttp://obviousmag.org/em_cada_esquina/autor/2017-09-11T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/em_cada_esquina/2017/o-segredo-de-teus-olhos-capitu.html <a href="http://obviousmag.org/em_cada_esquina/2017/o-segredo-de-teus-olhos-capitu.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/em_cada_esquina/2017/o-segredo-de-teus-olhos-capitu.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Bentinho pouco soube aproveitar a beleza e a paixão que Capitu trazia consigo no olhar. Preferiu entregar-se a lembranças e memórias de uma mente oculta a toda e qualquer resposta que lhe poderia ter sido dada, optou por viver sua própria escuridão. Perdeu-se então, a beleza do olhar. <br><br><a href="http://obviousmag.org/em_cada_esquina/2017/o-segredo-de-teus-olhos-capitu.html">Ler o artigo completo</a><br> o que você aprendeu com as pequenas coisas da vida, charlie brown?Mateus Machadohttp://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/autor/2017-09-11T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/o-que-voce-aprendeu-com-as-pequenas-coisas-da-vida.html <a href="http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/o-que-voce-aprendeu-com-as-pequenas-coisas-da-vida.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/o-que-voce-aprendeu-com-as-pequenas-coisas-da-vida.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O que podemos encontrar em Peanuts, obra de Charles Schulz? Charlie Brown e sua turma vai além da infância, nos colocando diante de questões existenciais e nos fazendo refletir sobre o nosso papel e nossa interação com um mundo onde o mais raro é encontrar gente adulta. <br><br><a href="http://obviousmag.org/a_biblioteca_de_babel/2017/o-que-voce-aprendeu-com-as-pequenas-coisas-da-vida.html">Ler o artigo completo</a><br>