obviousUm olhar mais demorado...2019-08-24T08:32:00+00:00Movable Type 4.34-entag:obviousmag.org,2011://2a mendiga que escrevia poesiaMônica Montonehttp://lounge.obviousmag.org/monica_montone/autor/2019-08-24T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/monica_montone/2014/08/a-mendiga-que-escrevia-poesia.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/monica_montone/2014/08/a-mendiga-que-escrevia-poesia.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/monica_montone/2014/08/a-mendiga-que-escrevia-poesia.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma mendiga escreve e fuma sob a marquise de uma loja. Eu escrevo e fumo em frente, confortavelmente sentada na cadeira de um Café. O que nos diferencia? <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/monica_montone/2014/08/a-mendiga-que-escrevia-poesia.html">Ler o artigo completo</a><br> 5 roteiros essenciais ao aspirante a roteiristaRicardo Burgoshttp://lounge.obviousmag.org/quimera/autor/2019-08-24T01:31:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/quimera/2014/08/10-roteiros-essenciais-para-o-aspirante-a-roteirista.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/quimera/2014/08/10-roteiros-essenciais-para-o-aspirante-a-roteirista.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/quimera/2014/08/10-roteiros-essenciais-para-o-aspirante-a-roteirista.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Escrever um roteiro é uma tarefa árdua. Requer muito tempo de trabalho e disciplina. E então, depois de todo esse sacrifício, se o que você produziu for de fato bom, sem dúvidas irá colher seus frutos. Basta se espelhar nos grandes - no mundo existem inúmeros exemplos, e para um amante, é uma delícia lê-los e estudar suas estruturas. E lembre-se - o mundo está, e sempre estará, faminto por boas estórias. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/quimera/2014/08/10-roteiros-essenciais-para-o-aspirante-a-roteirista.html">Ler o artigo completo</a><br> "before i die"mónica arestahttp://lounge.obviousmag.org/doze/autor/2019-08-24T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/doze/2014/08/before-i-die.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/doze/2014/08/before-i-die.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/doze/2014/08/before-i-die.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> [ou aquilo que eu gostaria (mesmo) de fazer antes de morrer] <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/doze/2014/08/before-i-die.html">Ler o artigo completo</a><br> dos muros para o papel: banksy – guerra e sprayRenata Ferreirahttp://lounge.obviousmag.org/caminhos_do_conhecer/autor/2019-08-24T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/caminhos_do_conhecer/2014/08/dos-muros-para-o-papel-banksy-guerra-e-spray.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/caminhos_do_conhecer/2014/08/dos-muros-para-o-papel-banksy-guerra-e-spray.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/caminhos_do_conhecer/2014/08/dos-muros-para-o-papel-banksy-guerra-e-spray.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O grafite é uma manifestação artística. Com sua linguagem de protesto e de resistência tornou-se universal. Conquistou diversos espaços: Dos muros para os livros; da roda de grafiteiros para a roda acadêmica, do preconceito para aceitação e respeito. Em Banksy – Guerra e Spray nos deparamos com uma variedade de imagens que revelam-se como personagens marcantes, associadas a críticas inesquecíveis. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/caminhos_do_conhecer/2014/08/dos-muros-para-o-papel-banksy-guerra-e-spray.html">Ler o artigo completo</a><br> jovanotti: uma bomba de energia e otimismoRosita Rosehttp://lounge.obviousmag.org/dona_efemera_e_dona_perpetua/autor/2019-08-24T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/dona_efemera_e_dona_perpetua/2014/08/jovanotti-uma-bomba-de-energia-e-otimismo.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/dona_efemera_e_dona_perpetua/2014/08/jovanotti-uma-bomba-de-energia-e-otimismo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/dona_efemera_e_dona_perpetua/2014/08/jovanotti-uma-bomba-de-energia-e-otimismo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nascido em Roma, em 1966, Jovanotti - ou Lorenzo Jovanotti Cherubini - é um grande artista pop italiano que levanta, incansavelmente, a bandeira do amor e do otimismo. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/dona_efemera_e_dona_perpetua/2014/08/jovanotti-uma-bomba-de-energia-e-otimismo.html">Ler o artigo completo</a><br> vicent e o nascimento do expressionismo burtonianoÍldima Limahttp://lounge.obviousmag.org/devaneios_e_embriaguez_duma_rapariga/autor/2019-08-23T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/devaneios_e_embriaguez_duma_rapariga/2014/08/vicent-e-o-nascimento-do-expressionismo-burtoniano.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/devaneios_e_embriaguez_duma_rapariga/2014/08/vicent-e-o-nascimento-do-expressionismo-burtoniano.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/devaneios_e_embriaguez_duma_rapariga/2014/08/vicent-e-o-nascimento-do-expressionismo-burtoniano.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Muito mais que revelar a influência que a vanguarda expressionista alemã exerceu em seu primeiro curta em stop-motion, Vicent inaugurou o estilo Burtoniano de fazer filmes, desenhado por contornos estéticos e formais que garantem um reconhecimento instantâneo de suas obras fílmicas desde então. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/devaneios_e_embriaguez_duma_rapariga/2014/08/vicent-e-o-nascimento-do-expressionismo-burtoniano.html">Ler o artigo completo</a><br> a verdade por trás de maria bonitaFellipe Torreshttp://lounge.obviousmag.org/sarcasmo_e_sonho/autor/2019-08-23T01:31:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/sarcasmo_e_sonho/2014/08/a-verdade-por-tras-de-maria-bonita.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/sarcasmo_e_sonho/2014/08/a-verdade-por-tras-de-maria-bonita.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/sarcasmo_e_sonho/2014/08/a-verdade-por-tras-de-maria-bonita.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Aos 18 anos, Maria Gomes conheceu Lampião, um caboclo alto, corcunda, manco e caolho. Curiosamente, o apelido pelo qual ficou conhecida não surgiu no Sertão, mas no meio urbano do Rio de Janeiro, em 1937, inventado por jornalistas. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/sarcasmo_e_sonho/2014/08/a-verdade-por-tras-de-maria-bonita.html">Ler o artigo completo</a><br> mulher, você é livre!Luana Pereshttp://lounge.obviousmag.org/monologos_dialogos_e_discussoes/autor/2019-08-23T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/monologos_dialogos_e_discussoes/2014/08/mulher-voce-e-livre.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/monologos_dialogos_e_discussoes/2014/08/mulher-voce-e-livre.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/monologos_dialogos_e_discussoes/2014/08/mulher-voce-e-livre.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nossa sociedade sempre fez questão de reforçar o papel que devemos cumprir e o lugar que devemos estar. Para mulher, na maioria das vezes, o papel foi de submissão e o lugar, de preferência, abaixo de qualquer homem. Depois de anos de luta, é hora de gritar: Mulher, você é livre! <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/monologos_dialogos_e_discussoes/2014/08/mulher-voce-e-livre.html">Ler o artigo completo</a><br> sobre a escritaLarissa Caramelhttp://lounge.obviousmag.org/insolito/autor/2019-08-23T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/insolito/2014/08/sobre-a-escrita.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/insolito/2014/08/sobre-a-escrita.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/insolito/2014/08/sobre-a-escrita.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Escrevo para aproximar-me da rara e bela interação que me é privada por minhas próprias escolhas. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/insolito/2014/08/sobre-a-escrita.html">Ler o artigo completo</a><br> cristianismo e ciência: relação umbilicalRenato Xavierhttp://lounge.obviousmag.org/amor_fati/autor/2019-08-23T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/amor_fati/2014/08/cristianismo-e-ciencia-relacao-umbilical.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/amor_fati/2014/08/cristianismo-e-ciencia-relacao-umbilical.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/amor_fati/2014/08/cristianismo-e-ciencia-relacao-umbilical.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Tanto o cristianismo quanto o projeto iluminista compartilham a ideia de que o mundo presente está subordinado ao mundo futuro, seja ao paraíso ou ao desenvolvimento linear e universal. A fonte moral que verificamos ao longo da história do pensamento não transcende os valores religiosos. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/amor_fati/2014/08/cristianismo-e-ciencia-relacao-umbilical.html">Ler o artigo completo</a><br> as 10 imagens da semana: do admirável ao factualSandro Marcoshttp://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/autor/2019-08-22T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/04/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/04/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/04/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O leão da MGM em um ângulo diferente, retratos crus e distintos de guerras horríveis, animais biônicos salvos pela ciência, a mais bela piscina natural, prova de Filosofia polêmica e uma série de imagens que marcaram a semana. São de arrepiar! <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/04/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual.html">Ler o artigo completo</a><br> de quem é a empresa...Gilsara Mattoshttp://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/autor/2019-08-22T01:31:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/2019/08/de-quem-e-a-empresa.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/2019/08/de-quem-e-a-empresa.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/2019/08/de-quem-e-a-empresa.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> ...na qual todos estamos? <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/2019/08/de-quem-e-a-empresa.html">Ler o artigo completo</a><br> lou reed tai chi Ana Calazanshttp://lounge.obviousmag.org/ordem_no_ruido/autor/2019-08-22T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/ordem_no_ruido/2014/08/lou-reed-tai-chi.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/ordem_no_ruido/2014/08/lou-reed-tai-chi.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/ordem_no_ruido/2014/08/lou-reed-tai-chi.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Por 25 anos Lou Reed foi além de uma lenda do rock um dedicado aluno de kung fu.Quando migrou do estilo Garra de Águia para o Tai Chi do estilo Chen ele encontrou a mesma mágica que havia achado na música e se tornou um mestre. O príncipe da dor e da beleza subiu aos céus "voando com uma espada às costas" nos braços de sua amada Laurie e executando com as mãos as 21 formas do estilo Chen. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/ordem_no_ruido/2014/08/lou-reed-tai-chi.html">Ler o artigo completo</a><br> para corações fortes: 'the woman' de lucky mckeeWellington Almeidahttp://lounge.obviousmag.org/arbitrario/autor/2019-08-22T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/arbitrario/2014/08/para-coracoes-fortes-the-woman-de-lucky-mckee.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/arbitrario/2014/08/para-coracoes-fortes-the-woman-de-lucky-mckee.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/arbitrario/2014/08/para-coracoes-fortes-the-woman-de-lucky-mckee.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Estreado em 2011 no festival de Sundance, ‘The Woman’ conta a história de uma família de uma pequena cidade americana que rapta uma mulher selvagem num bosque e tenta domesticá-la a força. O filme causou muito barulho por onde passou e dividiu plateias, que acusaram-no de misógino e ultraviolento. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/arbitrario/2014/08/para-coracoes-fortes-the-woman-de-lucky-mckee.html">Ler o artigo completo</a><br> doida varridaManú Senahttp://lounge.obviousmag.org/poetica_prosa/autor/2019-08-22T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/poetica_prosa/2014/08/doida-varrida.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/poetica_prosa/2014/08/doida-varrida.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/poetica_prosa/2014/08/doida-varrida.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Descera a rua correndo como uma doida varrida, disseram os vizinhos. É que ela, a moça, precisava chegar a tempo de se encontrar com a chuva, que tinha começado fininha e agora no final da tarde parecia varrer com fúria todos os cantos da rua,daquela rua onde a moça morava há tantos anos. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/poetica_prosa/2014/08/doida-varrida.html">Ler o artigo completo</a><br> o futuro da tatuagem: pessoal e intransmissívelJéssica Parizottohttp://lounge.obviousmag.org/proparoxitonas/autor/2019-08-21T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/07/o_futuro_da_tatuagem_pessoal_e_intransmissivel.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/07/o_futuro_da_tatuagem_pessoal_e_intransmissivel.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/07/o_futuro_da_tatuagem_pessoal_e_intransmissivel.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A tatuagem fez durante muito tempo um percurso inglório no mundo ocidental. Saiu da obscuridade para se tornar uma das formas de auto-afirmação mais utilizadas na nossa sociedade. Depois de todos os estigmas pelos quais passou, recebe honras de obra de arte e o seu futuro é ser cada vez mais pessoal. <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/07/o_futuro_da_tatuagem_pessoal_e_intransmissivel.html">Ler o artigo completo</a><br> as pessoas não têm noção do que é existirnatally rodrigueshttp://obviousmag.org/doce_menina/autor/2019-08-21T01:31:00-07:00http://obviousmag.org/doce_menina/2019/as-pessoas-nao-tem-nocao-do-que-e-existir.html <a href="http://obviousmag.org/doce_menina/2019/as-pessoas-nao-tem-nocao-do-que-e-existir.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/doce_menina/2019/as-pessoas-nao-tem-nocao-do-que-e-existir.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Como dizem, a arte é necessária. Ela mantém a lucidez. <br><br><a href="http://obviousmag.org/doce_menina/2019/as-pessoas-nao-tem-nocao-do-que-e-existir.html">Ler o artigo completo</a><br> não se compare, inspire-se!Natalia Cola de Paulahttp://obviousmag.org/realidades_sonhos/autor/2019-08-21T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/realidades_sonhos/2019/nao-se-compare-inspire-se.html <a href="http://obviousmag.org/realidades_sonhos/2019/nao-se-compare-inspire-se.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/realidades_sonhos/2019/nao-se-compare-inspire-se.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Todas as comparações incorrem em erros, pois todas pessoas são diferentes e não possuem a mesma vida e nem as mesmas experiências. Se for para comparar-se, compare sua versão presente com a do passado. <br><br><a href="http://obviousmag.org/realidades_sonhos/2019/nao-se-compare-inspire-se.html">Ler o artigo completo</a><br> saber perder Rita Palma Nascimentohttp://obviousmag.org/olhos_no_mundo/autor/2019-08-21T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/olhos_no_mundo/2019/saber-perder.html <a href="http://obviousmag.org/olhos_no_mundo/2019/saber-perder.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/olhos_no_mundo/2019/saber-perder.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Durante a vida, são muito mais as vezes em que perdemos do que aquelas em que ganhamos, sendo que o primeiro passo para manutenção do equilíbrio, deverá passar pela aceitação da realidade dos factos. Porque qualquer que seja o nosso insucesso, a lição passará sempre por aprender com ele, utilizando o acontecimento como oportunidade de melhoria e evolução, em prol do crescimento pessoal. Nunca a falha deverá ser sinónimo de derrota, mas sim de transformação. <br><br><a href="http://obviousmag.org/olhos_no_mundo/2019/saber-perder.html">Ler o artigo completo</a><br> é proibido não conhecer pablo nerudaJéssica Carvalhohttp://obviousmag.org/complexo_de_morfeu/autor/2019-08-20T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/complexo_de_morfeu/2015/e-proibido-nao-conhecer-pablo-neruda.html <a href="http://obviousmag.org/complexo_de_morfeu/2015/e-proibido-nao-conhecer-pablo-neruda.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/complexo_de_morfeu/2015/e-proibido-nao-conhecer-pablo-neruda.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O poeta Nereu, Pablo Neruda, é o capitão da poesia chilena. Militante político expressivo e amante das coisas simples, seu amor pela vida foi a sua embarcação mais usada. Nas águas da vida, não reconheceu fronteiras e adotou o mundo como sua morada. Não há onda que apague sua história tão pulsante. Por isso, é proibido não conhecer Pablo Neruda. <br><br><a href="http://obviousmag.org/complexo_de_morfeu/2015/e-proibido-nao-conhecer-pablo-neruda.html">Ler o artigo completo</a><br> as pinceladas hiper- realistas de denis petersonJéssica Parizottohttp://lounge.obviousmag.org/proparoxitonas/autor/2019-08-20T01:31:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/07/as_pinceladas_hiper-_realistas_de_denis_peterson.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/07/as_pinceladas_hiper-_realistas_de_denis_peterson.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/07/as_pinceladas_hiper-_realistas_de_denis_peterson.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A imagem ao lado é uma pintura. Difícil acreditar? Essas são as obras de Denis Peterson, um pintor hiper-realista que nos mostra através de pincéis e tintas o que deveria ser visto “a olhos nus” pela nossa sociedade - com temas mais hiper-realistas que as próprias pinturas. <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/07/as_pinceladas_hiper-_realistas_de_denis_peterson.html">Ler o artigo completo</a><br> cafés, cigarros e todo o restorejane borges2019-08-20T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/07/cafes_cigarros_e_todo_o_resto.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/07/cafes_cigarros_e_todo_o_resto.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/07/cafes_cigarros_e_todo_o_resto.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma seqüência de onze curtas-metragens, filmados em diferentes épocas e independentes um dos outros. No entanto, regidos por um conceito central: pessoas reunidas, conversando em torno de uma mesa qualquer, embaladas por conversas regadas a café e cigarro. Peça um expresso, puxe uma cadeira e saque seu isqueiro - três coisas essenciais no peculiar “Sobre Cafés e Cigarros” ("Coffee and Cigarettes", USA, 2003), do diretor Jim Jarmusch. <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/07/cafes_cigarros_e_todo_o_resto.html">Ler o artigo completo</a><br> mi6 project: retratando espiõesrejane borges2019-08-20T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/07/mi6_project_-_retratando_espioes.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/07/mi6_project_-_retratando_espioes.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/07/mi6_project_-_retratando_espioes.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Munido apenas de lápis e papel, James Hart Dyke viajou o mundo ao lado de espiões e agentes secretos nas missões mais destacadas. Sua função: retratar o trabalho do MI6 – Serviço Secreto de Inteligência Britânico. <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/07/mi6_project_-_retratando_espioes.html">Ler o artigo completo</a><br> o futuro não é veganoNatália Nogueirahttp://lounge.obviousmag.org/natalianogueira2019-08-20T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/nati_nogueira/2019/08/o-futuro-nao-e-vegano-a-batalha-pode-acabar-antes-de-comecar.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/nati_nogueira/2019/08/o-futuro-nao-e-vegano-a-batalha-pode-acabar-antes-de-comecar.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/nati_nogueira/2019/08/o-futuro-nao-e-vegano-a-batalha-pode-acabar-antes-de-comecar.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Nosso país está cada vez mais aderindo ao estilo de vida vegano...bom? Ótimo! Entretanto, nossa dependência do sofrimento animal está apenas começando. O desenvolvimento tecnológico nos leva ao início de tudo. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/nati_nogueira/2019/08/o-futuro-nao-e-vegano-a-batalha-pode-acabar-antes-de-comecar.html">Ler o artigo completo</a><br> as 10 imagens da semana: do admirável ao factualSandro Marcoshttp://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/autor/2019-08-19T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/04/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual-1.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/04/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual-1.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/04/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual-1.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Saques em lojas e supermercados em Salvador, escapatória da forca no último instante, rinoceronte em pleno "vôo" e até mesmo um sapo de canoa. Estas são as imagens mais marcantes da Encruzilhada na semana que passou. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/04/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual-1.html">Ler o artigo completo</a><br> as sátiras surrealistas de angel boliganJoão da Rochahttp://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/autor2019-08-19T01:31:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/08/o-humor-surrealista-de-angel-boligan.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/08/o-humor-surrealista-de-angel-boligan.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/08/o-humor-surrealista-de-angel-boligan.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "É impossível separar o humano de seu ambiente material, assim como dos signos e das imagens por meio dos quais ele atribui sentido e ao mundo. Da mesma forma, não podemos separar o mundo material - e menos ainda sua parte artificial - das ideias por meio das quais os objetos técnicos são concebidos e utilizados, nem dos humanos que os inventam, produzem e utilizam." Pierre Lévy <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/08/o-humor-surrealista-de-angel-boligan.html">Ler o artigo completo</a><br> a ausência dimensionalJoão da Rochahttp://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/autor2019-08-19T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/08/a-ausencia-dimensional.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/08/a-ausencia-dimensional.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/08/a-ausencia-dimensional.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um redemoinho de razões ameaça as pequenas casas de areia da poesia. Um vendaval de sensações abraça a razão pela cintura e geme de confortos múltiplos. Na releitura do tempo, descampados e pântanos parecem ser as avenidas principais. Solares edifícios e gélidos tratores restauram o caminho lúcido. Na volta para a casa, um colo espontâneo reescreve a eternidade todos os dias. Quem na insana montagem das horas esqueceu a si mesmo como peça principal? <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/08/a-ausencia-dimensional.html">Ler o artigo completo</a><br> da fotografia e das cebolasJúlio Assis Ribeirohttp://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/autor/2019-08-19T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/2015/07/da-fotografia-e-das-cebolas.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/2015/07/da-fotografia-e-das-cebolas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/2015/07/da-fotografia-e-das-cebolas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Algumas fotografias são como as cebolas. Mas não nos fazem chorar... <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/2015/07/da-fotografia-e-das-cebolas.html">Ler o artigo completo</a><br> ryszard horowitz | o compositor de imagensJoão da Rochahttp://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/autor2019-08-19T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/07/ryszard-horowitz-o-compositor-de-imagens.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/07/ryszard-horowitz-o-compositor-de-imagens.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/07/ryszard-horowitz-o-compositor-de-imagens.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O nome “Auschwitz” será para sempre capaz de provocar no mínimo um grande desconforto para toda a humanidade e principalmente para quem por ventura sofreu e/ou sabe que seu país foi vítima ou protagonizou esta história de horror. Falando dos poloneses, o complexo de campos chamado de Auschwitz I, II e III tatuaram na alma polaca uma ferida que para alguns foi revestida em resiliente erupção criativa, entre eles, um dos pioneiros da arte digital do país e um dos mais jovens sobreviventes dos campos de concentração, Ryszard Horowitz. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/zoom_nas_visceras/2015/07/ryszard-horowitz-o-compositor-de-imagens.html">Ler o artigo completo</a><br> bem-vindos ao cabaretMarisahttp://lounge.obviousmag.org/dorothy_has_black_shoes/autor/2019-08-18T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/02/bem-vindos_ao_cabaret_1.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/02/bem-vindos_ao_cabaret_1.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/02/bem-vindos_ao_cabaret_1.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Welcome, bienvenue, willkommen. Ou, simplesmente, bem-vindos. É desta forma que o espectador é recebido no mais famoso cabaret da história da Broadway e do cinema, o Kit Kat Club. Em Berlim, a encantadora Sally Bowles canta e encanta, enquanto nas ruas a ascensão do partido nazi torna-se impossível de ignorar. <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/02/bem-vindos_ao_cabaret_1.html">Ler o artigo completo</a><br> o fluxo de consciência em woody allenrejane borges2019-08-18T01:31:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/02/o_fluxo_da_consciencia_em_woody_allen.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/02/o_fluxo_da_consciencia_em_woody_allen.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/02/o_fluxo_da_consciencia_em_woody_allen.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sempre que penso em Nova Iorque penso em Woody Allen. O cineasta é tão apaixonado pela ‘big apple’ que a associação já está feita em minha cabeça. Mas nem sempre que penso em Woody Allen penso em Nova Iorque, mas sim em Billie Holiday, Bogart, Tennessee Williams, Sinatra, Cézanne, Potato Head Blues e toda a sorte de referências culturais que o próprio Woody faz questão de, em absolutamente todos os seus filmes, referir. <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/02/o_fluxo_da_consciencia_em_woody_allen.html">Ler o artigo completo</a><br> algumas pessoas fingem que você é ruim, para não sentirem culpa pelo que te fizeramProf. Marcel Camargohttps://www.profmarcelcamargo.com/2019-08-18T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2019/algumas-pessoas-fingem-que-voce-e-ruim-para-nao-sentirem-culpa-pelo-que-te-fizeram.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2019/algumas-pessoas-fingem-que-voce-e-ruim-para-nao-sentirem-culpa-pelo-que-te-fizeram.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2019/algumas-pessoas-fingem-que-voce-e-ruim-para-nao-sentirem-culpa-pelo-que-te-fizeram.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Algumas pessoas preferirão fingir que somos pessoas ruins, para que possam lidar melhor com as próprias culpas, enterrando-as sob as mentiras que criarão a nosso respeito. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2019/algumas-pessoas-fingem-que-voce-e-ruim-para-nao-sentirem-culpa-pelo-que-te-fizeram.html">Ler o artigo completo</a><br> a metamorfose dos carros de ichwan noorJoão Cefalihttp://lounge.obviousmag.org/moksha2019-08-18T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/moksha/2016/08/a-metamorfose-dos-carros-de-ichwan-noor.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/moksha/2016/08/a-metamorfose-dos-carros-de-ichwan-noor.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/moksha/2016/08/a-metamorfose-dos-carros-de-ichwan-noor.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> As formas originais de veículos tão familiares são decodificadas em formas geométricas, desafiando a própria noção da realidade dos objetos através da interação entre o orgânico e o tecnológico. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/moksha/2016/08/a-metamorfose-dos-carros-de-ichwan-noor.html">Ler o artigo completo</a><br> camadas expressivas de scott hutchisonJoão Cefalihttp://lounge.obviousmag.org/moksha2019-08-18T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/moksha/2016/08/camadas-expressivas-de-scott-hutchison.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/moksha/2016/08/camadas-expressivas-de-scott-hutchison.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/moksha/2016/08/camadas-expressivas-de-scott-hutchison.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Pintura em movimento psicológica que reflete a ambiguidade da psique humana. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/moksha/2016/08/camadas-expressivas-de-scott-hutchison.html">Ler o artigo completo</a><br> debussy e sua obra imortal luhana pireshttp://obviousmag.org/archives/colaboradores/luhanapires/2019-08-17T01:32:00-07:00http://obviousmag.org/sphere/2013/08/aniversario-de-151-anos-de-uma-obra-imortal---debussy.html <a href="http://obviousmag.org/sphere/2013/08/aniversario-de-151-anos-de-uma-obra-imortal---debussy.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/sphere/2013/08/aniversario-de-151-anos-de-uma-obra-imortal---debussy.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Claude Debussy não pode ser considerado como o modelo de um determinado tipo de música, mas, um compositor plural, que passeava entre os gêneros com muita facilidade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/sphere/2013/08/aniversario-de-151-anos-de-uma-obra-imortal---debussy.html">Ler o artigo completo</a><br> um rio que passa por alirejane borges2019-08-17T01:31:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/05/um_rio_que_passa_por_ali.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/05/um_rio_que_passa_por_ali.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/05/um_rio_que_passa_por_ali.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um rio que passa e contorna a história de uma família que vivia por amor e pela fé. A vida familiar, a religião, os vínculos afetivos, os vícios, a liberdade e as tradições são temas que circundam o romance autobiográfico do escritor norte americano Norman Maclean, A River Runs Through It, adaptado para o cinema em 1992 – pelo diretor Robert Redford – no longa que leva o mesmo nome. <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/05/um_rio_que_passa_por_ali.html">Ler o artigo completo</a><br> thorsten schmidtkord: caras ao contráriotiago vargashttp://obviousmag.org/archives/colaboradores/tiagovargas/2019-08-17T01:22:00-07:00http://obviousmag.org/archives/2011/02/thorsten_schmidtkord_caras_ao_contrario.html <a href="http://obviousmag.org/archives/2011/02/thorsten_schmidtkord_caras_ao_contrario.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/archives/2011/02/thorsten_schmidtkord_caras_ao_contrario.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Brincar com uma imagem imutável em nossa concepção e lhe atribuir um significado analítico relacionado com a humanidade são as diretrizes do trabalho “Head on top”. Encanto e reflexão em uma imagem. <br><br><a href="http://obviousmag.org/archives/2011/02/thorsten_schmidtkord_caras_ao_contrario.html">Ler o artigo completo</a><br> o que eu aprendi com tom waitsFernanda Pachecohttp://lounge.obviousmag.org/cafe_amargo/autor/2019-08-17T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/cafe_amargo/2013/07/o-que-eu-aprendi-com-tom-waits.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/cafe_amargo/2013/07/o-que-eu-aprendi-com-tom-waits.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/cafe_amargo/2013/07/o-que-eu-aprendi-com-tom-waits.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> As composições de Tom Waits confortam, mas não acomodam. A figura dele que estampa uma áurea teatral vadia vai além de um simples personagem e torna-se carne humana. Ele é demasiado humano. Demasiado. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/cafe_amargo/2013/07/o-que-eu-aprendi-com-tom-waits.html">Ler o artigo completo</a><br> nunca esqueça os motivos das suas desistências e das suas partidasPamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2019-08-17T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2019/nunca-esqueca-os-motivos-das-suas-desistencias-e-das-suas-partidas.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2019/nunca-esqueca-os-motivos-das-suas-desistencias-e-das-suas-partidas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2019/nunca-esqueca-os-motivos-das-suas-desistencias-e-das-suas-partidas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Já notou que todas as vezes que decidirmos tirar um projeto do papel nos sentimos motivados? Procuramos caminhos alternativos e até soluções para possíveis situações. O problema é que, conforme as situações adversas vão surgindo, nosso “gás” motivacional vai diminuindo e a vontade de desistir aumentando. <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2019/nunca-esqueca-os-motivos-das-suas-desistencias-e-das-suas-partidas.html">Ler o artigo completo</a><br> um almoço com machado de assisAlexandre Cosleihttp://lounge.obviousmag.org/paragrafo/autor/2019-08-16T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/paragrafo/2019/08/um-almoco-com-machado-de-assis.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/paragrafo/2019/08/um-almoco-com-machado-de-assis.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/paragrafo/2019/08/um-almoco-com-machado-de-assis.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um paralelo entre Machado de Assis, seu tempo e sua obra. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/paragrafo/2019/08/um-almoco-com-machado-de-assis.html">Ler o artigo completo</a><br> beijo e abraço, de klimtLuís Pereirahttp://lounge.obviousmag.org/grecificar/autor/2019-08-15T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/grecificar/2012/07/abraco-e.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/grecificar/2012/07/abraco-e.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/grecificar/2012/07/abraco-e.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um artista da completa sensibilidade e da simbólica pertença à sociedade. Ou não fosse ele um homem do Simbolismo e da Arte Nova. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/grecificar/2012/07/abraco-e.html">Ler o artigo completo</a><br> faroesteJúlio Assis Ribeirohttp://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/autor/2019-08-15T01:31:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/2012/07/faroeste.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/2012/07/faroeste.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/2012/07/faroeste.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Os miúdos que, nas décadas de setenta e oitenta de novecentos, brincavam aos índios e aos cowboys desconheciam a participação portuguesa nas aventuras do Oeste americano, mais de um século antes. E desconheciam Solomon Nunes Carvalho, um homem a quem um infortúnio histórico fez remeter para o esquecimento. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/a_lente_lenta/2012/07/faroeste.html">Ler o artigo completo</a><br> a banalidade da cultura do estuproEli Boscattohttp://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/autor/2019-08-15T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/2014/04/a-banalidade-da-cultura-do-estupro.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/2014/04/a-banalidade-da-cultura-do-estupro.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/2014/04/a-banalidade-da-cultura-do-estupro.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Tantos absurdos, tanta violência escancarada nos causa fadiga. Mas apesar de tudo, o momento não é para se calar. Tenho lido nos últimos dias nas redes sociais, xingamentos de todo tipo, apologias ao estupro, tentativas de justificar o injustificável. Está claro que qualquer sociedade que compactua com isto está doente, e é o caso da sociedade brasileira. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/por_tras_do_espelho/2014/04/a-banalidade-da-cultura-do-estupro.html">Ler o artigo completo</a><br> o que são direitos humanos?Geraldo Costahttp://obviousmag.org/historias musicais/autor/2019-08-15T01:21:00-07:00http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2019/o-que-sao-direitos-humanos.html <a href="http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2019/o-que-sao-direitos-humanos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2019/o-que-sao-direitos-humanos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Os direitos humanos são direitos inerentes a todos os seres humanos, independentemente de raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição. Os direitos humanos incluem o direito à vida e à liberdade, à liberdade de opinião e de expressão, o direito ao trabalho e à educação, entre e muitos outros. Todos merecem estes direitos, sem discriminação. O Direito Internacional dos Direitos Humanos estabelece as obrigações dos governos <br><br><a href="http://obviousmag.org/viver_a_deriva_e_sentir_que_tudo_esta_bem/2019/o-que-sao-direitos-humanos.html">Ler o artigo completo</a><br> assuma a sua responsabilidadeGiseli Rodrigueshttp://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/autor/2019-08-15T01:20:00-07:00http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2019/08/assuma-a-sua-responsabilidade.html <a href="http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2019/08/assuma-a-sua-responsabilidade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2019/08/assuma-a-sua-responsabilidade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Esteja de coração. Ou não esteja. Isso é ser responsável e comprometido. Com você mesmo e com o outro. <br><br><a href="http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2019/08/assuma-a-sua-responsabilidade.html">Ler o artigo completo</a><br> o que einstein, darwin, newton e kepler têm a dizer sobre a sua vidaAlícia Madridhttp://lounge.obviousmag.org/agora/autor/2019-08-14T01:32:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/agora/2014/05/o-que-einstein-darwin-newton-e-kepler-tem-a-dizer-sobre-a-sua-vida.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/agora/2014/05/o-que-einstein-darwin-newton-e-kepler-tem-a-dizer-sobre-a-sua-vida.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/agora/2014/05/o-que-einstein-darwin-newton-e-kepler-tem-a-dizer-sobre-a-sua-vida.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Porque as ciências exatas e biológicas também merecem interpretações humanas. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/agora/2014/05/o-que-einstein-darwin-newton-e-kepler-tem-a-dizer-sobre-a-sua-vida.html">Ler o artigo completo</a><br> as 10 imagens da semana: do admirável ao factual Sandro Marcoshttp://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/autor/2019-08-14T01:31:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/05/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual-edicao-6.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/05/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual-edicao-6.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/05/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual-edicao-6.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sempre surpreendentes, as imagens da semana trazem uma iminente explosão de baleia no Canadá, Chernobyl e seu arco de 32 mil toneladas, um fungo maravilhoso que parece uma flor, uma escalada numa cachoeira congelada, além de imagens históricas e de desastres naturais que ocorreram nesta semana. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/05/as-10-imagens-da-semana-do-admiravel-ao-factual-edicao-6.html">Ler o artigo completo</a><br> quando quentin tarantino “meteu o pé” na visão do cinema mundialPaola Domingueshttp://lounge.obviousmag.org/progressao/autor/2019-08-14T01:22:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/progressao/2014/05/ha-vinte-anos-quentin-tarantino-metia-o-pe-na-visao-do-cinema-mundial.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/progressao/2014/05/ha-vinte-anos-quentin-tarantino-metia-o-pe-na-visao-do-cinema-mundial.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/progressao/2014/05/ha-vinte-anos-quentin-tarantino-metia-o-pe-na-visao-do-cinema-mundial.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quentin Tarantino indiscutivelmente é um dos melhores diretores do Cinema Mundial. Ele desmembrou tabus e renovou o conceito do que é Cinema Independente. O “cara meteu o pé” e apostou tudo o que tinha no que viria ser um sucesso categórico do cinema: Pulp Fiction. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/progressao/2014/05/ha-vinte-anos-quentin-tarantino-metia-o-pe-na-visao-do-cinema-mundial.html">Ler o artigo completo</a><br> singelas histórias zenSandro Marcoshttp://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/autor/2019-08-14T01:21:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/05/singelas-historias-zen.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/05/singelas-historias-zen.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/05/singelas-historias-zen.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Histórias antigas do folclore oriental que trazem consigo aprendizados simples, mas extremamente valiosos. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/encruzilhada/2014/05/singelas-historias-zen.html">Ler o artigo completo</a><br> o homem que desaprendeu a falarmónica arestahttp://lounge.obviousmag.org/doze/autor/2019-08-14T01:20:00-07:00http://lounge.obviousmag.org/doze/2014/05/o-homem-que-desaprendeu-a-falar.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/doze/2014/05/o-homem-que-desaprendeu-a-falar.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/doze/2014/05/o-homem-que-desaprendeu-a-falar.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O alfabeto tinha vinte e seis letras, o teclado mais de cem. Entre o primeiro e o segundo, escolheu o último. E a sua vida virou texto. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/doze/2014/05/o-homem-que-desaprendeu-a-falar.html">Ler o artigo completo</a><br>