obviousUm olhar mais demorado...2017-03-01T08:32:00+00:00Movable Type 4.34-entag:obviousmag.org,2011://2civilização x selvageria em senhor das moscasceliosghttp://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/autor/2017-03-01T00:32:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/2017/02/civilizacao-x-selvageria-em-senhor-das-moscas.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/2017/02/civilizacao-x-selvageria-em-senhor-das-moscas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/2017/02/civilizacao-x-selvageria-em-senhor-das-moscas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Obra da literatura universal apresenta crianças em uma cruel disputa de poder em uma ilha deserta <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/distracao_planejada/2017/02/civilizacao-x-selvageria-em-senhor-das-moscas.html">Ler o artigo completo</a><br> a desescolarização: uma questão contemporâneaRafael Nogueirahttp://obviousmag.org/rafael_jose_nogueira/autor/2017-03-01T00:22:00-08:00http://obviousmag.org/rafael_jose_nogueira/2017/a-desescolarizacao-uma-questao-contemporanea.html <a href="http://obviousmag.org/rafael_jose_nogueira/2017/a-desescolarizacao-uma-questao-contemporanea.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/rafael_jose_nogueira/2017/a-desescolarizacao-uma-questao-contemporanea.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Antes de tudo gostaria de dizer que este texto não tem pretensão cientifica, seja no âmbito da Pedagogia ou da Psicologia. É no limite da minha capacidade um texto introdutório de opinião refletindo sobre a chamada desescolarização. <br><br><a href="http://obviousmag.org/rafael_jose_nogueira/2017/a-desescolarizacao-uma-questao-contemporanea.html">Ler o artigo completo</a><br> se ela soubesse que seria assim tão fácil, teria te largado antesMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-03-01T00:21:00-08:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/se-ela-soubesse-que-seria-assim-tao-facil-teria-te-largado-antes.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/se-ela-soubesse-que-seria-assim-tao-facil-teria-te-largado-antes.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/se-ela-soubesse-que-seria-assim-tao-facil-teria-te-largado-antes.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ah, se ela soubesse que seria assim tão fácil e tão melhor a vida sem ele, teria se libertado bem antes. Mas ainda havia tempo, muito tempo, e ela não se permitiria aceitar menos do que tudo aquilo que alimentava as batidas do seu coração. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/se-ela-soubesse-que-seria-assim-tao-facil-teria-te-largado-antes.html">Ler o artigo completo</a><br> precisamos ser sempre bonzinhos?Julia Tourinhohttp://obviousmag.org/julia_tourinho/autor/2017-03-01T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/julia_tourinho/2017/precisamos-ser-sempre-bonzinhos.html <a href="http://obviousmag.org/julia_tourinho/2017/precisamos-ser-sempre-bonzinhos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/julia_tourinho/2017/precisamos-ser-sempre-bonzinhos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Amizades improváveis é um filme despretensioso, que aborda de forma cômica temas densos e dolorosos, nos fazendo refletir sobre o poder transformador da empatia. <br><br><a href="http://obviousmag.org/julia_tourinho/2017/precisamos-ser-sempre-bonzinhos.html">Ler o artigo completo</a><br> tempo de mudanças Ellen Pederçanehttp://obviousmag.org/brincando_com_letras/autor/2017-03-01T00:19:00-08:00http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/tempo-de-mudancas.html <a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/tempo-de-mudancas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/tempo-de-mudancas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> As mudanças são passos naturais da estrada. Porém boa parte de nós passa mais tempo lutando contra nossa natureza inconstante do que se deleitando no que há de novo. E acabamos transformando tantos momentos importantes em pesadelos descabidos.Tudo muda. Por que lutamos contra o inevitável? <br><br><a href="http://obviousmag.org/brincando_com_letras/2017/tempo-de-mudancas.html">Ler o artigo completo</a><br> relações tóxicasGiseli Rodrigueshttp://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/autor/2017-03-01T00:18:00-08:00http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2017/02/relacoes-toxicas.html <a href="http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2017/02/relacoes-toxicas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2017/02/relacoes-toxicas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Em relações saudáveis as pessoas têm confiança e liberdade para falar de seus problemas, expressar o que sentem e ajudar um ao outro a conseguir o que for preciso. Se há falta de diálogo, um não escuta o outro, os problemas do outro são considerados sempre mais importantes do que os seus e o que você sente não é considerado, essa relação não está equilibrada. <br><br><a href="http://obviousmag.org/um_mundo_inteiro/2017/02/relacoes-toxicas.html">Ler o artigo completo</a><br> nem sempre os nossos sonhos se realizam, mas nem por isso deixamos de conquistar coisas maravilhosasSílvia Marqueshttp://obviousmag.org/cinema_pensante/autor/2017-02-28T00:32:00-08:00http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/quando-o-plano-b-vira-plano-a-e-a-gente-se-sente-bem.html <a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/quando-o-plano-b-vira-plano-a-e-a-gente-se-sente-bem.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/quando-o-plano-b-vira-plano-a-e-a-gente-se-sente-bem.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quando somos muito jovens, achamos que o futuro é uma linha reta. Imaginamos uma idade para cada conquista: o primeiro emprego, o primeiro carro, a compra do apartamento, o casamento, filhos etc etc...mas a vida é surpreendente e criativa e vai nos levando por caminhos inusitados. De repente não deu para comprar o primeiro carro aos 20 anos , mas surgiu a chance de fazer uma viagem incrível. De repente , não foi possível encontrar um emprego bom antes dos 25 anos , mas surgiu a possibilidade de um mestrado numa ótima instituição. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/quando-o-plano-b-vira-plano-a-e-a-gente-se-sente-bem.html">Ler o artigo completo</a><br> pequeno segredo: um amor maior que a vidaNatany Pinheirohttp://lounge.obviousmag.org/eu_gosto_e_do_estrago/autor/2017-02-28T00:22:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/eu_gosto_e_do_estrago/2017/02/pequeno-segredo-um-amor-maior-que-a-vida.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/eu_gosto_e_do_estrago/2017/02/pequeno-segredo-um-amor-maior-que-a-vida.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/eu_gosto_e_do_estrago/2017/02/pequeno-segredo-um-amor-maior-que-a-vida.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Uma história de vida que durou o suficiente para encantar e virar um livro/filme. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/eu_gosto_e_do_estrago/2017/02/pequeno-segredo-um-amor-maior-que-a-vida.html">Ler o artigo completo</a><br> like a prayer: polêmica e questionamentos sociais em um single que marcou os anos 80Bia Lopeshttp://obviousmag.org/entre_inquietacoes/autor/2017-02-28T00:21:00-08:00http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/like-a-prayer-polemica-e-questionamentos-sociais-em-um-single-que-marcou-os-anos-80.html <a href="http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/like-a-prayer-polemica-e-questionamentos-sociais-em-um-single-que-marcou-os-anos-80.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/like-a-prayer-polemica-e-questionamentos-sociais-em-um-single-que-marcou-os-anos-80.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Na música, guitarras que se misturam a um enigmático canto gospel. No vídeo, uma jovem católica que presencia o assassinato de outra jovem e procura abrigo em uma igreja. Cruzes incendiadas que remetem à ku klux klan, homens brancos cometem um crime e, em seu lugar, um jovem negro é preso. Uma religiosidade exagerada, obsessiva, que faz com que a única figura masculina na vida da jovem seja a de Deus. Essa é Like a Prayer, cheia de polêmica em sua letra e na composição de seu videoclipe no contexto de uma sociedade que gritava por liberdade, mas ainda estava presa a amarras pra lá de tradicionais e longe de pensar em questioná-las. <br><br><a href="http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/like-a-prayer-polemica-e-questionamentos-sociais-em-um-single-que-marcou-os-anos-80.html">Ler o artigo completo</a><br> uma moda mais consciente, por favor!Luciana Kuchiki Vilarhttp://obviousmag.org/rg_proprio/autor/2017-02-28T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/rg_proprio/2017/uma-moda-mais-consciente-por-favor.html <a href="http://obviousmag.org/rg_proprio/2017/uma-moda-mais-consciente-por-favor.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/rg_proprio/2017/uma-moda-mais-consciente-por-favor.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Não existem mais dúvidas de que há um novo pensamento reinando nas mais jovens cabeças pensantes. Rola por aí um sentimento de cortar excessos consumistas, ser responsável por tudo que se produz e se descarta, ter uma percepção global da destruição que os resíduos poluentes podem causar ao planeta. <br><br><a href="http://obviousmag.org/rg_proprio/2017/uma-moda-mais-consciente-por-favor.html">Ler o artigo completo</a><br> a chave do domínio, homo sapiensGabriela Jessehttp://lounge.obviousmag.org/advibe/autor/2017-02-28T00:19:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/advibe/2017/02/a-chave-do-dominio-homo-sapiens.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/advibe/2017/02/a-chave-do-dominio-homo-sapiens.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/advibe/2017/02/a-chave-do-dominio-homo-sapiens.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quando entrei pela porta daquela livraria, a qual já estou habilmente habituada, e bati os olhos naquele título “ Uma breve história da humanidade SAPIENS” do autor israelense Yuval Noah Harari, percebi de alguma forma algo em minha consciência estava prestes a mudar. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/advibe/2017/02/a-chave-do-dominio-homo-sapiens.html">Ler o artigo completo</a><br> funny girl, de nick hornby: a série dentro da sérieJulian Barghttp://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/autor/2017-02-27T00:32:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/02/funny-girl-de-nick-hornby-a-serie-dentro-da-serie.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/02/funny-girl-de-nick-hornby-a-serie-dentro-da-serie.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/02/funny-girl-de-nick-hornby-a-serie-dentro-da-serie.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Se querem séries, isso é o que lhes daremos. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/yo_hablo/2017/02/funny-girl-de-nick-hornby-a-serie-dentro-da-serie.html">Ler o artigo completo</a><br> estrelas além do tempo – a revolução silenciosa que estremece a casa-grandeElaine Castanheirahttp://obviousmag.org/afluente_de_letras/autor/2017-02-27T00:22:00-08:00http://obviousmag.org/afluente_de_letras/2017/estrelas-alem-do-tempo-a-revolucao-silenciosa-que-estremece-a-casa-grande.html <a href="http://obviousmag.org/afluente_de_letras/2017/estrelas-alem-do-tempo-a-revolucao-silenciosa-que-estremece-a-casa-grande.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/afluente_de_letras/2017/estrelas-alem-do-tempo-a-revolucao-silenciosa-que-estremece-a-casa-grande.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ao desafiar privações históricas, um simples desejo pode iniciar grandes transformações. <br><br><a href="http://obviousmag.org/afluente_de_letras/2017/estrelas-alem-do-tempo-a-revolucao-silenciosa-que-estremece-a-casa-grande.html">Ler o artigo completo</a><br> a beleza de mudar e deparar-se com o novonatally rodrigueshttp://obviousmag.org/doce_menina/autor/2017-02-27T00:21:00-08:00http://obviousmag.org/doce_menina/2017/a-beleza-de-mudar-e-deparar-se-com-o-novo.html <a href="http://obviousmag.org/doce_menina/2017/a-beleza-de-mudar-e-deparar-se-com-o-novo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/doce_menina/2017/a-beleza-de-mudar-e-deparar-se-com-o-novo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Não é só trocar o estilo de roupa, não é só cortar o cabelo, não é só fazer tatuagens, não é só mudar de escola, faculdade, trabalho, casa, cidade, não é só deixar quem você ama, não é só mudar. Cada ato da vida traz muita bagagem, muita coisa nova pra gente aprender, pra gente gradualmente amadurecer, pra gente se tornar um ser humano melhor. <br><br><a href="http://obviousmag.org/doce_menina/2017/a-beleza-de-mudar-e-deparar-se-com-o-novo.html">Ler o artigo completo</a><br> não é mais progressivo, mas segue competenteRoberto Bíscarohttp://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/autor/2017-02-27T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/nao-e-mais-progressivo-mas-segue-competente.html <a href="http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/nao-e-mais-progressivo-mas-segue-competente.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/nao-e-mais-progressivo-mas-segue-competente.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Kansas é uma das bandas-madrinha do rock progressivo norte-americano. Já voaram alto nas paradas e venderam muito. Ano passado, depois de 16 anos, voltaram com novo álbum. <br><br><a href="http://obviousmag.org/blog_do_albino_incoerente/2017/nao-e-mais-progressivo-mas-segue-competente.html">Ler o artigo completo</a><br> o grupo dos murosKarol Azevedohttp://obviousmag.org/sub_rosa/autor/2017-02-27T00:19:00-08:00http://obviousmag.org/sub_rosa/2017/o-grupo-dos-muros.html <a href="http://obviousmag.org/sub_rosa/2017/o-grupo-dos-muros.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/sub_rosa/2017/o-grupo-dos-muros.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Eles segregam e ignoram. Afinal, o que é o Grupo dos Muros? <br><br><a href="http://obviousmag.org/sub_rosa/2017/o-grupo-dos-muros.html">Ler o artigo completo</a><br> sartre e a liberdadeVictor Oliveirahttp://obviousmag.org/do_ser/autor/2017-02-26T00:32:00-08:00http://obviousmag.org/do_ser/2017/sartre-e-a-liberdade.html <a href="http://obviousmag.org/do_ser/2017/sartre-e-a-liberdade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/do_ser/2017/sartre-e-a-liberdade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Pequeno texto sobre a concepção de um tema complexo - liberdade - sob a ótica do existencialismo, mais especificamente de Sartre. Tal visão, influenciou diretamente no nosso modo de ver o mundo, principalmente no que se refere aos valores morais de uma sociedade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/do_ser/2017/sartre-e-a-liberdade.html">Ler o artigo completo</a><br> quando perdemos quem nunca quis nos amar, ganhamos a chance de conhecer quem queiraPamela Camocardihttp://obviousmag.org/conversa_literaria/autor/2017-02-26T00:22:00-08:00http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/quando-perdemos-quem-nunca-quis-nos-qmar-ganhamos-q-chance-de-conhecer-quem-queira.html <a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/quando-perdemos-quem-nunca-quis-nos-qmar-ganhamos-q-chance-de-conhecer-quem-queira.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/quando-perdemos-quem-nunca-quis-nos-qmar-ganhamos-q-chance-de-conhecer-quem-queira.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Ninguém lida bem com o fim do amor. Nem a pessoa mais controlada do mundo. Somos formados por nossos sentimentos, por nossas experiências e por nossos sonhos e quando um deles se rompe, parece que a alma se rasga em fatias. Mas, com o tempo a dor vai sumindo, a dor diminuindo e a vontade em ser feliz voltando. E é a partir daí que a vida recomeça... <br><br><a href="http://obviousmag.org/conversa_literaria/2017/quando-perdemos-quem-nunca-quis-nos-qmar-ganhamos-q-chance-de-conhecer-quem-queira.html">Ler o artigo completo</a><br> livrando-se de relacionamentos tóxicos- você pode ser muito mais que a mulher de alguémLetícia Moreirahttp://obviousmag.org/espelho_artistico/autor/2017-02-26T00:21:00-08:00http://obviousmag.org/espelho_artistico/2017/livrando-se-de-relacionamentos-toxicos--voce-pode-ser-muito-mais-que-a-mulher-de-alguem.html <a href="http://obviousmag.org/espelho_artistico/2017/livrando-se-de-relacionamentos-toxicos--voce-pode-ser-muito-mais-que-a-mulher-de-alguem.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/espelho_artistico/2017/livrando-se-de-relacionamentos-toxicos--voce-pode-ser-muito-mais-que-a-mulher-de-alguem.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Viver num relacionamento onde a perda da identidade constante, em que as prisões são impostas em nome do ‘muito amar’, onde os nãos se tornam mais constantes que os sins é muito preocupante. Frases como “ Não quero. Você não deve. Não pode” nunca deveriam ser vistas como excesso de cuidado, sentimento...Temos sim potencial para nos libertamos das grades de um relacionamento destrutivo que vem muito bem fantasiado de “ amor da minha vida”, romper com algo que nos comprime, nos torna menores, assim nos reduzindo. <br><br><a href="http://obviousmag.org/espelho_artistico/2017/livrando-se-de-relacionamentos-toxicos--voce-pode-ser-muito-mais-que-a-mulher-de-alguem.html">Ler o artigo completo</a><br> la la land - cantando verdades sobre paixões arrebatadoras Poliane Teixeirahttp://obviousmag.org/constante_inconstancia/autor/2017-02-26T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/constante_inconstancia/2017/la-la-land---cantando-verdades-sobre-o-decorrer-das-paixoes-arrebatadoras.html <a href="http://obviousmag.org/constante_inconstancia/2017/la-la-land---cantando-verdades-sobre-o-decorrer-das-paixoes-arrebatadoras.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/constante_inconstancia/2017/la-la-land---cantando-verdades-sobre-o-decorrer-das-paixoes-arrebatadoras.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Assistir a La La Land me tocou muito, porque eu compreendi que o amor da nossa vida pode sim vir e nos agregar muitas coisas boas, e memórias que nos farão sorrir para sempre. Pode nos ajudar a sonhar juntos, e pode de fato nos ajudar a concretizar os sonhos, mas que devido à correria diária, infelizmente ainda não é possível se multiplicar em dois para se estar presente em tempo integral e viver todos os momentos juntos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/constante_inconstancia/2017/la-la-land---cantando-verdades-sobre-o-decorrer-das-paixoes-arrebatadoras.html">Ler o artigo completo</a><br> não precisa vir em um cavalo branco, só não seja um cavaloMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-02-26T00:19:00-08:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-precisa-vir-em-um-cavalo-branco-so-nao-seja-um-cavalo.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-precisa-vir-em-um-cavalo-branco-so-nao-seja-um-cavalo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-precisa-vir-em-um-cavalo-branco-so-nao-seja-um-cavalo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A maturidade de saber que a vida não é fácil nem nunca será, por mais que lutemos e nos comportemos eticamente, acabará por nos proteger de criarmos ilusões fantasiosas sobre um mundo de faz-de-conta, bem como de aceitarmos qualquer um em nossas vidas. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/nao-precisa-vir-em-um-cavalo-branco-so-nao-seja-um-cavalo.html">Ler o artigo completo</a><br> resenha da obra uma introdução à arquiteturaRenan Binihttp://obviousmag.org/egregora_e_alteridade/autor/2017-02-25T00:32:00-08:00http://obviousmag.org/egregora_e_alteridade/2017/resenha-da-obra-uma-introducao-a-arquitetura.html <a href="http://obviousmag.org/egregora_e_alteridade/2017/resenha-da-obra-uma-introducao-a-arquitetura.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/egregora_e_alteridade/2017/resenha-da-obra-uma-introducao-a-arquitetura.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> De acordo com a apresentação de “Uma introdução à arquitetura”, de Silvio Colin, a obra surge como um meio de oferecer aos iniciantes da área, a possibilidade de conhecer assuntos básicos ligados à profissão de arquitetura. Segundo o capítulo, a ideia principal do livro parte dos anseios do próprio autor que, enquanto professor universitário na atualidade e profissional renomado, admite as dificuldades encontradas quando iniciou seus estudos na academia. <br><br><a href="http://obviousmag.org/egregora_e_alteridade/2017/resenha-da-obra-uma-introducao-a-arquitetura.html">Ler o artigo completo</a><br> por que a mídia não gosta de donald trump? Francisco Ladeirahttp://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/autor/2017-02-25T00:22:00-08:00http://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/2017/por-que-a-midia-nao-gosta-de-donald-trump.html <a href="http://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/2017/por-que-a-midia-nao-gosta-de-donald-trump.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/2017/por-que-a-midia-nao-gosta-de-donald-trump.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Se quisermos entender as razões da atual ofensiva midiática global contra Trump, devemos deslocar o foco de questões morais para nos atermos a poderosos interesses econômicos <br><br><a href="http://obviousmag.org/observando_o_cotidiano/2017/por-que-a-midia-nao-gosta-de-donald-trump.html">Ler o artigo completo</a><br> a vida passa pelos nossos olhosCarolina Vila Novahttp://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/autor/2017-02-25T00:21:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/02/a-vida-passa-pelos-nossos-olhos.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/02/a-vida-passa-pelos-nossos-olhos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/02/a-vida-passa-pelos-nossos-olhos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A vida passa pelos olhos num instante... <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/02/a-vida-passa-pelos-nossos-olhos.html">Ler o artigo completo</a><br> cinema e surtos psicóticosSílvia Marqueshttp://obviousmag.org/cinema_pensante/autor/2017-02-25T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/cinema-e-surtos-psicoticos.html <a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/cinema-e-surtos-psicoticos.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/cinema-e-surtos-psicoticos.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Um forte choque emocional pode desencadear um surto psicótico em pessoas que sempre demonstraram equilíbrio emocional. O evento pode acontecer diversas vezes na vida de uma pessoa ou pode ocorrer uma vez apenas. Pode durar alguns momentos, dias ou semanas. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/cinema-e-surtos-psicoticos.html">Ler o artigo completo</a><br> 5 mentiras que as comédias românticas nos contaramSuperelahttp://obviousmag.org/superela/autor/2017-02-25T00:19:00-08:00http://obviousmag.org/superela/2017/5-mentiras-que-as-comedias-romanticas-nos-contaram.html <a href="http://obviousmag.org/superela/2017/5-mentiras-que-as-comedias-romanticas-nos-contaram.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/superela/2017/5-mentiras-que-as-comedias-romanticas-nos-contaram.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quem nunca acreditou que a vida poderia ser como nas comédias românticas e acabou frustrada esperando o emprego dos sonhos cair do céu? <br><br><a href="http://obviousmag.org/superela/2017/5-mentiras-que-as-comedias-romanticas-nos-contaram.html">Ler o artigo completo</a><br> o livro do tempoRita Palma Nascimentohttp://obviousmag.org/olhos_no_mundo/autor/2017-02-25T00:18:00-08:00http://obviousmag.org/olhos_no_mundo/2017/o-livro-do-tempo.html <a href="http://obviousmag.org/olhos_no_mundo/2017/o-livro-do-tempo.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/olhos_no_mundo/2017/o-livro-do-tempo.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Estendeu lentamente o braço e concentrou-se na abertura dos dedos da mão. Agarrou no livro pousado na pequena mesa de apoio, à sua direita, e levou-o até si. Exatamente até si - escrito pelo filho Duarte, mal Domingos sabia que a história nele contada era também a sua. <br><br><a href="http://obviousmag.org/olhos_no_mundo/2017/o-livro-do-tempo.html">Ler o artigo completo</a><br> entre a tragédia e a superação, prevaleceu o rock da banda lynyrd skynyrd Profeta do Arautohttp://obviousmag.org/ministerio_das_letras/autor/2017-02-24T00:32:00-08:00http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/02/rock-e-tragedia-fizeram-da-banda-lynyrd-skynyrd-1.html <a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/02/rock-e-tragedia-fizeram-da-banda-lynyrd-skynyrd-1.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/02/rock-e-tragedia-fizeram-da-banda-lynyrd-skynyrd-1.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O alarido do rock está para aqueles que fazem da vida, energia e movimento; assim como o silêncio supremo está para a estática da morte. Exatamente no centro, dividido em partes iguais, está a possibilidade de viver e o funesto e inesperado ato de morrer. Este é o prefácio biográfico da banda de rock americano, Lynyrd Skynyrd. <br><br><a href="http://obviousmag.org/ministerio_das_letras/2017/02/rock-e-tragedia-fizeram-da-banda-lynyrd-skynyrd-1.html">Ler o artigo completo</a><br> intolerância: um novo paradigma?Kamila Alveshttp://obviousmag.org/provocacoes_literarias/autor/2017-02-24T00:22:00-08:00http://obviousmag.org/provocacoes_literarias/2017/intolerancia-um-novo-paradigma.html <a href="http://obviousmag.org/provocacoes_literarias/2017/intolerancia-um-novo-paradigma.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/provocacoes_literarias/2017/intolerancia-um-novo-paradigma.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O presente artigo provoca reflexões a respeito da intolerância, palavra e atos que tem sido proferidos com frequência na atualidade. <br><br><a href="http://obviousmag.org/provocacoes_literarias/2017/intolerancia-um-novo-paradigma.html">Ler o artigo completo</a><br> silmarillion, ungoliant e a eterna fome do humanoJéferson Alveshttp://obviousmag.org/pulsoes_cotidianas/autor/2017-02-24T00:21:00-08:00http://obviousmag.org/pulsoes_cotidianas/2017/silmarillion-ungoliant-e-a-eterna-fome-do-humano.html <a href="http://obviousmag.org/pulsoes_cotidianas/2017/silmarillion-ungoliant-e-a-eterna-fome-do-humano.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pulsoes_cotidianas/2017/silmarillion-ungoliant-e-a-eterna-fome-do-humano.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A obra Silmarillion, de J. R. R. Tolkien, é um clássico da literatura fantástica – a mais difícil e especial de todas. Mas será mesmo que essas obras, os contos de fadas, não dizem respeito ao "mundo real"? Pois Tolkien nos traz, na personagem malígna Ungoliant, a Grande Aranha, uma representação do humano que nos mostra que obras fantásticas vão muito além de uma simples história e que é destinada a todos os que se considerem humanos. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pulsoes_cotidianas/2017/silmarillion-ungoliant-e-a-eterna-fome-do-humano.html">Ler o artigo completo</a><br> me recuso a envelhecer na almaSílvia Marqueshttp://obviousmag.org/cinema_pensante/autor/2017-02-24T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/me-recuso-a-envelhecer-na-alma.html <a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/me-recuso-a-envelhecer-na-alma.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/me-recuso-a-envelhecer-na-alma.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Sim, me recuso a virar uma pessoa chata , que desdenha daqueles que sabem rir e se divertir , que olha com superioridade para aqueles que simplesmente desejam viver a vida com leveza , com sonhos , com imaginação. Alguém capaz de aquecer e iluminar a vida das pessoas ao redor. Alguém capaz de se tornar uma inspiração, não por ser uma pessoa "perfeita" ou politicamente correta. Por ser uma pessoa inteira, verdadeira. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cinema_pensante/2017/02/me-recuso-a-envelhecer-na-alma.html">Ler o artigo completo</a><br> a transpiração continua e prolongada do charlie brown jrJeff Ferreirahttp://obviousmag.org/submundo_do_som/autor/2017-02-24T00:19:00-08:00http://obviousmag.org/submundo_do_som/2017/a-transpiracao-continua-e-prolongada-do-charlie-brown-jr.html <a href="http://obviousmag.org/submundo_do_som/2017/a-transpiracao-continua-e-prolongada-do-charlie-brown-jr.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/submundo_do_som/2017/a-transpiracao-continua-e-prolongada-do-charlie-brown-jr.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Estamos em 2017 e o disco de estréia dos manos de Santos completa 20 anos. O Charlie Brown Jr chegou chegando em seu primeiro álbum, num estilo mais debochado, porém com uma originalidade pouco vista, que buscava misturar o o rap, ska e hardcore, e que mais tarde viria a influenciar diversas bandas que. O disco contém 15 faixas, dessas, 3 são vinhetas, e 6 tocaram nas rádios, num tempo em que as rádios tocavam rock. <br><br><a href="http://obviousmag.org/submundo_do_som/2017/a-transpiracao-continua-e-prolongada-do-charlie-brown-jr.html">Ler o artigo completo</a><br> let it go. as grandes cagadas (e mijadas) da história da músicaLuis de Freitas Brancohttp://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/autor/2017-02-24T00:18:00-08:00http://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/2017/02/let-it-go-as-grandes-cagadas-e-mijadas-da-historia-da-musica.html <a href="http://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/2017/02/let-it-go-as-grandes-cagadas-e-mijadas-da-historia-da-musica.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/2017/02/let-it-go-as-grandes-cagadas-e-mijadas-da-historia-da-musica.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Apresento o derradeiro capítulo do xixi cocô na história da música, desde os bruxos que queriam roubar urina a David Bowie ao “terrorista da bosta”, Mike Patton. Sentado no banheiro, esperando algum posicionamento intestinal, quantas vezes refletiu se os ídolos estariam naquele momento na mesma posição ingrata? Apesar de haver a chance que um Mick Jagger sente no trono de cerâmica, se for apresentada a possibilidade de aliviar suas necessidades <br><br><a href="http://obviousmag.org/bacalhau_sacopenapa/2017/02/let-it-go-as-grandes-cagadas-e-mijadas-da-historia-da-musica.html">Ler o artigo completo</a><br> george orwell: um espírito livreEstevão Júniorhttp://obviousmag.org/diario_da_plebe/autor/2017-02-23T00:32:00-08:00http://obviousmag.org/diario_da_plebe/2017/george-orwell-e-a-revolucao.html <a href="http://obviousmag.org/diario_da_plebe/2017/george-orwell-e-a-revolucao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/diario_da_plebe/2017/george-orwell-e-a-revolucao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Num dos seus brilhantes ensaios, o escritor britânico registra “Se a liberdade significa alguma coisa, será, sobretudo, o direito de dizer às outras pessoas o que elas não querem ouvir”. <br><br><a href="http://obviousmag.org/diario_da_plebe/2017/george-orwell-e-a-revolucao.html">Ler o artigo completo</a><br> vítima ou vencedor: qual o seu papel na vida?Bia Lopeshttp://obviousmag.org/entre_inquietacoes/autor/2017-02-23T00:22:00-08:00http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/vitima-ou-vencedor-qual-o-seu-papel-na-vida.html <a href="http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/vitima-ou-vencedor-qual-o-seu-papel-na-vida.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/vitima-ou-vencedor-qual-o-seu-papel-na-vida.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Você pode escolher entre reclamar ou enfrentar, desistir ou construir uma grande história. A vida não vai passar a mão na sua cabeça e aliviar as coisas apenas porque você acha que é menos capaz do que os outros, porque não, você não é. Tudo é apenas uma questão de como você se enxerga e de como é a sua relação com o mundo. No grande espetáculo da vida há dois papéis principais - as vítimas e os vencedores. E você, já descobriu qual é o seu? <br><br><a href="http://obviousmag.org/entre_inquietacoes/2017/vitima-ou-vencedor-qual-o-seu-papel-na-vida.html">Ler o artigo completo</a><br> atitude filósofica, onde foi que deixei?Jéssica Buenohttp://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/autor/2017-02-23T00:21:00-08:00http://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/2017/atitude-filosofica-onde-foi-que-deixei.html <a href="http://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/2017/atitude-filosofica-onde-foi-que-deixei.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/2017/atitude-filosofica-onde-foi-que-deixei.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Convencer, do Latim convincere, com (junto) e vincere (dominar, vencer), sobre algo, é praticar um exercício retórico, o qual geralmente leva a um labirinto que impossibilita relativizar opiniões, pensamentos e ideias. <br><br><a href="http://obviousmag.org/entre_a_vida_e_a_arte/2017/atitude-filosofica-onde-foi-que-deixei.html">Ler o artigo completo</a><br> os prazeres sensoriais de réquiem para um sonhoFlávia Farhathttp://obviousmag.org/lumiere/autor/2017-02-23T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/lumiere/2017/os-prazeres-sensoriais-de-requiem-para-um-sonho.html <a href="http://obviousmag.org/lumiere/2017/os-prazeres-sensoriais-de-requiem-para-um-sonho.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/lumiere/2017/os-prazeres-sensoriais-de-requiem-para-um-sonho.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O filme de Darren Aronofsky não só conta uma história de temática extremamente pesada, como acompanha a deprimente trajetória de seus personagens até o inferno. <br><br><a href="http://obviousmag.org/lumiere/2017/os-prazeres-sensoriais-de-requiem-para-um-sonho.html">Ler o artigo completo</a><br> a arte de dave mckeanLeticia Francohttp://obviousmag.org/cha_e_prosa/autor/2017-02-23T00:19:00-08:00http://obviousmag.org/cha_e_prosa/2017/a-arte-de-dave-mckean.html <a href="http://obviousmag.org/cha_e_prosa/2017/a-arte-de-dave-mckean.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/cha_e_prosa/2017/a-arte-de-dave-mckean.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Dave Mckean é um artista britânico mundialmente conhecido por ilustrar a série de quadrinhos "Sandman". Além do trabalho como ilustrador, McKean também é cineasta e músico. Vale a pena conferir um pouco mais da carreira desse grande artista. <br><br><a href="http://obviousmag.org/cha_e_prosa/2017/a-arte-de-dave-mckean.html">Ler o artigo completo</a><br> apropriação cultural e a luta de classesMaria Gabriela Veredianohttp://lounge.obviousmag.org/descortinada/autor/2017-02-22T00:22:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/descortinada/2017/02/apropriacao-cultural-e-a-luta-de-classes.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/descortinada/2017/02/apropriacao-cultural-e-a-luta-de-classes.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/descortinada/2017/02/apropriacao-cultural-e-a-luta-de-classes.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> "A sociedade branca bebe, come e dança a cultura negra." Antônio Pitanga <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/descortinada/2017/02/apropriacao-cultural-e-a-luta-de-classes.html">Ler o artigo completo</a><br> uma dica: ouça quem te ama!Marcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-02-22T00:21:00-08:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/uma-dica-ouca-quem-te-ama.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/uma-dica-ouca-quem-te-ama.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/uma-dica-ouca-quem-te-ama.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Não dê ouvidos a quem só sabe abrir a boca para criticar os colegas, os conhecidos, os sócios, a família, o mundo enfim; a quem não possui a mínima capacidade de enxergar qualquer resquício positivo nas ações e no modo de ser de ninguém. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/uma-dica-ouca-quem-te-ama.html">Ler o artigo completo</a><br> a verdade e a mentiraDemétrio M. Rebellohttp://obviousmag.org/blog_do_pensador/autor/2017-02-22T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/blog_do_pensador/2017/a-verdade-e-a-mentira.html <a href="http://obviousmag.org/blog_do_pensador/2017/a-verdade-e-a-mentira.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/blog_do_pensador/2017/a-verdade-e-a-mentira.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> A verdade algumas vezes não é algo fácil de aceitar, ao mesmo tempo que, não raramente, traz em si uma boa dose de subjetividade e relatividade. Em certas ocasiões ela pode acabar com nossas ilusões, e até vir a ser cruel e desagradável às nossas vidas. <br><br><a href="http://obviousmag.org/blog_do_pensador/2017/a-verdade-e-a-mentira.html">Ler o artigo completo</a><br> ser uma pessoa intensa e toda sua complexidadeVivi Beckerhttp://obviousmag.org/viviane_becker/autor/2017-02-22T00:19:00-08:00http://obviousmag.org/viviane_becker/2017/ser-uma-pessoa-intensa-e-toda-sua-complexidade.html <a href="http://obviousmag.org/viviane_becker/2017/ser-uma-pessoa-intensa-e-toda-sua-complexidade.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/viviane_becker/2017/ser-uma-pessoa-intensa-e-toda-sua-complexidade.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> O intenso vive em cima da corda bamba, se ele se desequilibra para um lado, a vida é 8, se ele se equilibra para o outro, a vida é 80. <br><br><a href="http://obviousmag.org/viviane_becker/2017/ser-uma-pessoa-intensa-e-toda-sua-complexidade.html">Ler o artigo completo</a><br> a solidão nossa de cada diaCarolina Vila Novahttp://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/autor/2017-02-22T00:18:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/02/-se-na-juventude-solidao.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/02/-se-na-juventude-solidao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/02/-se-na-juventude-solidao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Estamos fartos da agressividade alheia, das críticas desnecessárias e da energia que dispendemos nos protegendo uns dos outros, seja no trabalho, na família ou na rua, com estranhos. <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/reading_terapia/2017/02/-se-na-juventude-solidao.html">Ler o artigo completo</a><br> o brás cubas das memórias póstumasJéssika Laranjeirahttp://obviousmag.org/literatura_em_movimento/autor/2017-02-21T00:32:00-08:00http://obviousmag.org/literatura_em_movimento/2017/o-bras-cubas-das-memorias-postumas.html <a href="http://obviousmag.org/literatura_em_movimento/2017/o-bras-cubas-das-memorias-postumas.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/literatura_em_movimento/2017/o-bras-cubas-das-memorias-postumas.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Personagem marcante da obra Machadiana, narrador de memórias, entre feitos e não feitos, Brás Cubas transparece a capacidade de falar o que se quer porque já está morto. Uma breve explanação sobre este ícone do realismo brasileiro nos faz pensar em nossa própria essência de ser humano que não sabe ser sempre bom. <br><br><a href="http://obviousmag.org/literatura_em_movimento/2017/o-bras-cubas-das-memorias-postumas.html">Ler o artigo completo</a><br> você não é sua depressãoPoliane Teixeirahttp://obviousmag.org/constante_inconstancia/autor/2017-02-21T00:22:00-08:00http://obviousmag.org/constante_inconstancia/2017/voce-nao-e-sua-depressao.html <a href="http://obviousmag.org/constante_inconstancia/2017/voce-nao-e-sua-depressao.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/constante_inconstancia/2017/voce-nao-e-sua-depressao.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Mas saiba que nada dura para sempre, e aquele velho ditado de um dia após o outro é a maior verdade da vida! Aqui, eu serei totalmente sincera dando algumas dicas do que faço para aliviar as minhas dores de uma pessoa que sente muito, muito mesmo, mas que aprendeu que sentir muito NÃO é problema, e sim uma vantagem, nesse mundo louco de gente mesquinha que só se importa com o próprio umbigo. <br><br><a href="http://obviousmag.org/constante_inconstancia/2017/voce-nao-e-sua-depressao.html">Ler o artigo completo</a><br> sobre amar o que faz, não fazer o que amaFelipe Moittahttp://obviousmag.org/felipe_moitta/autor/2017-02-21T00:21:00-08:00http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/sobre-amar-o-que-se-faz-e-assim-fazer-o-que-se-ama.html <a href="http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/sobre-amar-o-que-se-faz-e-assim-fazer-o-que-se-ama.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/sobre-amar-o-que-se-faz-e-assim-fazer-o-que-se-ama.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Costumamos ouvir muito sobre a importância de fazer o que amamos. Talvez essa visão esteja errada, ou ao menos, incompleta. <br><br><a href="http://obviousmag.org/felipe_moitta/2017/sobre-amar-o-que-se-faz-e-assim-fazer-o-que-se-ama.html">Ler o artigo completo</a><br> o amor-próprio sempre será recíprocoMarcel Camargohttp://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/autor/2017-02-21T00:20:00-08:00http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/o-amor-proprio-sempre-sera-reciproco.html <a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/o-amor-proprio-sempre-sera-reciproco.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/o-amor-proprio-sempre-sera-reciproco.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Se estivermos felizes e completos em nosso relacionamento com nós mesmos, as fases ruins serão apenas fases, que servirão para nos amarmos ainda mais, em busca de tudo o que merecemos, de tudo e de todos que ficarão junto com verdade e calmaria. <br><br><a href="http://obviousmag.org/pensando_nessa_gente_da_vida/2017/o-amor-proprio-sempre-sera-reciproco.html">Ler o artigo completo</a><br> envelhecerGilsara Mattoshttp://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/autor/2017-02-21T00:19:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/2017/02/envelhecer.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/2017/02/envelhecer.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/2017/02/envelhecer.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Então agora vocês serão os "pais de seus pais". Sério? <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/tempos_modernos/2017/02/envelhecer.html">Ler o artigo completo</a><br> a ilusão da escolha e do controlePriscila Fernandeshttp://obviousmag.org/sagrado_humano/autor/2017-02-21T00:18:00-08:00http://obviousmag.org/sagrado_humano/2017/a-ilusao-da-escolha-e-do-controle.html <a href="http://obviousmag.org/sagrado_humano/2017/a-ilusao-da-escolha-e-do-controle.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://obviousmag.org/sagrado_humano/2017/a-ilusao-da-escolha-e-do-controle.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Todas as vezes em que eu ria da vida, ela logo dava um jeito de gargalhar de mim. Meu senso de humor foi mudando... e minhas percepções também. <br><br><a href="http://obviousmag.org/sagrado_humano/2017/a-ilusao-da-escolha-e-do-controle.html">Ler o artigo completo</a><br> somos todos banais perante a lei Lia Holandahttp://lounge.obviousmag.org/divagando_e_sempre/autor/2017-02-20T00:22:00-08:00http://lounge.obviousmag.org/divagando_e_sempre/2017/02/somos-todos-banais-perante-a-lei.html <a href="http://lounge.obviousmag.org/divagando_e_sempre/2017/02/somos-todos-banais-perante-a-lei.html"><img src="http://obviousmag.org/ob7/t/t.php?src=http://lounge.obviousmag.org/divagando_e_sempre/2017/02/somos-todos-banais-perante-a-lei.html.jpg&w=550&h=220&s=1"></a><br><br> Quando o sujeito cala, a sociedade fala, e ela tem muito a dizer. Uma breve reflexão sobre a anulação dos sujeitos, inspirado em Relatos Selvagens Esse texto não tem intuito de expressar preferências políticas . <br><br><a href="http://lounge.obviousmag.org/divagando_e_sempre/2017/02/somos-todos-banais-perante-a-lei.html">Ler o artigo completo</a><br>